conecte-se conosco


Policial

Autor de homicídio em Arenápolis é preso em flagrante pelo Polícia Civil

Publicado

Um homem apontado como autor do homicídio ocorrido na noite de quarta-feira (27.07), no município de Arenápolis (258 km a médio norte de Cuiabá), foi preso em flagrante pela Polícia Civil, durante atendimento da ocorrência.

Os investigadores de Arenápolis foram informados sobre uma situação de tortura e de homicídio por meio de arma cortante, que vitimou a pessoa de José Augusto Rodrigues de Souza, 20 anos.

Imediatamente a equipe acompanhada do delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, foram até o hospital onde a vítima havia dado entrada, porém não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Em seguida, os policiais civis foram até o local dos fatos para obterem mais detalhes acerca do ocorrido. Durante entrevista com populares foi possivel qualificar o autor do homicídio, o qual foi localizado nas proximidades, sentado em frente de uma residência.

O suspeito foi levado até a Delegacia de Arenápolis, e no interrogatório assumiu o crime. Ele alegou que foi cercado por três indivíduos de uma facção rival, e passou a ser espancado com capacetes e uma mangueira, momento em que conseguiu sacar uma faca e golpeou a vítima.

Conforme o delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, os indícios apontam que o homicídio decorreu da legítima defesa, pelo fato que os três homens na função de “disciplina” dariam um salve no suspeito.

Após a confecção dos autos, o preso será apresentado e colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Trio é preso por associação criminosa em investigação sobre furtos a veículos em Várzea Grande

Publicado

Policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande prenderam em flagrante, neste sábado (13.08), três suspeitos de associação criminosa. Com eles foi encontrado um veículo VW Fox, identificado em investigações da unidade especializada sobre furtos cometidos em diferentes bairros da cidade.

No sábado, uma equipe de investigação estava em diligências para encontrar o veículo usado em diversos furtos qualificados na cidade, quando recebeu uma informação sobre o Fox e o localizaram nos arredores de uma universidade na região do bairro Cristo Rei, ocupado pelos três suspeitos.

Conforme investigação realizada pela Derf de Várzea Grande, o veículo foi identificado em um furto praticado no centro da cidade, no dia 05 de agosto, e em outros dois crimes ocorridos em 24 de junho, no Jardim Potiguar. Em outra ocorrência, em janeiro deste ano, o mesmo carro foi utilizado em um furto cometido no Aeroporto Internacional Marechal Rondon.

A Derf apurou ainda que o mesmo grupo é suspeito de outro furto ocorrido no dia 26 de janeiro, também no centro da cidade. Em todos os delitos investigados, os veículos das vítimas estavam estacionados e tinham vidros quebrados, para o furto de pertences em seu interior.

Detalhe do interior do veículo com a droga localizada pela polícia no carro roubado

-Durante a abordagem aos suspeitos, neste sábado, no interior do Fox foram encontradas ferramentas utilizadas na quebra de vidros de veículos. Além disso, foram encontrados um boné, um chapéu e um óculos idênticos aos utilizados pelos suspeitos, conforme foi observado nas filmagens do furto realizado em 05 de agosto.

Os três suspeitos têm passagens criminais nas comarcas de Sinop e Campo Verde. Um deles possui seis passagens por furto e receptação e responde a processo na 3ª Vara Criminal de Campo Verde, inclusive, com condenação.

Outro tem registros criminais por roubos, furtos, receptações, lesão corporal qualificada, falsidade ideológica, uso de documento falso e posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, com uma condenação pela Comarca de Sinop. Já o terceiro tem passagens por furtos qualificado, estelionato, corrupção ativa e tem condenações criminais pela 7ª Vara Criminal de Cuiabá e pela Comarca de Campo Verde. Contra um deles foi cumprido um mandado de prisão em aberto.

Os três foram autuados em flagrante pelo delegado Maurício Maciel, da Derf de Várzea Grande, e após os procedimentos na unidade policial foram encaminhados para audiência de custódia. O delegado representou pela prisão preventiva do trio, que foi ratificada pela Justiça.

Continue lendo

Policial

Em operação, polícia prende oito por tráfico, porte de arma e crimes sexuais contra menores

Publicado

A Polícia Civil deflagrou, neste sábado (13), a Operação Guarda Baixa, para cumprimento de três mandados de prisão e três mandados de busca e apreensão. No total, seis pessoas foram presas, sendo três em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

Em um endereço alvo da operação, dois suspeitos, de 18 e 19 anos, em Guarantã do Norte, foram encontrados separando entorpecentes em porções para comercialização. Foram apreendidas 18 trouxinhas de pasta base de cocaína e uma porção grande, que ainda seria repartida. Além disso, foi localizada uma porção de maconha e uma pequena quantia em dinheiro.

Em outro local alvo das buscas, um homem de 36 anos foi preso com uma arma de fogo com numeração raspada, uma balança de precisão, dinheiro e um celular com conversas demonstrando que ele estava vendendo drogas no município. A decisão judicial concedia autorização para acesso aos dados dos telefones celulares apreendidos durante as buscas.

Crimes sexuais

Também foram cumpridos mandados de prisão relacionados a investigações sobre crimes sexuais. Em ambos os casos, no decorrer das investigações, o delegado Lucas Lelis solicitou a prisão preventiva dos suspeitos.

Um dos investigados, um homem de 31 anos, manteve relações sexuais com a filha do padrasto, de 13 anos, há cerca de um ano. O outro investigado, de 35 anos, no final de uma festa, na madrugada do dia 7 de agosto, de forma dissimulada, arrastou uma mulher para um terreno baldio e a obrigou a manter relação sexual com ele.

Por último, também foi dado cumprimento a um mandado de prisão contra um homem de 34 anos, expedida pela Justiça de Alagoas, por um assalto a banco praticado em Santana do Ipanema, em 2009.

A operação policial foi executada pela Delegacia Municipal de Guarantã do Norte, com apoio da Delegacia Regional de Guarantã do Norte e da Delegacia de Matupá. Ao todo, 14 policiais participaram das ações em seis endereços.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana