conecte-se conosco


Internacional

Banco central americano reduz taxa básica de juros

Publicado

O banco central dos Estados Unidos – Federal Reserve, ou FED – anunciou uma redução da taxa básicas de juros do país em 0,25% ponto percentual, para um patamar de 2% a 2,25%. Esse foi o primeiro corte na taxa desde 2008.

O banco central americano alegou ontem (31) que a atividade econômica continua sólida nos EUA, mas reconheceu as incertezas provocadas pelas tensões comerciais internacionais e o fraco panorama da economia mundial. A queda dos juros foi decidida por um placar de oito votos a favor e dois contra entre os membros do FED.

Dólares - Moeda estrangeira

Dólares – Moeda estrangeira – Marcello Casal JrAgência Brasil

 

“Vamos deixar claro: não é o começo de uma longa série de cortes da taxa”, afirmou o presidente do FED, Jerome Powell, decepcionando o mercado que aguardava um longo período de baixas. Ele disse, porém, que também não significa que haverá apenas uma redução.

Os dados macroeconômicos mais recentes apontam uma desaceleração dos EUA, assim como de Europa e China. A economia americana se desacelerou no segundo trimestre, segundo o primeiro cálculo oficial, ao registrar um crescimento de 2,1% no período de 12 meses. No primeiro trimestre, a alta havia sido de 3,1%.

Já a inflação caiu dois décimos percentuais em junho, para 1,6%, considerando o acumulado nos últimos 12 meses. Com isso, permanece abaixo da meta estipulada pelo FED, de 2% anual.

Nos últimos meses, o presidente americano, Donald Trump, vinha criticando severamente o banco central e cobrando uma redução dos juros.

Edição: José Romildo

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Internacional

Trump ataca revolução cultural "de esquerda" no Monte Rushmore

Publicado


.

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, acusou na sexta-feira (3) “multidões furiosas” de tentar apagar a história com esforços para remover ou repensar monumentos a figuras históricas dos EUA e usou um discurso no Monte Rushmore para se colocar como baluarte contra o extremismo de esquerda.

Na sexta, sete Estados norte-americanos divulgaram número recorde de novos casos de Covid-19, e a pandemia avançou ainda mais no círculo interno de Trump. Kimberly Guilfoyle, uma funcionária sênior da campanha e namorada de Donald Trump Jr., testou positivo para o Covid-19 em Dakota do Sul antes do evento, de acordo com Sergio Gor, funcionário da campanha de Trump. O teste de Trump Jr. deu negativo, disse Gor.

O evento, que antecedeu o feriado de 4 de Julho, atraiu 7.500 pessoas aglomeradas em um anfiteatro ao ar livre. Muitas não usavam máscaras, desafiando conselhos das autoridades de saúde que instaram os norte-americanos a evitar grandes reuniões para retardar a disseminação do covid-19.

Trump não usou uma máscara em público e fez apenas uma referência limitada à pandemia em seus comentários.

Falando sob o famoso marco que representa quatro presidentes dos EUA, Trump alertou que as manifestações sobre a desigualdade racial ameaçavam as fundações do sistema político dos EUA.

“Não se engane, esta revolução cultural de esquerda foi projetada para derrubar a revolução norte-americana”, disse Trump. “Nossos filhos são ensinados na escola a odiar seu próprio país.”

Trump, um republicano que tem enfatizado uma abordagem de “lei e ordem” para as manifestações, se opôs a propostas de renomear as bases militares dos EUA que receberam o nome de generais confederados.

Continue lendo

Internacional

Motorista atropela manifestantes antirracistas em Seattle; imagens são fortes

Publicado


source
Atropelamento
Reprodução

Imagens fortes que circulam nas redes sociais mostram o exato momento em que carro atinge as pessoas

Na madrugada deste sábado (4), duas manifestantes que participavam de um protesto do movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam) na cidade de Seattle, no estado norte-americano de Washington , ficaram em estado grave após serem atropeladas por um homem, que invadiu o local e jogou o carro na direção do grupo.

Imagens gravadas no local por uma pessoa que acompanhava o protesto mostram o momento exato em que um carro branco parte na direção das pessoas e atinge fortemente duas mulheres, que voam diversos metros antes de atingir o solo.

“O veículo foi jogado na direção dos pedestres que estavam na rodovia. As duas pessoas atingidas foram encaminhadas ao Hospital Harborview”, informou Rick Johnson, porta-voz da polícia do Estado de Washington em publicação nas redes sociais.

Segundo informações da agência Associated Press, o motorista do Jaguar branco foi identificado horas depois: trata-se de Dawit Kelete, de 27 anos. Além dele, as duas vítimas também tiveram os nomes divulgados: Summer Taylor, de 24 anos, e Diaz Love, de 32. Ambas seguem internadas e têm diversas fraturas pelo corpo.

Desde o início dos protestos que tomaram diversas regiões dos EUA após a morte de George Floyd, homem negro que foi asfixiado por um policil branco, no último dia 25 de maio , a cidade de Seattle tem sido uma das mais ativas e segue realizando manifestações quase que diariamente.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana