conecte-se conosco


Esportes

Austrália e Nova Zelândia vão receber a Copa do Mundo Feminina de 2023

Publicado


.

Deu a lógica. Austrália e Nova Zelândia serão as sedes da Copa do Mundo Feminina de Futebol de 2023.  A Fifa anunciou a escolha da candidatura em conjunto dos dois países da Oceania no início da tarde desta quinta-feira (25), após votação do conselho da entidade que rege o futebol mundial. Austrália e Nova Zelândia disputavam com a Colômbia o direito de organizar a Copa, mas a dupla da Oceania era favorita.

Antes do processo de votação, a candidatura já tinha ficado com a melhor avaliação em relatório divulgado pela Fifa no último dia 10. A maior concorrência era do Japão, e a Colômbia tinha poucas esperanças. Em uma escala de 1 a 5 de pontuação, os países da Oceania receberam 4,1, enquanto os japoneses ficaram com 3,9, e os colombianos com 2,8.

Contudo, na última terça-feira (23), a Associação Japonesa de Futebol (JFA) desistiu da disputa em meio ao cenário de incertezas por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19). O Brasil também pleiteava o direito de receber o Mundial  Feminino de 2023, mas também recuou, antes mesmo da publicação do relatório da Fifa.

Em publicação no Twitter, a entidade parabenizou os países escolhidos. 

 

Apesar de muita torcida para a Colômbia  nas redes sociais, o caminho ficou livre para Austrália e Nova Zelândia serem as anfitriãs da competição. Será a nona Copa do Mundo Feminina e, até então, apenas China, Suécia, Estados Unidos, Alemanha, Canadá e França sediaram a competição.

Ouça na Rádio Nacional

 

A maior vencedora da Copa do Mundo é a atual campeã, a seleção dos Estados Unidos, com quatro títulos. A Alemanha levantou a taça duas vezes, enquanto Japão e Noruega venceram uma vez cada.

 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Vôlei de praia: CBV anuncia datas do retorno do circuito nacional

Publicado


.

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) confirmou nesta segunda-feira (03) que o circuito brasileiro de vôlei de praia da temporada de 2020 começa no próximo dia 17 de setembro. A primeira etapa seguirá até 27 de setembro. As duas primeiras etapas, das cinco previstas, ocorrerão em Saquarema (RJ). As sedes das demais ainda não foram confirmadas e as disputadas devem ocorrer até dezembro.

O rígido protocolo sanitário propõe, diferentemente do que ocorria antes da pandemia, que os jogos femininos ocorram antes, e as partidas dos homens encerrem as etapas.

A última temporada do circuito nacional da modalidade foi encerrada precocemente pela CBV por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19). Faltavam duas etapas a serem disputadas. E a dupla André Stein e George, que já não podia mais ser alcançada, foi considerada a campeã no masculino. Já entre as mulheres, Ana Patrícia e Rebecca, que tinham o título muito bem encaminhado, ficaram com a taça.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Esportes

Sesi Bauru e Montes Claros América investem pesado em reforços

Publicado


.

A líbero dominicana Brenda Castillo é o mais novo reforço do Sesi Vôlei Bauru para a temporada 2020/2021. Esta será a segunda passagem de Castillo no clube: a primeira foi no período  2016/2017. A jogadora, uma das melhores da posição no mundo, é  titular da seleção da República Dominicana. No ano passado, ela foi o destaque da equipe, na conquista da medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima (Peru), a primeira do país caribenho em 16 anos. A contratação de Castillo foi anunciada pelo Sesi Bauru no último sábado (1). 

“É um grande orgulho e me enche de satisfação voltar a Bauru. É uma equipe muito profissional, que sempre me deu muita atenção. Além disso, meus colegas, fãs e o município, que é super tranquilo, contaram muito também. Sou muito grata”, revela Castillo, eleita a melhor líbero na Olimpíada de Londres (2012).  (20 em 2012, foi eleita a melhor atleta da posição. 

Nesta segunda-feira (03), a oposta chilena Pamela Sanabio, ex-jogadora do Fluminense, também acertou com o clube paulista. Castillo e Sanabio se juntam agora a outras seis reforços já anunciados pelo time paulista: as levantadoras Dani Lins e Carol Leite, as centrais Adenízia, Mayhara e Mara e a ponteira/oposta Tifanny. No comando do time está o técnico: Anderson Rodrigues. 

Masculino

O Montes Claros América confirmou ontem (2) o retorno do experiente líbero Tiago Brendle, de 34 anos, ex-Seleção Brasileira. Além do defensor, ex- Sesc Rio, a equipe mineira já conta com o levantador Rodriguinho, ex-Sada Cruzeiro, para a próxima temporada. 

O líbero Pureza, de 24 anos, também mudou de equipe. Ex-jogador do Sesi/SP fechou é o mais novo contratado do Azulim/Gabarito/Uberlândia.

Europeu

O oposto André Saliba está de partida para Portugal, onde irá jogar no Sporting. Além dele, o time europeu já havia se acertado com os centrais brasileiros Victor Hugo e Éder Levi, e o oposto PV. Na Grécia, o Panathinaikos oficializou, no domingo (2), a permanência do central brasileiro Lucas Rangel.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana