conecte-se conosco


Cuiabá

Avião da FAB com pacientes de Manaus pousou em Cuiabá sem intercorrências com os pacientes

Publicado


Davi Valle

Clique para ampliar

Às 16h27 deste domingo (24) o avião da Força Aérea Brasileira – FAB pousou no aeroporto Marechal Rondon com 18 pacientes com COVID-19 oriundos de Manaus – AM, com destino à Uberaba MG, para internação. Todos eles estão em estado moderado e estão recebendo oxigênio.

Assim que pousou, enquanto a aeronave estava sendo reabastecida, uma ambulância de suporte avançado disponibilizada pela Secretaria Municipal de Saúde entrou na pista e se posicionou ao lado da aeronave. Na ambulância estavam um médico, um enfermeiro e a superintendente do Ministério da Saúde em Cuiabá, Maria de Fátima Dutra Leão.

Os 18 pacientes vieram acompanhados por 2 médicos e 4 enfermeiros. Segundo informações obtidas pela superintendente, todos os pacientes estavam estáveis e não houve nenhuma intercorrência.

O avião da FAB decolou às 16:57 rumo a Minas Gerais, com previsão de chegada às 19:20, hora de Brasília. A transferência dos pacientes é necessária devido ao colapso no sistema de saúde do estado de Amazonas, que já não tem mais leitos de UTI para atender os doentes de COVID-19.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cuiabá

Justiça acata pedido de Cuiabá e Estado terá que alterar sistemática de financiamento de leitos de UTI Covid na Capital

Publicado


Davi Valle

Clique para ampliar

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso, acatou o pedido de tutela provisória de Cuiabá – por meio da Procuradoria-Geral do Município – para que o Governo de Mato Grosso altere os procedimentos de avaliação e financiamento dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da Capital. A decisão foi assinada nesta sexta-feira (5), pelo juiz da 5ª Vara Especializada da Fazenda Pública, Roberto Teixeira Seror.

De acordo com a decisão que atendeu pedido protocolado pelo Procurador Geral Adjunto de Cuiaba, Alisson Akerley Silva, o Estado terá que realizar de maneira imediata, os repasses dos recursos referentes ao confinamento do custeio de leitos de UTI, destinados para atendimento exclusivo de pacientes acometidos da COVID-19, de forma antecipada ao Município de Cuiabá. Além disso, o Estado terá que se abster de realizar qualquer ato tendente a suspender o cofinanciamento estadual dos leitos de UTI destinados aos pacientes acometidos pelo vírus.

A decisão ainda determinou que o Estado realize todos os procedimentos de supervisão e avaliação e controle dos leitos de UTI – COVID, (cofinanciados pelo Estado de Mato Grosso), de forma conjunta e integrada com a equipe do Município de Cuiabá. Ainda em conjunto com a Prefeitura de Cuiabá, terá que proceder a normatização e regulamentação do fluxo de procedimentos referentes a supervisão, avaliação e controle dos leitos de UTI COVID das unidades de saúde municipais, em atenção à Portaria Conjunta nº 002/2016/SES-MT/SMS-CUIABÁ.

“Intimem-se, imediatamente, hoje ainda, o Governador do Estado de Mato Grosso e o Secretário de Estado de Saúde de Mato Grosso acerca da presente decisão, por meio de mandado a ser cumprido por Oficial de Justiça de plantão, servindo a presente como mandado”, determinou o juiz.

Para o prefeito Emanuel Pinheiro,  a decisão judicial trouxe mais transparência e agilidade no trabalho da Saúde da Capital. “No nosso entendimento agora ficou mais justo no que tange aos refinanciamentos de leitos de UTI. A decisão proferida postula pelo entendimento lógico da nossa gestão, que é prezar pelo melhor para a saúde da população cuiabana.  Acredito que o Estado tem, sim, que agir em conjunto com o Município, como determinou o juiz e esperamos que a partir de agora possamos agir como mais eficácia no combate ao coronavírus”, disse.

 
 
 

Continue lendo

Cuiabá

Cuiabá recebe mais 5.430 doses de Coronavac para concluir imunização de idosos acima de 80 anos

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) recebeu, na tarde desta sexta-feira (5), mais 5.430 doses da Coronavac enviadas pelo Ministério da Saúde para aplicação da segunda dose dos idosos. Do total, 3.120 vacinas serão destinadas à segunda dose dos idosos na faixa etária acima de 85 anos de idade, que receberam a primeira dose entre os dias 11 a 14 de fevereiro. Já 2.310 vacinas serão reservadas para a segunda dose dos idosos na faixa de 80 a 84 anos que estão recebendo a primeira dose nesta semana, no polo central, que funciona de segunda a sábado, das 8h às 18 horas, no Centro de Eventos do Pantanal. 

No momento, ainda não é possível fazer o agendamento da segunda dose de idosos. A coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Cuiabá e da campanha de vacinação contra a covid-19 “Vacina Cuiabá – sua vida em primeiro lugar”, Valéria de Oliveira, explica que a segunda dose será aplicada no intervalo de 28 dias, previsto na bula da Coronavac. “Durante a aplicação da primeira dose, estamos anotando a aplicação da segunda dose com o prazo máximo do reforço na caderneta de vacinação da pessoa, pois esse prazo é mais eficaz para a produção de anticorpos pelo organismo. Quando estiver próximo da data dessa segunda aplicação, iremos liberar o sistema de agendamento e divulgar nos canais da Prefeitura”, informa a coordenadora. 

Agendamento da próxima semana

Com as doses que já haviam chegado anteriormente, nesta semana, estão sendo vacinados idosos entre 80 e 84 anos de idade com a primeira dose e trabalhadores da saúde com a segunda dose. Neste sábado (6), às 13 horas, o site Vacina Cuiabá estará liberado para agendamento da vacinação de segunda-feira (8). Serão liberadas 500 vagas para agendamento da primeira dose de idosos acima de 80 anos e 1.000 doses para primeira aplicação de trabalhadores da saúde. 

CONFIRA O PASSO A PASSO DO AGENDAMENTO PARA IDOSOS ACIMA DE 80 ANOS

 -Entre no site www.cuiaba.mt.gov.br e clique no banner do “Vacina Cuiabá”;

 -Clique em PRÉ CADASTRO;

 -Clique em ACEITAR E CONTINUAR;

 -No campo TIPO DE DOSE escolha PRIMEIRA DOSE e clique em PRÓXIMO PASSO;

 -No campo GRUPO DE RISCO escolher IDOSOS (ACIMA DE 80 ANOS) e clique em  PRÓXIMO PASSO;

 -Preencha todos os dados que estão marcados com * (no campo INFORME SUA PROFISSÃO, pode escrever a profissão que desempenhava ou escrever aposentado/aposentada);

 – Não precisa preencher os campos INFORME O ESTABELECIMENTO/LOCAL DE SAÚDE  e INFORME SEU SETOR DE TRABALHO;

 -Clique em enviar cadastro;

 -No campo AGENDAR SUA TRIAGEM  selecione a data e o horário e clique em SOLICITAR AGENDA;

 -Os idosos não precisam imprimir o QR CODE. Ao se dirigirem ao Centro de Eventos devem levar documento com foto, número do cartão SUS e comprovante de residência. Caso o idoso não tenha comprovante de residência, é preciso trazer o comprovante do filho ou do familiar com quem ele mora e um documento que prove o parentesco.

IMPORTANTE: Em caso de erro durante o agendamento, a pessoa deve mandar um email para o endereço [email protected] pedindo o cancelamento do agendamento. Após receber o e-mail com a confirmação do cancelamento, a pessoa poderá fazer um novo agendamento.

OBSERVAÇÃO: No ato de agendamento, caso não apareça a data e o horário na tela AGENDAR SUA TRIAGEM é porque a agenda do dia já está lotada. Neste caso é necessário fazer o agendamento no dia seguinte. A agenda é aberta diariamente às 13h.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana