conecte-se conosco


Esportes

Aposta de Renato, Pepê assume lugar de Cebolinha em ataque gremista

Publicado


.

Aos 23 anos, Eduardo Gabriel Aquino Cossa, ou simplesmente Pepê, tem, no Campeonato Brasileiro, a oportunidade que aguarda desde abril de 2016, quando trocou o clube de sua cidade natal, Foz do Iguaçu (PR), pelas categorias de base do Grêmio. Com Everton Cebolinha de saída para o Benfica, de Portugal, Pepê assume, de vez, a condição de titular no ataque do Tricolor Gaúcho.

A opção parecia ser a natural. O jovem, de 23 anos, tem características parecidas com as de Cebolinha, como velocidade e drible. Além disso, na temporada passada, mesmo sendo reserva na maior parte do tempo – saiu do banco 22 vezes nos 51 jogos que disputou -, foi o vice-artilheiro gremista, com 13 gols, superado justamente por Everton, que fez 20. Na última semana, Pepê renovou o vínculo com o Grêmio até 2024.

A estreia como real dono da posição foi na noite de ontem (9), na vitória por 1 a 0 sobre o Fluminense, na Arena do Grêmio, pela primeira rodada da competição (confira aqui a classificação). O jogador teve atuação somente regular segundo índices do SofaScore, site especializado em estatísticas esportivas, mas recebeu elogios do técnico Renato Portaluppi, após a partida.

“O Pepê está acostumado com o grupo, joga conosco há muito tempo e se comportou muito bem. Não é fácil substituir o Everton. Tenho certeza que, nessa sequência de jogos, ele tem muito a dar ainda. Ele tem muito para crescer e tem toda a minha confiança e a do grupo”, declarou o treinador.

Durante os 90 minutos, Pepê tocou 53 vezes na bola, com 86% de aproveitamento nos passes, um cruzamento (sem precisão), quatro tentativas de drible (duas bem sucedidas) e três finalizações, sendo uma no gol, uma para fora e outra bloqueada. O jogador praticamente não entrou na grande área durante a partida ou chegou à linha de fundo.

Assim como Everton, que é também destro, o atacante atuou pela esquerda, cortando para a direita na hora do chute. Foi o que fez nas duas oportunidades que teve, ambas no segundo tempo. Aos 24 minutos, encarou a marcação de quatro atletas do Fluminense e bateu da entrada da área, à esquerda do gol defendido por Muriel. Depois, aos 31, Pepê avançou pelo meio, recebeu do lateral Bruno Cortez e arrematou à meia altura, novamente à esquerda, forçando o goleiro do time carioca a se esticar e espalmar para escanteio.

O gol da vitória gremista saiu no fim do primeiro tempo, com o atacante Diego Souza, após um bate-rebate dentro da área. O Tricolor Gaúcho volta a campo na próxima quarta-feira (12), às 21h30 (horário de Brasília), contra o Ceará, em Fortaleza. No mesmo dia e horário, o Fluminense tenta a reabilitação no Brasileiro diante do Palmeiras, no Maracanã.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Luisa Stefani e Hayley Carter estão na final em Estrasburgo

Publicado


.

Ao lado da norte-americana Hayley Carter, a brasileira Luisa Stefani, 23 anos, garantiu, nesta quinta-feira (24), uma vaga na decisão do WTA International de Estrasburgo, na França.

A vaga na grande final, que será a quarta decisão de WTA Internacional da carreira da dupla, veio com a vitória sobre a canadense Gabriela Dabrowski e a letã Jelena Ostapenko. A conquista em sets diretos (6/4, 6/3) foi uma revanche já que as rivais desta quinta haviam eliminado a brasileira e a norte-americana no Aberto da Austrália deste ano.

As rivais da final, prevista para sábado, saem do duelo entre a americana Nicole Melichar e a holandesa Demi Schuurs, e a cabeça de chave 3, as japonesas Shuko Aoyama e Ena Shibahara.

Esta é a quarta final de WTA International da carreira de Luisa. Ao lado da americana Carter, ela tem dois títulos, em Tashkent e em Lexington. A brasileira já atinge a posição 32 no ranking de duplas.

 

 

Edição: Lílian Beraldo

Continue lendo

Esportes

Libertadores: Líder do Grupo G, Santos enfrenta o Delfín no Equador

Publicado


.

O Santos fecha nesta quinta-feira (24) a participação dos clubes brasileiros na quarta rodada da Fase de Grupos da Copa Libertadores. O Peixe vai encarar o Delfín (EQU) fora de casa, no Estádio Jocay, na cidade de Manta, no Equador, às 23h (horário de Brasília). O time brasileiro é o primeiro colocado do Grupo G, com sete pontos conquistados. Enquanto os equatorianos são o quarto, com um ponto na tabela de classificação.

Se a equipe da Vila Belmiro vencer na noite de hoje (24), nas duas rodadas restantes da Fase de Grupos, basta somar um ponto para assegurar a vaga para as oitavas de final. 

O outro confronto do Grupo G válido pela quarta rodada, aconteceu ontem (23). O Defensa y Justicia (ARG) venceu o Olimpia (PAR) por 2 a 1 na capital Buenos Aires, na Argentina. Com esse resultado, os argentinos alcançaram a vice-colocação, com seis pontos conquistados. Já os paraguaios, com cinco, ocupam a terceira posição. 

A equipe da Vila Belmiro permanece invicta na competição. Nos três primeiros confrontos disputados até o momento, foram duas vitórias e um empate. No Campeonato Brasileiro, os santistas aparecem na oitava colocação. Do outro lado, o Delfín busca a sua primeira vitória na Libertadores, em três jogos, empatou um e perdeu dois. No Campeonato Equatoriano, o adversário dos paulistas é o nono colocado.

Na terceira participação na Libertadores, o Delfín busca avançar pela primeira vez às oitavas de final. Em 2018 foi eliminado na Fase de Grupos, terminando a participação na lanterna do grupo. Já em 2019 parou na Segunda Fase, que é classificatória para a Fase Grupos.

Edição: Fernando Fraga

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana