conecte-se conosco


Esportes

Arana projeta boa estreia do Atlético-MG contra o Fla no Brasileirão

Publicado


.

Após a vitória por 3 a 0 sobre o América e a conquista da vaga na final do Campeonato Mineiro na noite de ontem (5), o Atlético volta todas as suas atenções para a estreia no Campeonato Brasileiro. O primeiro confronto não é nada fácil, a equipe pega o Flamengo, domingo, às 16h (horário de Brasília), no Maracanã.

Mesmo enfrentando o atual campeão brasileiro e da Libertadores, o Atlético quer sair do Rio de Janeiro com os três pontos. Para o lateral-esquerdo Guilherme Arana, o Galo precisa manter a pegada do estadual para começar a Série A bem.

“O pensamento é o mesmo. Claro que Estadual é um campeonato de mata-mata e o Brasileiro é de pontos corridos, mas o pensamento é o mesmo, o trabalho é o mesmo, a intensidade nos treinos é a mesma e temos que manter essa conduta jogo após jogo. Já estamos pensando no Flamengo. Ontem, estávamos pensando no América. O dever foi cumprido e chegamos à final. Agora vamos mudar o chip e pensar no Flamengo para fazer um grande jogo”, disse em entrevista coletiva na Cidade do Galo.

A partida contra o Flamengo é cercada de expectativa. O Rubro-Negro é o grande favorito para levantar o caneco novamente. Por outro lado, o Atlético fez muitas contratações, renovou a equipe e deposita esperança no técnico Jorge Sampaoli. Mesmo com menos tempo de entrosamento que o adversário de domingo, Guilherme Arana acredita no resultado positivo.

“A gente já tá trabalhando há um bom tempo, a gente já sabe há um bom tempo que a estreia seria contra o Flamengo. A gente tem que jogar do jeito que a gente em jogando. A gente sabe a forma que o nosso professor quer que a gente jogue. Temos que ir lá, fazer nosso papel, dar nosso máximo e sair com a vitória. Claro que o Flamengo é uma grande equipe, porém no nosso time chegou bastante gente, jogadores de qualidade, estamos nos sentindo cada vez melhores. É ir lá, fazer um bom jogo e, se Deus quiser, sair com um resultado bom”.

Arana é um lateral-esquerdo conhecido por subir muito ao ataque. Enfrentar Rafinha, Éverton Ribeiro e Gabigol, que gostam de atuar pelo lado direito ofensivo, poderia prender um pouco mais o jogador do Galo? Ele responde.

“São jogadores de muita qualidade, todos nós conhecemos, mas meu jogo é defender e também chegar ao ataque. Tenho que fazer meu jogo que é defender bem, chegar na frente bem e é isso que eu vou fazer”.

A torcida atleticana acredita em uma ótima temporada do Galo em 2020 e, quem sabe, o título brasileiro. Guilherme Arana enumera as principais características da equipe que fazem o torcedor ficar mais confiante.

“É um grupo muito forte. Temos um treinador muito capacitado, uma comissão muito capacitada também. Estamos treinando há um bom tempo e com a volta dos jogos a primeira impressão foi muito boa, por ter ficado um bom tempo sem jogar. Jogo após jogos vamos nos aperfeiçoando cada vez mais. O ponto forte do Atlético é que é um time, teoricamente, jovem, com muita velocidade e muita disposição. Quando perde a bola a gente tem que ter a mesma mentalidade de atacar, todos com vontade de pegar a bola de novo para chegar ao gol do adversário, essa é a nossa qualidade”.

O Atlético se reapresentou nesta quinta-feira (6) pela manhã para um treino regenerativo após a vitória por 3 a 0 sobre o América, na semifinal do Estadual. A curiosidade da partida contra o Flamengo é que, pela primeira vez em 2020, o Galo vai enfrentar uma equipe da série A do Brasil. Os tradicionais rivais estaduais América e Cruzeiro estão na série B. Pela Copa do Brasil, o Galo foi eliminado na segunda fase pelo Afogados (PE). Na Copa Sul-Americana, ainda pela primeira fase, o Atlético não passou pelo Unión Santa Fe, da Argentina.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Marcelo Lomba garante empate do Inter contra o São Paulo no Brasileiro

Publicado


.
Em noite inspirada do goleiro Marcelo Lomba, o Internacional segurou o São Paulo, com um jogador a menos, por mais de 30 minutos, e saiu do Beira-Rio com o empate em 1 a 1. Com o resultado, o Colorado deixou escapar a oportunidade de alcançar a liderança da Série A do Campeonato Brasileiro, e agora soma 21 pontos, permanecendo na segunda posição. O Tricolor dorme na terceira colocação, com 19 pontos.

O jogo começou muito equilibrado, com as duas equipes chegando com perigo ao ataque. Quem abriu o placar foi o Internacional, aos 19 minutos. Moisés avançou com liberdade pela esquerda e cruzou na medida para Thiago Galhardo. O camisa 17 subiu entre os dois zagueiros do Tricolor e, de cabeça, marcou o primeiro. Foi o nono gol do artilheiro do Brasileirão.

O São Paulo não sentiu o revés e partiu para cima. O empate veio aos 25 minutos. Reinaldo cobrou falta pela direita de ataque, Pablo desviou de cabeça e Luciano, de coxa, arrematou para o fundo das redes do Inter. O ritmo do jogo caiu depois do gol do Tricolor, e as duas equipes foram para o intervalo com o 1 a 1 no placar.

O segundo tempo começou com o São Paulo controlando as ações e levando muito perigo. Marcelo Lomba teve que fazer duas boas defesas nos primeiros minutos, uma em chute de Tchê Tchê e a segunda em cabeçada de Diego.

Aos 14 minutos, o Internacional praticamente perdeu a possibilidade de vencer. Zé Gabriel fez falta violenta em Igor Gomes e recebeu o cartão vermelho. Com um a menos, o Colorado passou todo o restante do confronto na defesa para evitar a virada tricolor.

O São Paulo quase marcou aos 41 minutos. Igor Vinícius recebeu livre na área, pela direita e finalizou por baixo. Marcelo Lomba salvou o colorado e jogou a bola para escanteio.

Aos 49 minutos, o goleiro do Inter fez um milagre no Beira-Rio. Paulinho Boia cruzou pela direita na segunda trave. Daniel Alves apareceu para cabecear forte, no contrapé de Marcelo Lomba, que mostrou incrível reação para salvar o Colorado e garantir o empate em 1 a 1.

Ouça na Rádio Nacional

 

Na próxima rodada, o Inter faz o clássico com o Grêmio, sábado (03/10), às 17h, na Arena do Grêmio. O São Paulo enfrenta o Coritiba, domingo (04/10), às 16h, no Couto Pereira.

Além de Internacional e São Paulo, Athletico-PR e Bahia também entraram em campo neste sábado pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Furacão venceu por 1 a 0, com gol de Christian, aos 24 minutos do segundo tempo. O Esquadrão de Aço ainda perdeu um pênalti, com Clayson, defendido por Santos, aos 37 minutos.

Neste domingo (27), o Vasco enfrenta o Bragantino, às 11h, em São Januário. Às 18h15min teremos duas partidas: o Ceará recebe o Goiás, no Castelão, em Fortaleza (CE), e Atlético-GO e Botafogo duelam no Estádio Olímpico, em Goiânia. Este último será transmitido pela Rádio Nacional, a partir das 18h,  com narração de André Luiz Mendes, comentários de Mário Silva, reportagem de Maurício Costa e plantão de Bruno Mende. Acompanhe por aqui: 

Fechando o dia, Santos e Fortaleza entram em campo às 20h30min, na Vila Belmiro.  A grande dúvida para amanhã é confronto entre Palmeiras e Flamengo, inicialmente marcado para 16h, no Allianz Parque. Por enquanto, o jogo está suspenso pelo Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ).

A 12ª rodada termina apenas na segunda-feira (28), com o embate entre Fluminense e Coritiba, às 20h, no Maracanã.

Confira AQUI a tabela de classificação da Série A do Campeonato Brasileiro.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Continue lendo

Esportes

Série B: Paraná cede a empate contra Brasil de Pelotas no fim do jogo

Publicado


.

A 11ª rodada da Série B teve mais dois jogos no início no fim da tarde e início da noite deste sábado (26). Com pouca emoção e gols nos últimos momentos da partida, Brasil de Pelotas e Paraná empataram em 1 a 1, no Estádio Bento Freitas. Com o resultado, o Tricolor perdeu a oportunidade de assumir a liderança da Série B, ficando com 21 pontos, na segunda posição. O time gaúcho chegou aos 14 pontos e ocupa provisoriamente a 11ª colocação.

Em Salvador, o Vitória venceu o Oeste, de virada, por 3 a 1, no Barradão, em Salvador (BA). Com o resultado, o Rubro-Negro chegou a 17 pontos e, por enquanto, ocupa a sétima posição na tabela. O Oeste permanece na lanterna do campeonato, com apenas seis pontos em 11 partidas disputadas.

Emoção só no fim 

Jogando debaixo de chuva, Brasil de Pelotas e Paraná fizeram um jogo equilibrado, sem muitas chances claras de gol para as duas equipes. Tudo mudou nos momentos finais do segundo tempo. Aos 32 minutos, o Tricolor abriu o placar em um bom contra-ataque pela direita que terminou com a finalização precisa de Renan Bressan.

A chuva apertou e o Brasil conseguiu o empate. Aos 40 minutos, Rodrigo Ferreira soltou a bomba de fora da área, no cantinho direito de Alisson, para deixar tudo igual.

Na próxima rodada, o Paraná recebe a Chapecoense, terça-feira (29), às 21h30min, no Durival Britto, em Curitiba (PR). O Brasil de Pelotas pega o Confiança, quarta (30), às 16h30min, no Batistão, em Aracaju (SE).

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana