conecte-se conosco


Política MT

Após cobrança, Defensoria Pública assegura retomar trabalhos em Juscimeira e Dom Aquino

Publicado

Foto: JOSÉ MARQUES

Os trabalhos das defensorias públicas de Juscimeira e Dom Aquino poderão ser retomados nos próximos meses, após cobrança do deputado Max Russi (PSB), realizada nessa segunda-feira (7). A informação foi repassada ao parlamentar pelo defensor público geral, Clodoaldo Aparecido Gonçalves, e pelo diretor geral da Defensoria Pública de Mato Grosso, Rodrigo de Arruda Sá.

As defensorias de ambos os municípios estão com as atividades interrompidas, dificultando o acesso da população, que necessita desse tipo de serviço. No caso de Dom Aquino, as demandas não são mais atendidas no município há quase um ano.

“Os trabalhos estão sendo direcionada à Defensoria Pública de Jaciara, que fica a 28 quilômetros de Dom Aquino. Um verdadeiro transtorno para quem precisa desse atendimento. Por isso, fui pessoalmente fazer essa cobrança”, justificou Russi.

Já no caso de Juscimeira, conforme o prefeito Moisés dos Santos, são mais de 4 meses sem a prestação do serviço, que também precisa ser redirecionado para a Defensoria Pública da cidade vizinha.

“A alegação principal da paralisação é devido à falta de pessoal. Eu fico numa boa expectativa quanto a essa gestão do deputado Max junto à Defensoria do Estado, para que assim possamos retomar esse trabalho de justiça social”, ressaltou.

O deputado Max Russi considera o atendimento das defensorias públicas de extrema importância e garantiu acompanhar os encaminhamentos até que a assistência jurídica dos municípios seja retomada.

“Os maiores prejudicados são justamente às pessoas com menor poder aquisitivo, que não podem pagar a um advogado particular. Muitas acabam tendo gastos extras, para se dirigir até outra cidade que tenha uma defensoria e ainda correm o risco de ficarem desassistidas”, complementou.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão em Mato Grosso em inquérito sobre fake news contra o STF

Publicado

Também são cumpridos mandados em SP, RJ, SC, PR e Brasília

A Polícia Federal cumpre na manhã desta quarta-feira (27), mandados judiciais de busca e apreensão no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) que investiga produção de notícias falsas. Mato Grosso é um dos alvos da operação, além de outros 5 estados brasileiros.

As informações são preliminares, mas confirmadas pela assessoria de comunicação da PF. Ao todo, 29 mandados estão sendo cumpridos no Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina.

A investigação é conduzida pelo ministro Alexandre de Moraes e tramitam em sigilo. Ela foi instaurada quando os ministros do STF passaram a ser vítimas de notícias falsas espalhadas pela internet, bem como vítimas de ameaças e ataques. Por enquanto, não há informações de locais onde os mandados foram cumpridos em Mato Grosso.

Entre os alvos estão o ex-deputado federal Roberto Jefferson, o empresário Luciano Hang, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP) e blogueiro Allan dos Santos. Os quatro são aliados do presidente Jair Bolsonaro.

Continue lendo

Política MT

Cuiabá anuncia medidas de enfrentamento ao novo coronavírus na quinta-feira

Publicado

Redes sociais serão empregadas para divulgação das ações [F- Luiz Alves]

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, realiza nesta quinta-feira (28), às 9h30, uma nova transmissão virtual para falar sobre as novas medidas de enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19) implantadas na Capital.

Desde o início da pandemia, a Prefeitura de Cuiabá vem adotando uma série de medidas para conter a propagação do contágio do vírus, como a obrigatoriedade ao uso de máscaras artesanais ou cirúrgicas, a prorrogação por mais 90 dias na interrupção do fornecimento de água dos consumidores inadimplentes, a instalação de  lavatórios populares para higienização das mãos em pontos estratégicos da cidade seguindo os protocolos de segurança da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministérios da Saúde.

O pronunciamento pode ser conferido pelas redes sociais Facebook (https://www.facebook.com/search/top/?q=emanuel%20pinheiro) e Instagram (https://www.instagram.com/emanuelpinheiromt/?hl=pt-br).

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana