conecte-se conosco


Economia

B3 começa a ofertar ações ordinárias da Petrobras

Publicado

Uma cerimônia de toque de campainha, realizada hoje (27) na B3, antiga Bovespa, marcou a abertura da oferta pública de distribuição secundária (follow on) de ações ordinárias da Petrobras que estão em poder da Caixa Econômica Federal. Participaram do evento, Roberto Castello Branco, presidente da Petrobras, Pedro Guimarães, presidente da Caixa, e Gilson Finkelsztain, presidente da B3.

O preço por ação foi fixado em R$ 30,25, chegando ao montante de R$ 7,3 bilhões. No total, foram ofertadas 241.340.371 ações ordinárias da companhia, o que corresponde a 3,24% desse tipo de ação da petroleira. Até 24% das ações da oferta global foram destinadas prioritariamente a investidores pessoas físicas. De acordo com a Petrobras, a oferta se encerra nesta sexta-feira (28).

“Esta operação demonstra a confiança do mercado de capitais na gestão da Petrobras. Estamos trabalhando para transformá-la em uma companhia cada vez mais forte, saudável e focada naqueles ativos em que ela é a dona natural”, disse o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco.

Ele falou também da participação de pessoas físicas na oferta. “O Brasil é um país ainda com um número muito pequeno de investidores no varejo. Um mercado de capitais forte é uma alavanca do desenvolvimento econômico e a operação contribuiu para esse objetivo”, avaliou.

“Eu tenho convicção, embora não tenha os números, que teve uma presença muito forte do varejo nessa oferta da Petrobras. Isso é uma coisa que a gente quer, a gente quer uma participação do varejo de uma maneira muito mais enfática. Todas as ofertas de ações que a Caixa entrar, a gente quer o varejo participando forte”, disse o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Para o presidente da B3, a oferta foi um momento histórico. “Uma parcela expressiva das ações oferecidas foi reservada para investidores pessoas físicas, o que demonstra o processo de amadurecimento do investidor brasileiro”, disse Finkelsztain.

Edição: Denise Griesinger

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Economia

GM propõe redução de salários em fábrica de São José dos Campos

Publicado


source

Agência Brasil

placa GM arrow-options
reprodução

Montadora pretende utlizar Medida Provisória 936

Após quatro rodadas de negociações com o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos (SP), a General Motors propôs, no último sábado (4), a suspensão dos contratos de trabalho com redução de salários, por meio da Medida Provisória 936, no complexo industrial da montadora na cidade.

‘Estamos apenas no início da crise nos mercados financeiros’, afirma investidor

A proposta final será submetida à votação eletrônica dos metalúrgicos, em data a ser divulgada nos próximos dias. Se aprovada, a medida irá atingir 90% dos trabalhadores do complexo industrial de São José dos Campos.

Apenas 100 ficarão na fábrica e não serão impactados pela medida; outros 42 trabalharão em regime de home office. A planta possui cerca de 3.800 funcionários.

A liberação dos trabalhadores neste momento é necessária para a prevenção ao novo coronavírus (Sars-Cov-2). Por enquanto, todos estão em férias coletivas, que terminam no dia 12.

MP 936: Saiba como ficam plano de saúde e outros benefícios

O Sindicato defendeu, na mesa, a estabilidade no emprego por um ano e licença remunerada ou  layoff  sem redução salarial. A empresa não aceitou.

“A MP 936 está muito aquém do que os trabalhadores precisam, e mais atrapalha do que ajuda. A GM não tem porque cortar salários, mas foi irredutível na mesa de negociação”, afirma o vice-presidente do sindicato, Renato Almeida.

“Como o sindicato é uma entidade que segue a democracia operária, vai submeter a proposta à decisão dos trabalhadores. Eles decidirão se aceitam ou não a proposta”, concluiu o dirigente.

Continue lendo

Economia

McAfee dará mais de R$ 2 mil para a melhor foto pós apocalíptica

Publicado


source


“Aqueles capazes de deixar suas casas durante a quarentena (para comprar comida ou obter assistência médica, etc.) … Tire fotos de aspectos interessantes de suas cidades, rodovias, etc. $ 500 em criptomoeda DAI paga para melhor foto (escolhida por @theemrsmcafee semana que vem) Basta soltar fotos aqui :)”

John McAfee, que já foi eleito uma figura bastante influente do mercado de criptomoedas, está fazendo um concurso para a melhor foto original tirada no meio do  isolamento para Covid-19 e ofereceu uma recompensa de US$ 500 (cerca de R$2.675,33) que será paga usando a stablecoin baseada em Ethereum, DAI.

O “concurso” foi anunciado na sexta-feira (3) no Twitter do próprio McAfee e terá duração de uma semana. O ganhador será pago na próxima semana,  de acordo com o tuíte.

O criador do antivírus mais famoso do mundo não é um estranho em relação às controvérsias, já tendo anunciado em diversas ocasiões que a melhor criptomoeda é a dogecoin e chegou a afirmar que o Bitcoin é uma shitcoin:

Veja:  Dólar sobre pela sexta vez seguida e tem uma alta recorde

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana