conecte-se conosco


Internacional

Avanço em vacina contra covid-19 aumenta esperanças

Publicado


O possível avanço de segunda-feira (9) na corrida para desenvolver uma vacina contra a covid-19 fez governos buscarem o desafio logístico de distribuir centenas de milhões de doses, assim que se tornarem disponíveis nos próximos meses.

Dados de testes provisórios mostraram que a vacina experimental desenvolvida pela Pfizer e pela alemã BioNTech é 90% eficiente, despertando esperanças de um fim para a pandemia, que já custou mais de 1 milhão de vidas e devastou as maiores economias do mundo.

Como os dois grupos esperam produzir cerca de 50 milhões de doses até o fim do ano e 1,3 bilhão no ano que vem, supondo uma aprovação regulatória, o ministro da Saúde da Alemanha, Jens Spahn, disse que a vacina é “luz no fim do túnel”.

Tanto os Estados Unidos quanto a União Europeia têm acordos para garantir centenas de milhões de doses do produto, mas as autoridades precisarão de uma logística e um planejamento sofisticados para fazer com que sejam distribuídas eficazmente.

A BioNTech disse que planeja atribuir à vacina de duas doses preços abaixo das “taxas típicas do mercado” e que diferenciará os preços entre países e regiões.

Mas a vacina precisa ser transportada e armazenada a menos 70 graus Celsius – o que, por ora, a coloca fora do alcance de muitos países pobres da Ásia e de outras localidades que carecem dos equipamentos de refrigeração necessários.

Como exige temperaturas dignas de um inverno antártico, é provável que precise de locais de vacinação centralizados, disseram especialistas de saúde suíços nessa terça-feira.

“A notícia empolgante de segunda-feira, sobre uma possível vacina eficiente se tornar disponível, significa desafios de cadeias a frio para países africanos pelo tipo de vacina que ela é”, disse Matshidiso Moeti, diretor regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a África, em uma reunião ministerial. “O que terá que ser levado em conta no apoio a ser fornecido”, acrescentou.

Caixas térmicas preservariam as temperaturas ultrabaixas durante até dez dias em locais de temperatura ambiente de até 25º C se não forem abertas, e 15 dias se forem abertas e depois recongeladas, disse a BioNTech em slides de apresentação.

Como anunciado anteriormente, a vacina pode ser mantida durante até cinco dias sob temperaturas de geladeira.

Especialistas em logística da Europa disseram dar conta dos desafios do armazenamento ultrafrio. “A distribuição não fracassará por causa da logística”, disse Frank Appel, executivo da alemã Deutsche Post, a jornalistas

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Internacional

ONU: forças de Myanmar matam quase 40 pessoas em repressão a protestos

Publicado


As forças de segurança de Myanmar abriram fogo durante protestos contra o governo militar e mataram 38 pessoas nessa quarta-feira, disse uma enviada da Organização das Nações Unidas (ONU), no dia mais sangrento de repressão às manifestações pela volta do governo eleito democraticamente.

As forças de segurança recorreram a munição letal com pouco aviso em várias cidades pequenas e grandes, disseram testemunhas, e a junta militar pareceu determinada a conter os protestos contra o golpe de 1º de fevereiro, que depôs o governo eleito de Aung San Suu Kyi.

“É horrível, é um massacre. Não há palavras para descrever a situação e nossos sentimentos”, disse o ativista jovem Thinzar Shunlei Yi à Reuters por meio de um aplicativo de mensagens.

“Hoje foi o dia mais sangrento desde que o golpe aconteceu no dia 1º de fevereiro. Tivemos hoje – só hoje – 38 pessoas mortas. Mais de 50 pessoas morreram desde o início do golpe, e muitas ficaram feridas”, disse em Nova York a enviada especial da ONU em Myanmar, Christine Schraner Burgener.

Um porta-voz do conselho militar governante não respondeu a um pedido de comentários.

Ko Bo Kyi, secretário adjunto do grupo de direitos humanos Associação de Assistência a Prisioneiros Políticos, escreveu no Twitter: “Até agora, os supostos militares mataram ao menos 18”.

Em Yangon, a principal cidade do país, testemunhas disseram que ao menos oito pessoas foram mortas, uma no início do dia e sete quando as forças de segurança dispararam de forma contínua em um bairro do norte da cidade, no início da noite (horário local).

“Deve haver responsabilização e uma volta à democracia em Myanmar”, disse a União Europeia.

Continue lendo

Internacional

Transmissão do novo coronavírus despenca após vacinação e lockdown em Portugal

Publicado


source
Primeiro-ministro de Portugal, António Costa, em visita a hospital
Reprodução/Twitter/@antoniocostapm

Primeiro-ministro de Portugal, António Costa, em visita a hospital

Portugal conseguiu fazer despencar o número de contaminações pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) após reforçar seu programa de vacinação contra a Covid-19 e ampliar medidas de confinamento da população. O país, que chegou a ser considerado um dos melhores exemplos de combate à pandemia na Europa,  viu a Covid-19 sair de controle em janeiro.

Naquele mês, Portugal passou vários dias na liderança mundial em novos casos e mortes por milhão de habitantes e fez até um pedido de ajuda internacional para cuidar de seus doentes. Agora, as taxas de contágio são as mais baixas da Europa.

A redução nas infecções foi conquistada com a imposição de um confinamento bastante restritivo. O lockdown implantado no país está em vigor desde 22 de janeiro e ainda não tem data para acabar. Mesmo com a boa notícia, especialistas e próprio governo consideram que os resultados ainda requerem atenção.

Um dos principais termômetros do estado da pandemia, o número de doentes internados caiu 73% entre 1º de fevereiro e 3 de março, passando de 6.775 para 1.827.

Você viu?

O número de mortes também segue em queda. Em 31 de janeiro, o país registrou o recorde de 303 óbitos pela doença. Em 3 de março, foram 41.

Portugal também reforçou seu programa de vacinação. A campanha de imunização, que começou com lentidão e ofuscada por denúncias de pessoas vacinadas indevidamente, engrenou e tem batido sucessivos recordes de doses aplicadas.

Até agora, o país já aplicou mais de 885 mil doses de vacina. Ele tem 10 milhões de habitantes, o que faz o percentual ficar um pouco abaixo de 10%. Cerca de 618 mil pessoas (6,2% da população) já receberam a primeira dose, e 266.716 (2,6%) já têm a vacinação completa.

De acordo com um relatório do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge publicado na última sexta-feira (26), Portugal estabilizou sua taxa de transmissão do vírus (Rt) em torno de 0,66 e 0,68. Isso quer dizer que, atualmente, um grupo de 100 pessoas contaminadas em Portugal transmite o novo coronavírus para 68 pessoas, fazendo com que os números caiam com o passar do tempo.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana