conecte-se conosco


Política MT

Assembleia repassa R$ 3,5 milhões para a Santa Casa de Cuiabá, diz deputado

Publicado

De acordo com o presidente da ALMT, Eduardo Botelho, verba já está na conta do hospital

O presidente da Assembleia Legislativa (ALMT), deputado Eduardo Botelho (DEM), informou na quarta-feira (19), que os R$ 3,5 milhões prometidos à Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá já estão na conta da instituição.  O valor faz parte de três repasses até completar os R$ 10,8 milhões que o governo do Estado se comprometeu em repassar para a instituição até setembro deste ano.

“Esse repasse foi feito de forma integral para pagamento dos servidores que trabalharam e não receberam seus salários. Esperamos, o mais rápido possível, ver a Santa Casa funcionando”, afirmou o deputado. A Santa Casa foi fechada no dia 11 de março sob a alegação de crise financeira e com repasses atrasados para fornecedores, além de sete folhas salariais em atraso.

O secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, disse que quer ver se a Santa Casa seja reaberta no início de julho. O secretário esclareceu que o acordo firmado com o TRT, com a Sociedade Beneficente da Santa Casa e representantes dos servidores está sendo cumprido. “O aporte de R$ 10,8 milhões, sendo R$ 3,5 milhões da Assembleia, serão destinados para amortizar as folhas salariais de 7 meses, que estão atrasadas”, explicou.

Segundo o secretário, essa foi a segunda parcela de recursos para a Santa Casa. “Nós já pagamos a primeira parcela. Agora a segunda, ou seja, o Estado de Mato Grosso já repassou mais de R$ 6 milhões para essa conta do TRT e nos próximos 4 meses iremos repassar mais R$ 1,1 milhão todo dia 24, até totalizar os R$ 10,8milhões”, esclareceu.

Sobre os reparos necessários na Santa Casa, o secretário adiantou que além da reforma de todas as Unidades de Terapia Intensiva (UTI), o centro cirúrgico passou por uma readequação. “São reparos substanciais que vão oferecer melhor atendimento aos pacientes”, disse.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política MT

Neri Geller descarta ser vice de Mauro Mendes e garante que não recua de disputar o Senado

Publicado

Recuo do deputado federal estaria sendo articulada pelas direções nacionais do PL e PP [Foto – Mayke Toscano]

Ao contrário do que se comenta nos bastidores da política, de uma possível dobradinha com o governador Mauro Mendes (DEM), nas eleições de 2022, como candidato a vice-governador, o deputado federal Neri Geller (PP), presidente do partido no Estado, garantiu ao Portal ODocumento nesta segunda-feira (06), que o seu foco está na consolidação de uma candidatura a única vaga do Senado no pleito do ano que vem.

“Todos sabem da minha parceria com o governador Mauro Mendes e o trabalho de resultados que conseguimos executar nesses anos, mas, o próprio Mauro sabe do meu projeto ao Senado e já declarou inclusive simpatia à minha candidatura”, disse Geller quando questionado por uma notícia na mídia dando conta de um possível recuo da disputa ao Senado para compor como candidato a vice de Mendes, caso o governador seja candidato à reeleição.

Conforme Geller, sua meta no momento é focar no mandato e buscar a consolidação do seu grupo em torno de uma candidatura ao Senado no próximo ano. “Política é a arte do diálogo. Estive na semana passada em agenda com o ex-governador Blairo Maggi e o nosso grupo está focado na consolidação desse projeto. Porém, até lá vamos conversar com todos que estiverem envolvidos já que a boa política se faz no coletivo”, declarou.

Geller já contabiliza para a disputa do Senado o apoio do PSB do senador Carlos Fávaro e do MDB do deputado federal Carlos Bezerra. Recentemente, o federal também fez um encontro informal, em Rondonópolis, e reuniu cerca de 80 prefeitos de todas as regiões do Estado, além de deputados estaduais e do governador Mauro Mendes.

 

Continue lendo

Política MT

Emanuel elogia projeto de Balbinotti ao Governo e defende nome de Nilson Leitão para a disputa

Publicado

Prefeito defende que maior número de candidatos deixa a disputa mais democrática [Foto – Luiz Alves]

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), confirmou nesta segunda-feira (6), durante a entrega nove vans adaptadas para o transporte de passageiros do Projeto Buscar, que trabalha uma candidatura majoritária alternativa para as eleições de 2022 no Estado e que discute essa possibilidade com vários atores da política estadual desde o início deste ano. Para Pinheiro, quanto mais nomes surgirem, melhor será para a população definir o sucessor do governador Mauro Mendes (DEM).

“Quanto mais nomes aparecerem, quanto mais nomes se posicionarem para discutir Mato Grosso, proposta de um novo projeto político-administrativo para o Estado, uma nova proposta de desenvolvimento econômico social, acho fantástico. Você amplia a possibilidade de escolha da população, você não fica só no tríduo, esse, aquele ou aquele outro, ou a polarização, que nunca é boa”, disse o prefeito cuiabano.

Para Pinheiro, “quanto mais nomes tiver na disputa, melhor. E os dois que melhor sensibilizarem a população vão para o segundo turno. Por isso a população se identifica mais com os seus candidatos”, destacou o prefeito que comemorou a chegada de um novo nome na disputa. “Acho que a chegada do Odílio Balbinotti enriquece os debates para as eleições do ano que vem em Mato Grosso”.

Pinheiro destacou que não trabalha uma candidatura de oposição, mas sim, uma aliança para Estado e não contra ninguém. “Acho que a aliança tem que ser um bem para o Estado e não contra ninguém, é uma aliança para Mato Grosso e não uma aliança de oposição”, disse, acrescentando que o nome do ex-deputado federal Nilson Leitão é uma opção. “Nilson é um grande nome para qualquer cargo. Já falamos várias vezes este ano. Ele quer participar sem radicalismo, sem exigência, ele disse que pode ser candidato a tudo ou a nada, mas que quer estar junto discutindo uma proposta de gestão para o Estado”.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana