conecte-se conosco


Várzea Grande

Assistência Social adota projetos de aprendizagem remota para beneficiar jovens dos programas socioassistenciais

Publicado


.

30/06/2020    1

O desafio em manter crianças e adolescentes ocupados e motivados em tempos de pandemia foi vencido pela secretaria de Promoção Social, de Várzea Grande. Dois grandes projetos municipais reúnem exatamente essa faixa etária: o Caderno II e o Juventude Ativa. Ambos – dentro de suas particularidades – aderiram às atividades remotas, lançando mão do aparato que a tecnologia proporciona. Salas de aula virtual agregam os participantes dos projetos, que unidos pelas redes sociais, seguem integrando os projetos e seguindo o protocolo sanitário de manter o distanciamento e o isolamento social, como forma de resguardar as pessoas do vírus e reduzir a capacidade de transmissão entre os várzea-grandenses.

Como explica a secretária da Pasta, Flávia Omar, os projetos têm como objetivo levar ocupação e estratégicas de convívio coletivo, no contra turno de sala de aula, seja por meio de oficinas, reforço escolar e até mesmo, dando a oportunidade de escolher uma profissão. “No início da pandemia do novo coronavírus, quando recebemos o Decreto que proibia atividades coletivas foi um susto, mas ao mesmo tempo, gerou uma ação coletiva em buscar  estratégias para driblarmos esse desafio. Precisávamos manter o vínculo com os participantes e mais que isso, mantê-los fieis aos encontros virtuais”.

Entre as alternativas de maior sucesso entre os participantes está a realização de atividades físicas, por meio de orientação de um profissional, bem como, oficinas que levam novidades artesanais e manuais para estimular o raciocínio lógico e os potenciais de cada um.

“Até a pandemia, acreditávamos que onde nós trabalhamos com adolescentes e acreditávamos que tudo era aprendido pessoalmente, com contato diário. Agora, estamos aqui, todos juntos aprendendo, compartilhando experiências e mais, ampliando nosso próprio conhecimento por meios dos nossos jovens que são experts em redes sociais”, destaca a coordenadora do Caderno II, Cláudia Barros. Como destacou, estar isolado não implica em estar excluído. “Mesmo de longe interagimos, aprendemos e nos entretemos”.

“Estamos dando continuidade ao nosso trabalho através de grupo no WhatsApp com todos os facilitadores e adolescentes. Neste grupo, nós interagimos falando do nosso dia a dia, conversamos sobre diversos assuntos e, principalmente, disponibilizamos o conteúdo de algumas oficinas do projeto. Todos os dias recebemos mensagens carinhosas das crianças pedindo o retorno das atividades, com saudades das oficinas e dos profissionais, e também recebemos alguns vídeos, como resposta dos vídeos que os facilitadores enviam”, completou. As oficinas que estão fazendo mais sucesso entre os participantes são de violão e de ballet, essas estão recebendo maior feedback neste período de isolamento.

No Juventude Ativa o atendimento aos participantes não parou, apenas se adaptou ao novo momento. “Quando fomos orientados a suspender as nossas atividades no grupo, como medida de prevenção ao combate à Covid-19, vieram as dúvidas em relação ao que fazer. Mas com calma e diante do cenário que restringe a convivência, nossos orientadores e facilitadores mantiveram a motivação e continuaram a interagir com os jovens de forma interativa, mesmo que não mais presencial. Os encontros em grupo e oficinas estão sendo realizados via WhatsApp e por meio de vídeos-aulas, informativos e orientações compartilhados nos grupos. Dessa forma, os laços entre orientadores/facilitadores com os participantes seguem fortalecidos, o que é justamente o objetivo do projeto, ampliar e fortificar laços”, explica a coordenadora, Vanessa Navarros. Ainda como destacou, a interação tem servido para tratar da situação atual, conscientizando cada participante sobre seu papel no combate à Covid-19.

Os adolescentes inscritos no projeto irão permanecer até o fim do ano e mesmo com atividades remotas, o planejamento de apresentações, para conclusão do ano, segue mantido. “Nos adaptamos e as atividades estão sendo desenvolvidas normalmente e já planejamos as apresentações do nosso encerramento, que sempre é uma grande festa aguardada pelos nossos participantes”, destacou.

CADERNO II –  O ‘Centro de Convivência – Caderno II’ é um projeto social com formato inédito no país para proteção de crianças e adolescentes. As atividades ocorrem no contraturno escolar, são 100 participantes por período. As oficinas são de teatro, informática, dança, acompanhamento escolar, arte e comunicação, música, moda e customização, horta, xadrez e práticas esportivas.Hoje adaptado com atividades remota.

O projeto é um conjunto de ações integradas e focadas na formação humana do adolescente, resgate de valores e a formação da cidadania. Caderno II tem o objetivo de estimular o jovem para o desempenho do seu papel de protagonista na comunidade onde vive e atua, ajudando na construção de um lugar cada vez melhor para se viver. “As intervenções são focadas no estímulo à importância da participação cidadã, incentivo na busca da autonomia da apropriação dos direitos, reconhecimento de deveres e percepção de autoafirmação, enquanto sujeitos ativos e operantes na construção da própria cidadania”, completou a secretária Flávia.

JUVENTUDE ATIVA – Flávia explica que no primeiro semestre de 2020 foram implantados 25 grupos de adolescentes em quatro regiões nas áreas de abrangência dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), cada grupo com aproximadamente 25 integrantes para participarem do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV/Juventude Ativa) com atividades de ações continuadas, sendo dois encontros semanais com duração de 4 horas cada encontro, que nesta época de pandemia, resultou em grupo de conversa pelas redes sociais. As oficinas ofertadas são nas seguintes modalidades: Anjos da Lata (percussão com instrumentos recicláveis), Dança, Esporte, Música, Grafitagem e Pintura em Tela.

O Projeto Juventude Ativa tem por foco o fortalecimento da convivência familiar e comunitária, contribuindo para o retorno ou permanência dos adolescentes na escola, por meio do desenvolvimento de atividades que estimulam a convivência social e a participação cidadã.

O projeto tem como principal interesse retirar o adolescente da ociosidade, pautando-se no desenvolvimento intelectual e cognitivo. O Projeto abriga  mensalmente 600 adolescentes em período de contraturno escolar , na faixa etária de 12 a 17 anos e 11 meses.

Por: Marianna Peres – Secom/VG

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Várzea Grande

Em dois dias Várzea Grande realiza 1.236 procedimentos contra a Covid-19 em ação da ‘Blitz Sanitária’

Publicado


.

07/08/2020    3

Os dois primeiros dias do Plano de Ação Várzea Grande contra a Covid-19 que promove blitz com medição de temperatura e encaminhamento para atendimento para aqueles com alguns sintomas do coronavírus e que recebem além de atendimento presencial ou por teleconsulta, teste rápido, medicamentos e se necessário encaminhamentos para unidades de saúde para eventuais exames mais específicos ou até mesmo internação, realizado nos dia 05 e 06 deste mês no Parque do Lago. A  ação chegou ao Bairro José Carlos Guimarães.

A prefeita Lucimar Sacre de Campos anunciou também que uma nova Unidade Básica de Saúde será construída na localidade para atender aos moradores de toda a Região que fica ao longo da Rodovia Mário Andreazza . A prefeita editou ainda  um novo Decreto, o 50/2020 que libera o funcionamento dos serviços e atividades não essenciais privados, varejistas e atacadistas, nos dias 08 e 09 de Agosto de 2020, em razão do dia dos pais.

Como todos poderão abrir suas atividades independente de horário o Decreto 50 regulamenta o funcionamento visando  atenção as regras que não mudaram de se evitar qualquer espécie de aglomeração e excepcionalmente, manter suas atividades econômicas, com 70% (setenta por cento) da capacidade máxima de lotação, com horário de atendimento ao público no sábado (08/08/2020) das 08:00 às 18:00 horas e, no domingo (09/08/2020), das 08:00 às 12:00 horas, sendo que, após esse horário, poderão apenas fazer entregas (delivery) ou manter o sistema de drive thru, ate? a?s 23:00 horas, obedecendo as medidas de prevenção e combate a? disseminação ao novo coronavi?rus, incluindo, métodos para evitar a circulação de pessoas que pertencem ao grupo de risco, conforme definido pelo Ministe?rio da Saúde.

“No que for possível, nós vamos tentando devolver a normalidade de funcionamento ao cotidiano da cidade e de sua população, sem colocar em risco a saúde pública, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos comemorando o fato de ter superado a marca de 4 mil pacientes recuperados da Covid- 19 em Várzea Grande, o maior percentual de curados entre as 141 cidades de Mato Grosso.

Ela sinalizou que quer ainda em agosto lançar as obras da nova UBS no Residencial José Carlos Guimarães que está sendo licitada e garantiu ainda a inauguração em 2020 das UBS doo bairros  Eldorado, Jardim Maringá, Cabo Michel, São Matheus e Alameda que se somarão as unidades já entregues no São Simão, Santa Isabel e Aurília Salles Curvo no Grande Cristo Rei, em seu plano de ação.

O secretário de Saúde, Diógenes Marcondes sinalizou que Várzea Grande está conseguindo controlar a pandemia da Covid- 19 por ter investido pesado em saúde pública a partir de 2015 quando a prefeita Lucimar Sacre de Campos assumiu o mandato.

“Todas as obras realizadas, ações desempenhadas, equipamentos adquiridos estão tendo reflexos positivos agora, basta lembrar  que duas UPAS a do IPASE e do Cristo Rei foram construídas e inauguradas nesta gestão e servem de referência para outras cidades de Mato Grosso por recomendação do Ministério da Saúde”, sinalizou.

Plano de Ação VÁRZEA GRANDE CONTRA COVID-19 (Parque do Lago 05 e 06 de agosto)

Total de testes realizados do  coronavírus : 880

Total de resultados positivos para o coronavírus: 111

Total de vacinações: 297

Medicação: 59

Profissionais envolvidos: 47 (ACS, Enfermeiros, Fiscais da Vigilância Sanitária, Médicos)

 

Por: Da Redação – Secom/VG

Continue lendo

Várzea Grande

Prefeitura mantém calendário de obras na cidade dentro do previsto

Publicado


.

07/08/2020    9

A prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos esteve em visita nas obras da Praça do Jardim Glória, além da pavimentação asfáltica da Avenida Mil, bairro Nova Fronteira. A vistoria foi acompanhada pela vereadora Gisa de Barros e do secretário de Desenvolvimento Urbano, Econômico e Turismo, José Roberto Amaral. Conforme dados do secretaria de Obras, a Praça do Jardim Glória está com mais de 90% dos serviços concluídos. A vistoria ocorreu nesta quinta-feira (06).

Nesta etapa, as equipes realizam pinturas, limpezas e finalizam as partes de iluminação. A previsão de entrega é para o fim deste mês. Já a pavimentação asfáltica da Avenida Mil tem aproximadamente 70% de conclusão, onde estão sendo finalizadas calçamento, pintura do canteiro central e meio fio, além da execução da parte de drenagem e esgoto.

“Neste período, as equipes finalizam também as instalações das partes elétricas internas da Praça, instalação do parquinho infantil e acabamento do palco de apresentações múltiplas. A próxima etapa consiste no plantio de árvores da área externa e plantio de gramado. A Praça faz parte de um Termo de Compromisso realizado entre a Prefeitura e uma empresa instalada na cidade, por meio de uma compensação urbanística. A obra recebeu investimentos da ordem de R$ 150 mil reais”, explicou o secretário José Roberto.

Para Lucimar Sacre de Campos, as obras que se encaminham para a fase de conclusão trarão um bom aspecto para o município, com espaços de qualidade e segurança para a população. “De fato, com a pandemia da Covid-19 houve, uma concentração maior da Administração Pública voltada para a Saúde, com determinações, estabelecimento de Decretos Municipais, compras de equipamentos e insumos hospitalares, reorganização da Rede SUS para atendimento as  pessoas acometidas pela doença. Porém as obras também caminharam sob a coordenação da Secretaria de Obras, e as execuções estão sendo realizadas dentro do previsto, e muitas obras já estão sendo finalizadas, quer seja por asfalto novo, creches, praças, reurbanização da cidade, enfim estamos tomando todas as precauções para que os  serviços aconteçam  e, a cada dia tomam forma e seguem para a finalização. Estamos vistoriando e pedindo celeridade nos trabalhos. Vamos entregar o quanto antes essas obras que trarão aspecto harmonioso  de bem estar e qualidade de vida como  nossa cidade merece”, sublinha.

A vistoria se estendeu também até a Praça Central Nossa Senhora do Carmo, instalada no Centro de Várzea Grande. No local, havia a instalação de um chafariz que será substituído por uma estátua de Nossa Senhora do Carmo, o local está sendo revitalizado com pinturas, plantação de flores e gramado e instalações de luzes, além de demais ajustes de paisagismo, deixando o visual ainda mais atrativo. “Um espaço que vai contemplar toda essa área central valorizando o comércio local e fomentando as romarias de fé e religiosidade abertas para visitação de toda a população, tanto de Várzea Grande quanto de outras cidades”, disse Lucimar. 

 

Por: Cláudia Joséh – Secom/VG

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana