conecte-se conosco


Esportes

Após polêmica e fuga de patrocinadores, Operário de Várzea Grande desiste de contratar goleiro Bruno

Publicado

Onda de manifestações contrárias culminou com desistência do CEOV em contratar o goleiro

A diretoria do Clube Esportivo Operário Várzea-Grandense (CEOV) informou na tarde desta quarta-feira (22), que não irá mais contratar o goleiro Bruno Fernandes, condenado a mais de 20 anos de prisão pelo sequestro, assassinato e ocultação do cadáver de Eliza Samudio, em 2010.

Bruno havia recebido autorização para atuar em Mato Grosso no último dia 17 por meio de decisão do juiz da Vara de Execução em Meio Aberto e Medidas Alternativas da Comarca de Varginha, em Minas Gerais, Tarciso Moreira de Souza.

A contratação de Bruno para o time tricolor várzea-grandense gerou polêmica desde que as negociações foram reveladas no início deste mês. Na noite de ontem, um grupo de mulheres esteve em frente ao Estádio Vereador Dito Souza, em Várzea Grande, para protestar pela não vinda do atleta. O protesto, com faixas, cartazes e gritos de guerra, aconteceu enquanto o time se preparava para entrar em campo pela estreia no Campeonato Mato-grossense contra o Poconé. O interesse pelo goleiro ainda fez com que a cooperativa de crédito Sicredi e a Eletromóveis Martinello retirassem as suas marcas da camisa do Operário.

Bruno foi preso em setembro de 2010 e condenado em março de 2013 pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samudio, pelo sequestro e cárcere privado do filho Bruninho. Ele também havia sido condenado por ocultação de cadáver, mas esta pena foi extinta, porque a Justiça entendeu que o crime prescreveu sem ser julgado em segunda instância.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

Com dispensas e reforços, Mixto se prepara para Clássico Vovô

Publicado

ÉRICA COSTA

À beira do poço, com quatro pontos e na vice-lanterna, em nona posição na tabela, o Mixto não pode mais reclamar de tempo para buscar uma reação e consequentemente a classificação. O desafio é diante do Dom Bosco pela 7ª rodada do Campeonato Mato-grossense.
O time tem três compromissos muito difíceis pela frente (Em casa, Dom Bosco, Poconé e Luverdense – fora), mas o técnico Carlinhos Alves crê na reabilitação, após a derrota diante do Sinop, 3 a 1, na sua estreia, quando teve apenas tempo de conhecer “pessoalmente” o elenco.
Com a chegada dos atacantes Daisson e Mateus e mais o meia Michel, o plantel se reforçou e o técnico tem ainda mais esta semana para preparar o time que joga na Arena Pantanal (praticamente em casa) no Clássico Vovô diante do Dom Boco, que é o oitavo na classificação e tem oito pontos. É um time perigoso, e vem de um empate com o Operário, partida disputada pela 6ª rodada, no piscinão do Dito Souza.
-“Estamos trabalhando firmes, as contratações que chegaram, e espero que esses jogadores se adaptem o mais rápido possível para que tenhamos a evolução pretendida e posamos passar para a fase seguinte”, disse Carlinhos.

Continue lendo

Esportes

PEC x Cuiabá- Clássico no Beco Falcão define liderança e posição no G4

Publicado

JORGE MACIEL
25/02/2020
Seguindo a folga proporcionada pelo período carnavalesco, o técnico continua treinando em dois períodos para encarar o líder Cuiabá, em jogo agendado para este domingo, dia 1, às 15 horas, no Neco Falcão, pela 7ª rodada do Campeonato Mato-grossense. 
 
A partida é encarada pelos torcedores da cidade de Poconé como o um duelo de Davi e Golias, comparando-se a estrutura dos dois clubes. Mas o técnico Hugo Alcântara diz que será um jogo duro, mas não impossível de vencer. “Sabemos que é uma tarefa muito complicada, mas vamos jogar para vencercomo estamos fazendo em todos os jogos”, afirmoui.
Nesta semana, o técnico teve uma boa notícia: o lateral esquerdo Maikon e o volante Dourado estão recuperados, seguem treinando sob observação e devem ser escalados para o que ele considera um dos jogos mais difíceis desta fase: o duelo com o Cuiabá.
O  PEC ainda tem um problema extra. Os goleiros João Pantaneiro e Paulo Henrique continuam em tratamento, mas um dos dois deve ser relacionado para o jogo para o qual a diretoria pantaneira está convocando a torcida para prestigiar o time que vem fazendo uma boa campanha.
O Poconé está na sexta posição da tabela, com duas vitórias, um empate e três derrotas, e uma vitória contra o líder o colocaria, a depender de outros resultados, no G4, ou muito perto dos quatro da ponta superior.
 
Cuiabá foca nos treinos
Líder isolado com 16 pontos, o Cuiabá voltou aos treinos nesta segunda-feira para enfrentar o PEC, que em seus domínios é um time muito forte, como acredita o técnico dourado, Marcelo Chamusca.
O Dourado não jogou no final de semana, mas foi beneficiado pelo empate entre União e Sinop, que segurou o time de Rondonópolis nos 14 pontos, deixando o Cuiabá de forma isolada na liderança do Estadual, com 16 pontos ganhos, faltando apenas três rodadas para o final da fase de classificação.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana