conecte-se conosco


Jurídico

Assessores de Comunicação da Justiça Eleitoral sugerem ações estratégicas durante Coptrel

Publicado

As conclusões das reuniões dos assessores de Comunicação dos 27 Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), realizadas nesta quinta-feira (7), em Natal (RN), durante a 77ª reunião do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (Coptrel), foram apresentadas nesta sexta-feira (8), aos ministros, presidentes dos TREs, diretores-gerais da Justiça Eleitoral e demais autoridades presentes ao evento.

A assessora-chefe de Comunicação do TSE, Ana Cristina Rosa, expôs, em nome do grupo, uma série de sugestões definidas pelos assessores. Entre elas, foram destacadas a ação integrada e educativa de todos os órgãos da Justiça Eleitoral no combate à desinformação e o impulsionamento nas redes sociais das campanhas referentes às Eleições Municipais de 2020. Nesse ponto, foi sugerida a realização de uma capacitação sobre relacionamento com a imprensa para todos os TREs.

Assessora-chefe de Comunicação do TSE no 77º CoptrelAna Cristina Rosa também apresentou ações realizadas pela Comunicação do TSE que afetam toda a Justiça Eleitoral. A nova logomarca para as Eleições Municipais de 2020 e as campanhas “Semana do Jovem Eleitor”, “Mulheres na Política”, “Minuto da Checagem”, “Trilhas da Democracia” e “Democracia Todo Dia”, entre outras iniciativas, foram algumas das ações elencadas.

“Uma das deliberações mais relevantes foi a decisão de intensificar a divulgação das ações referentes ao enfrentamento à desinformação, ampliando e potencializando o alcance. E isso começa já com o Minuto da Checagem, série de vídeos que se encaixa num dos eixos do Programa de Enfrentamento à Desinformação lançado pelo TSE”, explicou a assessora-chefe.

A jornalista também ressaltou que as decisões tomadas em reuniões como a do Coptrel estão sendo colocadas em prática. Ana Cristina citou como exemplos o drive para compartilhamento de arquivos entre os assessores de Comunicação – sugerido durante o 76º Coptrel, em São Paulo (SP) – e a pesquisa de opinião sobre a percepção do cidadão em relação à Justiça Eleitoral, cuja realização foi definida durante o Encontro Nacional de Comunicação da Justiça Eleitoral, em outubro deste ano.

“A Comunicação é uma área estratégica em todas as instituições, e na Justiça Eleitoral não é diferente. Tenho certeza de que os Senhores também têm esse entendimento. A participação dos assessores de Comunicação no Coptrel é uma prova disso. Agradeço o espaço e a oportunidade de estar aqui, representando os assessores de Comunicação da Justiça Eleitoral, e compartilhando nossas ações em curso e em planejamento”, concluiu Ana Cristina Rosa.

Confira todas as informações na página do evento.

Coptrel

O Coptrel foi criado em 16 de setembro de 1995, em Florianópolis (SC). É uma sociedade civil sem fins lucrativos, de âmbito nacional, integrada pelos desembargadores que estiverem na Presidência dos TREs. O Colégio tem como presidente de honra o presidente do TSE, atualmente, a ministra Rosa Weber.

Nas reuniões do Coptrel, os presidentes dos TREs têm a oportunidade de discutir questões que afetam a todos os Regionais. O objetivo é aperfeiçoar a prestação do serviço e desenvolver ferramentas que auxiliem no processo eleitoral. Ao final, são divulgadas a ata do encontro e uma carta na qual são elaboradas proposições para incrementar a atuação dos tribunais.

RG/JB, DM

Leia mais:

08.11.2019 – Inovação e sustentabilidade marcam o 77º Coptrel em Natal

06.11.2019 – TSE participa do 77º Encontro do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Jurídico

Em 10 anos, TRF4 reduziu em 83% o consumo de papel

Publicado


.

Se cada um fizer a sua parte, juntos poderemos agir pela natureza. Nesta sexta-feira (5/6), Dia Mundial do Meio Ambiente, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) comemora o esforço conjunto de magistrados, servidores e estagiários para que, em dez anos, o consumo de papel tenha sido reduzido de 12 mil a duas mil resmas (pacotes de 500 folhas) por ano. Isso representa uma diminuição de 83%. Só em 2019, a economia no consumo foi de 25% em relação ao ano anterior. 

Esse histórico e o desempenho recente do indicador revelam uma forte mudança de hábitos decorrente da adoção dos sistemas de processo eletrônico nas áreas judicial (eproc) e administrativa (SEI), bem como do incentivo à impressão na modalidade frente-verso quando o papel ainda se faz necessário. Os índices fazem parte do relatório anual divulgado pelo Plano de Logística Sustentável do TRF4.

Energia elétrica

Em 2019, houve 33% de redução no consumo de energia elétrica em relação ao ano anterior (que também já apresentava diminuição na ordem de 10% sobre 2017). Esse corte de um terço dos gastos foi possível a partir de diversas ações, com destaque especial à campanha de sensibilização para o desligamento total dos computadores à noite, inclusive com a luz do modo de espera (stand by) apagada. Além disso, o prédio anexo do TRF4 conta com um sistema que aproveita a energia gerada na descida dos elevadores para uso nas subidas e adota a tecnologia led em todas as lâmpadas. 

Gestão de resíduos 

Desde 2017, o TRF4 eliminou completamente o consumo de água mineral em embalagens descartáveis. Além disso, a água quente produzida pelo ar-condicionado central é reaproveitada, e o prédio anexo tem um sistema de coleta e reuso da água da chuva. Ainda, existe um programa permanente de coleta de resíduos sólidos para destinação social ou descarte ambientalmente adequado de produtos eletroeletrônicos, mídias usadas, toners e cartuchos, medicamentos vencidos, tampinhas, baterias, guarda-chuvas e outros.

Fonte: TRF4

Continue lendo

Jurídico

Presidente do TSE se reúne com epidemiologistas para ouvir sugestões para as Eleições Municipais

Publicado


.

O presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, conversou na noite desta quarta (3) com os epidemiologistas Paulo Lotufo, da Universidade de São Paulo, e Ana Ribeiro, do Observatório COVID-19, para ouvir sugestões sobre cuidados para a realização das eleições municipais.

Também participou da reunião virtual o físico Roberto Kraenkel, especialista em estatística de epidemias, e o biólogo Átila Iamarino.

O ministro Luís Roberto Barroso está em contato com sanitaristas, epidemiologistas e biólogos para angariar informações acerca das medidas de segurança que terão de ser tomadas para a realização das eleições. Os dados obtidos nessas reuniões serão compilados e apresentados aos ministros da Corte e aos presidentes do Senado Federal e da Câmara dos Deputados, uma vez que cabe ao Congresso Nacional decidir sobre eventual adiamento das Eleições 2020.

LG

Fonte: TSE

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana