conecte-se conosco


COVID-19

Após madrugar em SP, governador acompanha vacinação de sete profissionais da saúde contra a Covid-19 em MT

Publicado

“Alegria saber que esta tragédia está chegando ao fim”, diz 1ª vacinada ao lado do governador, Mauro Mendes, além da primeira-dama, Virgínia Mendes

O sonho, enfim, virou realidade. A primeira dose da vacina CoronaVac, contra o novo coronavírus (Covid-19), foi aplicada na noite desta segunda-feira (18) na técnica de enfermagem do Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, Luiza Batista de Almeida Silva, de 43 anos.

“Não tem o que definir, não tem palavras para definir. É muita alegria saber que está chegando ao fim toda essa tristeza, toda essa tragédia. Com certeza vai ser esperança para todos nós, para todas essas tristezas que está tendo, todas essas tragédias. Tenho certeza que aos poucos tudo voltará ao normal”, falou emocionada, Luiza Batista.

O governador, Mauro Mendes (DEM), que madrugou em São Paulo, para receber pessoalmente os lotes da vacina Coronavac, a qual Mato Grosso tinha direito, acompanhou a imunização na unidade hospitalar.

Acompanhado da primeira-dama, Virgínia Mendes, além dos secretários de Saúde, Gilberto Figueredo e, Mauro Carvalho, Casa Civil, o governador destacou o feito como um dia histórico para a ciência. “Amanhã mesmo estaremos encaminhando as doses da vacina aos demais municípios. É um imunizante seguro e eficaz para controlarmos esta pandemia que já tirou tantas vidas”, lembrou Mendes.

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat (MDB), ressaltou a importância da “cidade industrial” ter sido o primeiro município do estado a receber o imunizante chinês. “Até porque o Hospital que regula, que atende toda a demanda, que está específico para o Covid é aqui na Varzea Grande. Nada mais justo do que começar pelo Hospital Metropolitano”, comemorou Kalil.

Veja os nomes dos sete profissionais de saúde vacinados, em Mato Grosso. Eles atuam na linha de frente do combate a pandemia no Hospital Metropolitano, Samu, Santa Casa e Adauto Botelho. São eles:

Luiza Batista de Almeida, técnica de enfermagem do Metropolitano; Angelina Galvan, técnica em enfermagem do Metropolitano; Luciele Benin, enfermeira do Samu; Dante Miraglia, fisioterapeuta Santa Casa; Rosângela Ushizima, enfermeira do Adauto Botelho; Joel Rodrigues da Silva, enfermeiro da Santa Casa; Carla Marques Rondon Campos, médica do Centro de Referência de Imuno Biológico Especial.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COVID-19

Se passar em plenário da AL, governo estadual será obrigado a fornecer a lista de vacinados diariamente

Publicado

O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) é o autor do projeto de lei (PL 130/2021) que obriga o governo do Estado a informar diariamente a relação dos vacinados contra o novo coronavírus  (Covid-19).

Pela proposta, a Secretaria de Estado de Saúde deverá publicar diariamente, até às 19h, a relação dos vacinados contendo informações como nome completo, CPF, data da vacina, local de vacinação, grupo prioritário, lotação, cargo e função.

O parlamentar explica que a proposta é reforçar a transparência, principalmente nas primeiras fases de imunização contra o novo coronavírus – COVID-19, que deve ser aos grupos prioritários.

“Em todo país estamos vendo diariamente denúncias de que pessoas que não fazer parte da linha de frente estão sendo vacinadas, ou seja, furando fila. A transparência pelo poder público deve ser ampliada”, afirma.

Em Mato Grosso, o Ministério Público Estadual (MPE) mantém aberta investigação que apura a suspeita de irregularidades na fila de vacinação para a Covid-19 em 31 municípios.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) tem cobrado do governo do estado e dos municípios a ordem cronológica daqueles que serão vacinados para impedir privilégios ilegais.

Continue lendo

COVID-19

Sábado: novos casos passam de 370, com 21 mortes e taxa de ocupação de UTI supera 74%

Publicado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (20.02), 241.458  casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 5.615 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 373 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 241.458  casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 7.992 estão em isolamento domiciliar e 226.733 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 325 internações em UTIs públicas e 315 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 74,20% para UTIs adulto e em 36% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (51.610), Rondonópolis (18.085), Várzea Grande (15.292), Sinop (12.486), Sorriso (10.120), Tangará da Serra (9.814), Lucas do Rio Verde (9.096), Primavera do Leste (7.151), Cáceres (5.399) e Nova Mutum (4.965).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 208.311 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 798 amostras em análise laboratorial.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana