conecte-se conosco


Carros e Motos

Assim poderá ficar a nova Chevrolet S10, com o debute da Colorado 2023

Publicado

Nova Chevrolet Colorado antecipa muito as possibilidades de visual e de equipamentos de uma futura nova S10
Divulgação

Nova Chevrolet Colorado antecipa muito as possibilidades de visual e de equipamentos de uma futura nova S10

Apesar de se manter em destaque quanto à relação consumo-desempenho, o projeto da Chevrolet S10 é um dos que está há mais tempo no mercado, quando falamos de picapes. Entretanto, sua “irmã” norte-americana, a Colorado, acaba de ganhar uma nova geração. Isso nos fornece muitas pistas de como será a futura geração da picape brasileira da GM.

A nova Colorado já traz a geração seguinte da plataforma. Com um novo chassi, o entre-eixos cresce 7,8 centímetros, passando de 3,25 m para 3,33 m (a Chevrolet S10 tem 3.09 m). O comprimento só não mudou por conta de alterações no balanço dianteiro, que agora proporciona melhor ângulo de ataque.

O visual teve fortes inspirações na Silverado — outra que, conforme apontam rumores, deverá vir ao Brasil. Notamos que o para-choque dianteiro e a grade estão com visual mais robusto e posicionados mais para cima.

Além disso, os faróis são bem mais finos e com uma luz em LED na parte superior, que vai até a parte superior da grade. A traseira adota lanternas com um novo formato, mantendo o nome da Chevrolet escrito por extenso.

No interior, mais uma vez, é notório a melhoria do refinamento do carro. Agora traz saídas de ar mais arredondadas.

A versão mais simples das fotos, a Trail Boss, tem acabamento de plástico texturizado, enquanto as versões acima como Z71 e ZR2 utilizam couro. O volante é totalmente novo, bem menor e com outro desenho para os botões. As configurações mais equipadas terão aquecimento dos bancos e travamento do eixo traseiro.

Como se não bastasse, a conectividade é outro destaque. Sua central tem 11,3 polegadas e é de série. Pode mostrar 10 imagens diferentes das câmeras ao redor da picape , inclusive uma embaixo do veículo. O painel de instrumentos, por sua vez, conta com uma tela de 8 polegadas de série. As versões ZR2 e Z71 terão um display maior, mas as especificações ainda não foram confirmadas.

Desde a versão mais básica, virá com frenagem automática de emergência, assistente de permanência em faixa e farol alto automático. Dependendo da versão, receberá faróis de LED, carregador wireless para smartphones, ar-condicionado de duas zonas com saída traseira, teto solar, controle de cruzeiro adaptativo, sensor de ponto cego, alerta de tráfego traseiro cruzado e mais.

Fonte: IG CARROS

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carros e Motos

Dodge apresenta conceito elétrico com ronco de Hellcat

Publicado

Dodge Charger Daytona SRT Concept EV é primeiro estudo da Dodge no mundo dos carros elétricos
Divulgação

Dodge Charger Daytona SRT Concept EV é primeiro estudo da Dodge no mundo dos carros elétricos

A Dodge revelou nesta semana que as linhas Charger e Challenger com os tradicionais HEMI V8 estão próximas do fim, e após lançar o SUV híbrido, a marca mostrou o conceito Charger Daytona SRT.

Segundo a Dodge , o conceito traz uma inédita motorização elétrica chamada de Banshee, que segundo a fabricante irá continuar o legado das famílias de motores Hemi, Hellcat e Redeye, oferecendo o DNA de muscle car para os carros elétricos.

Apesar disso, os números de potência não foram divulgados, mas o que se sabe é que terá arquitetura de 800 Volts, e a Dodge promete que o seu veículo elétrico será mais rápido que um Hellcat em todas as “métricas de performance”.

O Daytona SRT Concept apresenta a transmissão “eRupt” que promete trocas eletromecânicas para manter o envolvimento tradicional de muscle cars com o condutor na era elétrica.

Os muscle cars são conhecidos pelo som de seus motoes V8. Com a motorização elétrica , o ronco do motor é susbstituido pelo zunido elétrico, mas não no Daytona SRT.

A Stellantis havia prometido que o futuro elétrico da Dodge terá um som “chocante”. Agora, a fabricante americana confirmou o desenvolvimento do “escapamento” Fratzonic Chambered.

Apesar de carros elétricos não terem escapamento, segundo a Dodge esse sistema será responsável pelo som do Charger Daytona SRT , e produzirá os mesmos 126 dB que um modelo da linha Hellcat.

Visualmente, o conceito é inspirado no Charger Daytona original, com um pequeno toque futurista, realçado pela barra em LED que percorre toda a extensão da dianteira, com o antigo logo triangular da Dodge no centro.

Na dianteira, o modelo ainda conta com dispositivos aerodinâmicos para direcionar o fluxo de ar para aumentar a aerodinâmica do modelo.

No interior, uma tela de 16 polegadas para o painel de instrumentos e uma de 12.3 para o sistema de infotenimento voltado para o condutor, dão o toque de modernidade à cabine do modelo.

Além disso, o interior ainda possui luzes ambientes ajustáveis, bancos feitos em fibra de carbono , volante de base achatada e um teto panorâmico completam a cabine do carro.

“O Charger Daytona fará mais que definir o futuro da Dodge, vai redefinir o significado de muscle car americano neste processo” afirmou Tim Kuniskis, CEO da marca Dodge.

Ainda não há confirmação de data de lançamento do primeiro Dodge 100% elétrico, mas segundo a mídia norte-americana, a marca espera entrar na era elétrica a partir de 2023.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros e Motos

Hyundai inicia período de pré-venda do novo sedã HB20S da linha 2023

Publicado


Linha 2023 do Hyundai HB20S ganha linhas mais arrojadas, mas mantém o mesmo conjunto mecânico
Divulgação

Linha 2023 do Hyundai HB20S ganha linhas mais arrojadas, mas mantém o mesmo conjunto mecânico

A Hyundai anuncia as vendas do HB20S, que já pode ser reservado com preços que vão de R$ 85.890 até R$ 120.990, dependendo da versão e configuração. Vale lembrar que a marca havia dito que o carro chegaria às lojas em setembro, mas acabou adiantando a estreia do modelo nas lojas.

O sedã segue o mesmo visual adotado no HB20 que estreou em julho, com destaque para a grade dividida e adoção de luzes diurnas de LED, na traseira, o destaque ficou por conta das lanternas unidas por uma faixa, a exemplo do hatch, porém, como novo desenho no sedã. Igualmente no hatch, a versão topo de linha Platinum Plus, ganhou projetores elípticos em seus faróis.

Outra mudança é o desenho das rodas que passaram a ter novo aro: 16 polegadas ante os 15 do modelo anterior e que “casa” com o conjunto estético mais “musculoso”.  São 60 mm a mais, totalizando 4,32 m, sendo 50 mm no balanço dianteiro e 15 mm no traseiro.

Por dentro, a novidade ficou por conta de novas cores e padronagem dos bancos além do painel de instrumentos digital e com computador de bordo de 4,2’’ personalizável com até três cores de fundo. O ar-condicionado é digital e na versão Platinum Plus passou a ser automático. Outro recurso reservado à topo de linha está o sistema de partida remota.

O sedã conta com vasta lista de equipamentos de série como piloto automático com controle de cruzeiro e limitador de velocidade, assistente de permanência de faixa e de ponto cego, seis airbags, controle de estabilidade e tração, entre outros itens. A novidade é o sistema de saída segura , que avisa quando a porta é aberta e outro carro se aproxima por trás. 

Fora isso, a Limited passa a contar com câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro e faróis com acendimento automático. A Platinum painel de instrumentos digital, chave presencial, partida por botão, partida remota por meio da chave e retrovisores com rebatimento elétrico.

A versão topo de linha Platinum Plus recebe carregador sem fio para smartphone, assistente de tráfego cruzado traseiro, start-stop, frenagem automático de emergência, assistente de permanência em faixa e alerta de ponto cego.

A linha 2023 seguirá com duas opções de motor: 1.0 Kappa aspirado de três cilindros, com 80 cv e 10,2 kgfm e câmbio manual de 5 marchas (Comfort e Limited) e 1.0 turbo de 120 cv e 17,5 kgfm e transmissão automática de seis velocidades (Comfort, Platinum e Platinum Plus).

Confira abaixo os preços de cada versão da linha 2023 do HB20S.

Comfort 1.0 MT5 – R$ 85.890

Limited 1.0 MT5 – R$ 91.390

Comfort 1.0 Turbo AT6  – R$ 105.290

Platinum 1.0 Turbo AT6 – R$ 111.790

Platinum Plus 1.0 Turbo AT6 – R$ 120.990

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana