conecte-se conosco


Economia

Azul destaca importância de MT e quer operar voo entre Mato Grosso e Bolívia

Publicado


Fundador da companhia aérea esteve na manhã desta segunda-feira no Palácio Paiaguás

O governador Mauro Mendes recebeu a visita do fundador da Companhia Aérea Azul, David Neeleman, na manhã desta segunda-feira (18), no Palácio Paiaguás. Entre os assuntos tratados com o presidente, estão os projetos de expansão e a importância do Estado para a companhia.

“Cuiabá é muito importante para a Azul, há 30 voos por dia que saem daqui para outros Estados. A gente quer crescer e fazer mais por esse Estado, que é um dos mais importantes para a Azul”, afirmou Neeleman.

Na pauta da conversa também foi tratado do interesse da empresa em disponibilizar um voo direto de Cuiabá para a cidade de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. A liberação desse voo não depende apenas da vontade da companhia e do Estado, mas do cumprimento de trâmites legais.

“Estamos também esperando que a Receita Federal e a nossa concessionária liberem os trâmites finais para que possamos inaugurar o voo Cuiabá até a cidade de Santa Cruz de La Sierra, que é uma importante ligação para a América Latina”, explicou Mauro Mendes.

Leia Também:  Seguro facultativo garante benefícios do INSS a quem não tem emprego

O governador aproveitou a visita para reivindicar ao presidente da Azul que, após se tornar realidade essa rota, também sejam disponibilizados outros voos partindo de Cuiabá para o exterior.

Internacionalização

Desde que a atual gestão assumiu o governo, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, comandada pelo secretário César Miranda, vem cumprindo uma série de agendas para destravar as pendências e tornar o Aeroporto Marechal Rondon apto para receber voos internacionais.

As obras físicas para receber os voos internacionais já foram concluídas e receberam aval do Ministério da Agricultura, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Polícia Federal.

Contudo, ainda existe um impasse com a Receita Federal. O primeiro projeto encaminhado e que foi construído previa um espaço físico de 51 metros quadrados para atender o órgão.

Agora, segundo a Receita Federal, esse espaço já não atenderia mais os requisitos e há solicitação de uma nova obra de 180 metros quadrados.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Economia

Philips oficializa recall de babá eletrônica por risco de incêndio

Publicado

source
Modelos a serem substituídos%3A SCD620/79%2C SCD620/78%2C SCD620/93%2C SCD620/52%2C SCD620/26%2C SCD620/05%2C SCD620/01. arrow-options
Foto: Divulgacao

Modelos a serem substituídos: SCD620/79, SCD620/78, SCD620/93, SCD620/52, SCD620/26, SCD620/05, SCD620/01.

Como medida de precaução, a Philips está voluntariamente fazendo o r ecall e substituindo os sete modelos de babá eletrônica com vídeo digital da série SCD620, fabricados entre janeiro de 2016 e março de 2018.

A empresa informa ter verificado a possibilidade de a bateria da unidade dos pais superaquecer enquanto conectada à rede elétrica com risco de incêndio.

Farmacêutica faz recall de remédio para úlcera gástrica

O Procon de São Paulo, vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania, orienta aos consumidores que os produtos devem ter o uso suspenso imediatamente e que a empresa deverá substituí-los.

O número do produto pode ser localizado na parte de baixo da unidade dos pais da babá eletrônica. veja informações no site da empresa: www.philips.com.br.

O contato para substituição poderá ser feito no telefone 0800 709 1434 ; a empresa solicita ter o número de série em mãos ao telefonar.

Ainda de acordo com o Procon, a Philips deverá apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, inclusive com informações claras e precisas sobre os riscos.

Leia Também:  Rodrigo Maia admite que votação da reforma em 2º turno fica para agosto

Os consumidores que sofreram algum tipo de acidente, pela manipulação do produto, poderão solicitar, por meio do Judiciário, a reparação dos danos eventualmente sofridos.

Fonte: IG Economia
Continue lendo

Economia

Fase 2 do acordo entre China e EUA não representa fim das tarifas

Publicado

source
Estados Unidos e China assinaram fase 1 de acordo comercial arrow-options
Foto: Reprodução/Internet

Estados Unidos e China assinaram fase 1 de acordo comercial

DAVOS, Suíça – A segunda fase do acordo comercial com a China não será necessariamente um “big bang” que removeria todas as tarifas existentes, disse o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, em entrevista ao jornal The Wall Street Journal.

– Podemos fazer a ‘Fase 2’ e algumas das tarifas caírem. Podemos fazer isso sequencialmente ao longo do caminho – acrescentou o secretário, que discursará na tarde desta terça-feira, em Davos.

No dia do julgamento de seu impeachment, Trump elogia acordos comerciais dos EUA

Mais cedo, ao discursar em Davos, o presidente dos EUA, Donald Trump, disse que as negociações da segunda fase do acordo com os chineses começarão em breve.

No dia 15 deste mês, China e EUA anunciaram um acordo comercial inicial que reverterá a aplicação de algumas tarifas e incrementará as compras de produtos e serviços americanos por Pequim. O tratado pôs fim a uma guerra comercial que já durava 18 meses entre as duas maiores economias do planeta.

Leia Também:  Para reaquecer economia, Rio muda tributação de produtos importados

Em Davos, Guedes diz que Brasil abrirá licitações públicas a estrangeiros

Pequim e Washington retrataram a Fase 1 do acordo como um importante passo após meses de vaivéns em negociações, pontuadas por aplicações de tarifas que atrapalharam cadeias de fornecimento e aumentaram temores de maior desaceleração na economia internacional.

Após polêmica, EUA confirmam apoio à entrada do Brasil na OCDE

O ponto central do tratado de 86 páginas é o compromisso da China de comprar mais US$ 200 bilhões em produtos agrícolas e outros bens e serviços dos EUA ao longo de dois anos.

Fonte: IG Economia
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana