conecte-se conosco


Carros e Motos

Audi Q5 híbrido chega ao Brasil. Veja as primeiras impressões

Publicado


Audi Q5 2022: versão híbrida do SUV de luxo vem com motor 2.0 de  252 cv e outro elétrico de 143 cv
Divulgação

Audi Q5 2022: versão híbrida do SUV de luxo vem com motor 2.0 de 252 cv e outro elétrico de 143 cv

A Audi ganha mais um reforço para disputar no mercado dos eletrificados. O Audi Q5 55 TFSI e-quattro é lançado nas versões Performance (R$ 413.990), Performance Black (R$ 439.990), Sportback Performance (R$ 443.990) e Soortback Performance Black (R$ 469.990). Os preços divulgados até então são apenas na modalidade de vendas diretas.

Além do visual renovado do Audi Q5 híbrido , a melhoria da eficiência é o destaque da novidade. Chega equipado com baterias de lítio de 14,1 kWh montadas sob o assoalho. O SUV pode ser plugado em tomada de 220V por seis horas, tempo suficiente para que as suas 104 células, com 381 volts, possam ser completamente carregadas. Em uma estação de carga rápida, com 400V , o tempo cai para 2,5 horas.

O Audi Q5 híbrido equipado com o motor 2.0 TFSI de 252 cv e 37,7 kgfm, que trabalha junto com um motor elétrico de 143 cv e 35,5 kgfm, gerando 367 cv e 50,8 kgfm de forma combinada. O movimento chega às quatro rodas, de forma integral, por meio de um câmbio automatizado de dupla embreagem S tronic de sete marchas.

Com isso, o Audi Q5 55 TFSI e-quattro vai de 0 a 100 km/h em 5,3 segundos com máxima de 239 km/h. Se for conduzido apenas com energia, o utilitário esportivo de luxo pode alcançar até 135 km/h. O consumo médio é de 47,6 km/l de gasolina.

Fato interessante é que, caso os sistemas inteligentes da tração do carro detectem que não há necessidade de enviar o movimento às quatro rodas , ele pode ser automaticamente desativado. Assim que necessário, o sistema também volta a funcionar de forma automática.

O Audi Q5 55 TFSI e-quattro tem os modos de condução Hybrid, EV e Battery Hold. Está última funcionalidade serve para recarga mais eficiente da bateria. O SUV tem, ainda, controle de cruzeiro adaptativo, faróis de LED, ar condicionado tri zone, cluster digital, HUD, bancos esportivos, rodas de liga leve de 18 polegadas, aviso de saída de faixa, lanternas com três tipos de assinaturas, teto solar bipartido, entre outros.

Quando nos aprofundamos melhor nos itens de conectividade, encontramos a central multimídia MMI Plus, que tem uma tela de 10,1 polegadas. Ela é capaz de fazer o gerenciamento do veículo , além de contar com sistema de pareamento com smartphone, sem fio para o iPhone, e com sistema operacional CarPlay (com fio) para Android Auto.

Além disso, conta com um painel digital de 12,3 polegadas. O sistema traz algumas modificações em relação a motorização a combustão. Entre elas, a interface de regeneração das baterias.

Nas nossas primeiras impressões ao volante, chama bastante atenção a forma como o carro acelera. A velocidade se desenvolve rapidamente, mas de forma progressiva. Tanto quando estávamos dirigindo, quanto no passageiro, não sentimos qualquer sensação de desconforto.

Falando em conforto, a suspensão segue a mesma característica das acelerações. Ela é bem macia e não deixa de lado a boa comunicação ao volante. Junto da tração integral , o sistema multilink de molas e amortecedores é bem calibrado para lidar com o peso e com o desempenho do SUV.

Preços (na modalidade venda direta):

Performance (R$ 413.990)

Performance Black (R$ 439.990)

Sportback Performance (R$ 443.990)

Soortback Performance Black (R$ 469.990)

Fonte: IG CARROS

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carros e Motos

Nico Rosberg recebe seu carro elétrico de quase 2000 cv

Publicado

Rosberg ao lado do seu Rimac Nevera, capaz  de acelerar de 0 a 100 km/h em 2 s e atingir 412 km/h
Reprodução/Instagram

Rosberg ao lado do seu Rimac Nevera, capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 2 s e atingir 412 km/h

Após sair da Fórmula 1 com o título da temporada 2016, Nico Rosberg se tornou defensor da mobilidade elétrica e investidor no setor, principalmente em competições.

Agora, o ex-campeão de F1 foi até a Croácia onde pôde receber o primeiro Rimac Nevera já produzido, e aproveitou para fazer um test-drive ao lado do fundador da fabricante, Mate Rimac.

O Nevera terá a produção limitada a 150 unidades, e com o preço na casa dos US$ 2.5 milhões (US$ 12,8 milhões), o de Rosberg conta com a assinatura do ex-piloto.

O novo hipercarro de Rosberg é equipado com um pacote de baterias de 120 kWh que entrega energia para quatro motores elétricos, posicionados em cada roda.

Somados, os motores entregam 1913 cv de potência e 240,65 kgfm de torque entregues de forma instantânea. O hipercarro croata é capaz atingir os 100 km/h em cerca de 2 segundos e a velocidade máxima é de 412 km/h.

O primeiro contato de Rosberg com sua nova aquisição foi com Mate Rimac no banco do passageiro, e não exploraram apenas a aceleração do modelo, e foram até estradas sinuosas da Croácia testar as capacidades de direção do carro.

Embora seja um carro pesado, de 2.150 kg, o Nevera impressiona Rosberg com o alto nível de aderência que o modelo apresenta ao fazer curvas.

O ex-campeão ainda aproveitou para brincar com o fundador da empresa, ao acionar o querer fazer drift em uma curva, e o executivo respondeu de forma assustada: “Claro, contanto que eu não esteja no carro. Você tem que se acostumar primeiro”.

Rosberg filmou seu contato com seu novo carro e o vídeo está disponível em inglês no canal do ex-piloto alemão no Youtube.

Durante o vídeo, Rimac explica um artifício interessante do sistema de freio do Nevera. Quando o modelo é conduzido no “Modo Pista”, os sistemas do carro monitoram a temperatura dos freios regenerativos e dos freios mecânicos.

Dependendo da temperatura das baterias, o nível de regeneração é ajustado para priorizar o freio mecânico, ou caso os discos e pastilhas de freio esquentem, o freio regenerativo será usado com maior frequência.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros e Motos

Harley-Davidson lança pintura Apex inspirada em versões de corrida

Publicado


Modelos da marca norte-americana podem vir com pintura preta com detalhes laranjas
Divulgação

Modelos da marca norte-americana podem vir com pintura preta com detalhes laranjas

A Harley-Davidson anunciou recentemente uma nova opção de cor para modelos Harley-Davidson Grand American Touring, inspirada na história de corrida da marca, em especial a lendária motocicleta de corrida Harley-Davidson XR750.

Chamada de ‘pintura personalizada Apex’, a opção mescla preto e laranja com um gráfico de tanque de combustível que imita a forma do tanque do XR750.

“A pintura personalizada de fábrica da Apex oferece aos pilotos a oportunidade de expressar a emoção da velocidade e da competição na carroceria de seu bagger”, disse Brad Richards, vice-presidente de design e diretor criativo.

Ainda segundo Richards o esquema de pintura comunica velocidade e impulso com linhas e cores inspiradas nas motocicletas de competição Harley-Davidson .

O trabalho para a nova edição especial será realizado nas unidades Harley-Davidson York Vehicle Assembly e Tomahawk Operations e dispoinibilizado globalmente em tiragem limitada, e algumas serão vendidas no mercado brasileiro.

No Brasil, a série Harley-Davidson Apex será oferecida para os modelos Road King Special , Street Glide Special, Road Glide Special, Road Glide Limited e Ultra Limited, com preços que variam entre R$ 145 mil e R$ 170 mil.

A pintura Apex está disponível nos seguintes modelos:

Modelo especial Road King

Modelo Street Glide Special (versões cromadas e pretas)

Modelo Ultra Limited (versões de acabamento cromado e preto)

Modelo Road Glide Limited (versões cromadas e pretas)

Modelo Road Glide Special (versões cromadas e pretas)

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana