conecte-se conosco


Mato Grosso

Artesãos mato-grossenses participarão do Salão de Artesanato em São Paulo

Publicado

O trabalho de quase 50 artesãos de Mato Grosso será mostrado na 13ª edição do Salão de Artesanato Raízes Brasileiras, no Pavilhão da Bienal, em São Paulo, de 9 a 13 de outubro. Nove artesãos estarão pessoalmente apresentando e comercializando seus trabalhos para os visitantes de todo o país. O evento é realizado com o apoio do Programa do Artesanato Brasileiro e a comitiva mato-grossense também conta com o suporte do Governo do Estado.

“Mostraremos o artesanato indígena e em madeira, além de peças em cerâmica, das tecedeiras, em cipó, entre outras. Essa feira é diferenciada porque tem um público de melhor poder aquisitivo e é frequentada por formadores de opinião, como arquitetos e lojistas”, explica Lourdes Josafá Sampaio, coordenadora do Programa de Artesanato da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec).

Um dos artesãos é Nei Roberto dos Santos, que há 15 anos faz trabalhos artesanais em madeira. Para ele, é muito importante participar de eventos nacionais, pois dão visibilidade ao seu trabalho e melhoram a comercialização. “Há pouco tempo decidi viver exclusivamente do artesanato e a participação nestas feiras ajuda a sair do ‘sufoco’ em relação ao dinheiro, conseguimos nos manter e adquirir matérias primas”, explica.

Para participar das feiras nacionais de artesanato, os interessados devem estar atentos aos editais publicados no site da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec). Em breve, será publicado para participação na feira Mãos de Minas, em Minas Gerais. A coordenadora Lourdes Josafá Sampaio explica que é preciso fazer inscrição, mostrar o trabalho para os técnicos e, então, participar do evento.

FEIRA

Além dos estandes dos estados coordenados pelo PAB, artesãos de todo o Brasil com produção individual, cooperados, associações e outros órgãos de fomento ocuparão os 19 mil m2 do Pavilhão da Bienal com mostra e venda de produtos artesanais de várias tipologias, confeccionados com técnicas variadas e diferentes matérias prima.

Peças artesanais de decoração, vestuário, joias, bijuterias, acessórios, brinquedos, instrumentos musicais e utilitários vão encantar os visitantes pela riqueza de detalhes, qualidade de acabamento e identidade cultural que representam Na Praça dos Mestres será possível ver Mestres Artesãos de vários estados fazendo suas peças ao vivo. O Salão terá um palco destinado a apresentações culturais de grupos folclóricos de música e danças típicas e uma praça de gastronomia com pratos típicos de todas as regiões brasileiras. Será um evento que mostrará toda a diversidade cultural do Brasil, em cores, sons e sabores. A entrada é gratuita.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Mato Grosso

Piloto apresenta identidade falsa mas é preso após ser reconhecido por policial do Gefron

Publicado


.

Um foragido da justiça com dois mandados de prisão em aberto por tráfico internacional de drogas foi preso durante a operação Hórus/Vigia, realizada pela Polícia Federal, Grupo Especial de Segurança de Fronteira (Gefron), Polícia Militar do Amazonas (PM-AM) e Força Área Brasileira (FAB).

O traficante foi detido no Amazonas, pilotando uma aeronave. Ele apresentou um RG falso, se passando por outra pessoa, mas foi reconhecido por um policial do Gefron em uma foto na qual ele carregava pacotes de drogas em um avião. Com sua real identidade, os mandados de prisão foram descobertos.

Ele e outra pessoa foram presos em Apuí (AM), onde também foi apreendida uma aeronave modelo Beechcraft Baron prefixo PT-LRM, uma Toyota Hilux cor branca placa NCH 2573, uma pistola 9MM com munições, 14 tambores de gasolina de aviação, diversos equipamentos de comunicação e navegação e R$ 12,7 mil.

Mais duas pessoas foram presas no dia 18 de maio, na cidade de Coari (AM). A FAB interceptou aeronave de modelo Piper Seneca, e o piloto foi obrigado a fazer pouso forçado no aeroporto da cidade de Porto Urucu.

Após o pouso da aeronave, o piloto e copiloto foram presos em flagrante, sendo que um deles tinha mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio. Ainda no local, os policiais também apreenderam 418 kg de substância análoga à pasta base de cocaína. 

Operação Hórus/VIGIA

A ação integrada foi realizada nos dias 17 e 18 de maio. Quatro pessoas foram presas, foram apreendidas duas aeronaves, sendo uma modelo Beechcraft, e outra Piper Seneca, 14 tambores de AVGAS ou gasolina de aviação, diversos equipamentos de comunicação e navegação, uma Toyota Hilux de cor branca, uma pistola com munições e R$ 12,7 mil em moeda nacional, 418 kg de drogas, que ao todo, resultaram em mais de R$ 5,8 milhões de prejuízo.

O objetivo da operação foi combater o tráfico internacional de drogas com a utilização de aeronaves e outros crimes.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Soldado da PM ajuda criança, sensibiliza pessoas nas redes sociais e arrecada donativos

Publicado


.

No sábado (25.05), a empatia e solidariedade do soldado da Polícia Militar Felipe Lemes, movimentou e sensibilizou centenas de pessoas a ajudar a família de um menino de nove anos de idade, que vendia doces em um sinaleiro, no bairro Jardim Imperial, em Cuiabá.

Durante patrulhamento, o policial em ronda pelo bairro se deparou com uma cena que o fez refletir. De calção, casaco e chinelo – e máscara -, o menino vendia doces na rua, quando os termômetros marcavam 12°.

O menino se aproximou e tentou vender doces ao soldado, que estava na viatura. Emocionado, o soldado Lemes decidiu fazer algo pela criança. Ele relembra que ao se deparar com o menino no sinal, pensou no frio que aquela acriança provavelmente estava sentindo.

“Estávamos na viatura, com uniforme, coturno e mesmo assim, sentíamos muito frio. Quando vi aquela criança de calção pensei ‘meu Deus, esse menininho está sofrendo’. Foi então que decidi comprar uma roupa para ele se proteger do frio e liguei para mãe dele. A mãe da criança me disse que estavam passando dificuldades, então, decidimos fazer uma compra e ajudá-los “.

A ação do policial divulgada em uma rede social mobilizou centenas de pessoas a ajudar a família. A realidade da criança, que mora com a mãe e mais três irmãos, sendo um deles ainda recém-nascido, arrecadou donativos e ajuda para aquelas pessoas.

O policial ressalta que a intenção da postagem nas redes sociais foi mostrar exatamente a realidade que os policiais se deparam sempre, em suas rotinas, e que muitas vezes as pessoas não enxergam.

“Com a repercussão do post consegui estimular a caridade, o olhar das pessoas para a dor do próximo. Nesse período de quarentena, muitas pessoas estão precisando de ajuda e se a gente realmente quiser, podemos ajudar sim. Fiquei emocionado ao ver o esforço daquele menino para ajudar a mãe e os irmãos, enfrentando um frio que a gente de farda não estava suportando, imagina para ele, uma criança”, destaca o policial.

A família recebeu centenas de doações de alimentos, roupas e outras ajudas. Por enquanto, toda a família permanece em casa. A mãe da criança, grata pela ajuda, agradeceu todos que se sensibilizaram com as condições de sua família e preferiu não aparecer e nem expor os filhos.  

A postagem chegou a quase 100 mil curtidas e mais de dois mil comentários, em uma página de uma rede social.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana