conecte-se conosco


Policial

Apreensão de drogas em Mato Grosso tem aumento de 25% e chega a 12 toneladas em nove meses

Publicado

Houve aumento de apreensões e queda de registros de tráfico e uso de entorpecentes

Mato Grosso tem ganhado destaque quando o assunto é o combate ao tráfico de drogas. De janeiro a setembro, o Estado aumentou em 25% a quantidade de entorpecentes apreendidos pelas forças de segurança, em comparação com o mesmo período do ano passado, além de apresentar redução de 14% nos registros de tráfico e uso de drogas.

Os dados são do Observatório da Segurança Pública, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). Até setembro, quase 12 toneladas de drogas foram apreendidas pelas forças de segurança do Estado. No mesmo período de 2019, este número era de 9,5 toneladas. Já em relação a soma do número de ocorrências de tráfico e uso de entorpecentes, no ano passado tiveram 5.100 registros, enquanto neste ano o número caiu para 4.399 ocorrências.

Se levar em consideração o número de apreensões de drogas por Região Integrada de Segurança Pública (RISP), a de Cáceres, que reúne 12 municípios da região Oeste, está no topo, com aumento de 637% das apreensões. Somente neste ano, a RISP 6 realizou a apreensão de 1,6 tonelada de drogas, enquanto em 2019 apenas 222 kg de entorpecentes foram apreendidos.

Inserido na RISP de Cáceres, o Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) tem ganhado destaque por sua atuação, principalmente na apreensão de entorpecentes. A este fator, o comandante do Gefron, tenente-coronel PM Fábio Ricas, atribui o apoio da Sesp e a participação de Mato Grosso na Operação Hórus, do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

“A Sesp tem respaldado nossa atuação, principalmente com relação a recursos financeiros, que possibilitam o aumento de efetivo nas operações. Outro fator é a participação de nosso estado na Operação Hórus, que ocorre nos estados que fazem fronteira com outros países com foco nos crimes transnacionais e tráfico de drogas”, destacou Ricas.

Para o comandante, a operação também possibilitou um reforço de efetivo não só do Gefron, mas também da Polícia Militar e da Polícia Judiciária Civil (PJC), propiciando uma maior e melhor atuação na faixa de fronteira.

Outras RISP’s como a de Juína, Primavera do Leste e Vila Rica, também apresentaram aumento na apreensão de entorpecentes, tendo como índices 313%, 219% e 108%, respectivamente. Na Risp de Cuiabá, o aumento foi de 42%, sendo 2,1 toneladas apreendidas em 2019 para 3 toneladas neste ano.

Para o delegado titular da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, este resultado já está evidente, principalmente nas investigações qualificadas que a PJC tem realizado ao longo do ano.

“Sem sombras de dúvidas, esses resultados são fruto de um novo modelo de política de Segurança Pública implantado nessa gestão. São dois fatores deste modelo que têm surtido efeito: o primeiro é o trabalho integrado entre as forças de segurança e o segundo ponto é a utilização das inteligências policiais, porque isso propicia que você esteja um passo à frente do traficante”, pontuou o titular da DRE.

Armas

A apreensão de armas em Mato Grosso se manteve praticamente estável, registrando aumento de 2%. Em 2019, 1.646 armas foram apreendidas e neste ano já foram 1.674 apreensões.
Entre as regionais que mais apresentaram aumento estão a de Água Boa (50%), Alta Floresta (47%), Barra do Garças (41%) e Tangará da Serra (25%).

 

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Homem desconfia de traição, segue esposa e mata suposto amante com 20 facadas

Publicado

Homicídio aconteceu na manhã deste sábado, no Centro de Campo Novo dos Parecis

Um homem de 38 anos, identificado como Leandro Alves de Teles, foi morto na manhã deste sábado (16), no Centro de Campo Novo do Parecis. De acordo com boletim de ocorrência, o suspeito desconfiava que a esposa tinha um caso com a vítima.

Leandro, que trabalhava como gerente, foi morto com mais de 20 facadas e o crime foi registrado por câmeras de seguranças instaladas na rua. As imagens são fortes e mostram o suspeito correndo atrás da vítima com uma faca. Em seguida, Leandro aparece novamente já cambaleando e cai em frente a uma loja do município. Mesmo com a vítima já caída, o suspeito continua dando as facadas.

Conforme a Polícia Militar, o homem seguiu a esposa na manhã deste sábado (16) quando teria visto ela e Leandro conversando. Depois de esfaquear a vítima, o suspeito fugiu do local, mas foi preso em flagrante momentos depois de cometer o crime. A Polícia Civil vai investigar o homicídio.

Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende em Pedra Preta motorista suspeito de furtar carga de soja

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um motorista de carreta suspeito de envolvimento no furto da carga de soja que transportava foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na madrugada deste sábado, durante trabalho investigativo realizado pela equipe da Delegacia de Pedra Preta. O suspeito foi autuado em flagrante por furto qualificado.

Durante a madrugada, os policiais da Delegacia de Pedra Preta receberam informações de que o motorista estava desaparecido desde às 12 horas e que o veículo estava nas proximidades da cidade.

Logo após o acionamento, os policiais foram até o local indicado, uma vez que havia a possibilidade do motorista ter sido feito de refém durante roubo. Durante as diligências, os investigadores localizaram o veículo que estava trancado, já sem a carga, e com as cortinas internas da cabine fechada.

Os policiais realizaram a abordagem, sendo o caminhão aberto pelo motorista, que relatou que havia sido roubado e que estava sem o seu aparelho celular. Durante a busca veicular, os investigadores localizaram a chave do veículo na ignição, o aparelho celular escondido dentro de um compartimento, além de documentos e dinheiro.

Questionado, o motorista apresentou diversas contradições e não conseguiu explicar o ocorrido. Em contato com a transportadora responsável, foi informado que a carga não chegou ao seu destino de descarregamento.

Diante dos fatos, o motorista foi conduzido à Delegacia de Pedra Preta, onde após ser interrogado, foi autuado em flagrante por furto qualificado.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana