conecte-se conosco


Esportes

Após 9 anos, ela voltou! Larissa Riquelme vem ao Brasil “mais madura e gostosa”

Publicado

Modelo paraguaia Larissa Riquelme
Arquivo pessoal

Modelo paraguaia Larissa Riquelme

Quem não se lembra do surgimento de Larissa Riquelme na Copa do Mundo de 2010, realizada na África do Sul, quando a bela paraguaia aparecia torcendo fervorosamente pela seleção do seu país com um aparelho celular no decote, entre os seios.

Leia também: Veja como será a Cerimônia de Abertura da Copa América, no Morumbi

Larissa Riquelme  se tornou um fenômeno, ficou conhecida como a musa daquele Mundial e ainda carrega a fama de quando apareceu para o mundo, há nove anos.

O tempo passou e, agora em 2019, ela está de volta. Mas num estilo bem mais comportado. Em entrevista exclusiva ao iG Esporte , a paraguaia revelou que estará no Brasil para Copa América e se mostrou bastante empolgada por retornar à sua “segunda casa”.

“Vou viver essa emoção, essa adrenalina, essa paixão, a combinação perfeita entre beleza e futebol. Saio na terça-feira (18) aqui do Paraguai, faço uma escala em São Paulo e depois vou para Belo Horizonte. Vou com minha mãe a convite de empresas muito grandes na qual eu já trabalho há muitos anos, que vão me patrocinar”, contou.

Modelo paraguaia Larissa Riquelme
Arquivo pessoal

Modelo paraguaia Larissa Riquelme

Larissa estará presente no estádio do Mineirão para acompanhar o duelo entre Paraguai e Argentina, na segunda rodada da competição. Ela pretende seguir em território brasileiro nos dias posteriores e acompanhar o jogo do seu país diante da Colômbia, em Salvador.

“O que eu mais gosto é poder recordar isso depois de nove anos. Para mim é importante, me emociona, ms sinto feliz, contente. É uma Larissa nova, renovada, mais madura, uma “namorada” mais madura e mais gostosa. É como diz o ditado: quanto mais velho o vinho, mais saboroso ele é, mais rico”, brincou a musa.

Leia Também:  Cristiano Ronaldo “vai para cima” de policial após invasão de fã em treino; veja

Leia também: Larissa Riquelme está de volta como “namorada” de time; veja fotos da musa

Atualmentem Larissa Riquelme trabalha como modelo publicitária e “digital influencer” em redes sociais, representajnto várias marcas internacionais e nacionais. E também está em um programa de televisão chamado “KP”, que na tradução seria algo como “amigo”, que vai ao ar aos sábados e domingos no Paraguai.

Larissa Riquelme%2C musa da Copa do Mundo de 2010
Divulgação

Larissa Riquelme, musa da Copa do Mundo de 2010

“Estou trabalhando demais, por isso faço poucas viagens. Tanto que me divido em pequenos pedacinhos. E por isso estou bastante feliz de poder voltar à minha segunda casa, que é o Brasil. Eu sou apaixonada pelo Brasil. Eu adoro quando os brasileiros falam o português”, disse, sorrindo.

“Estou feliz porque confiaram na minha imagem, confiaram em mim, confiaram em Larissa Riquelme. E para mim é algo importante. É uma grande satisfação poder viver isso, ainda mais torcendo pela minha seleção. O coração vai bater forte por Paraguai. Fico encantada”, continuou.

No passado, Larissa chegou a posar nua em algumas revistas masculinas – inclusive no Brasil, como Playboy e Sexy -, mas ultimamente adotou um estilo mais reservado. “Quando eu falo de uma Larissa mais madura, eu falo de uma Larissa muito mais gostosa”, avisou.

“Mas sigo sendo a Larissa de sempre. Hoje me considero com um corpo melhor, me sinto mais linda que antes. Nas minhas redes sociais, como eu trabalho com empresas grandes, é capaz de eu não expor muito o corpo. Mas continuo sendo sensual e sexy”, garantiu.

Leia Também:  Maradona pede demissão de time mexicano por problemas de saúde

Nos passos de Larissa

Modelo paraguaia Larissa Riquelme
Divulgação/Playboy

Modelo paraguaia Larissa Riquelme

Depois do sucesso que Larissa Riquelme conquistou na Copa de 2010, algumas modelos pelo mundo tentaram seguir os passos da paraguaia, tentando ganhar fama em cima de alguma competição importante. 

Leia também: Candidatas a ‘musa da Copa’ desafiam o ridículo para ser nova Larissa Riquelme

“Muitas tentaram se sobressair aproveitando o futebol, imitando, talvez, a ação que eu fiz inconscientemente em 2010. Obviamente que foi viral, saiu em todas as mídias, me elegeram a musa do mundial. E, depois disso, muitas tentaram seguir os mesmos passos. Mas acho que nenhuma delas conseguiu causar tanto reboliço como eu causei”, comentou.

“Sinceramente, acho que marquei história na questão de beleza no futebol. E eu fico feliz com isso, porque muitas meninas viram que tinham potencial em querer ser Larissa Riquelme. Algumas até se auto-intitulam: ‘Eu sou musa disso, daquilo’. Mas não é um concurso de beleza, é simplesmente sentir a paixão que se tem por um clube ou uma seleção. Algumas dessas meninas nem sabem quantos jogadores entram em campo”, brincou.

Modelo paraguaia Larissa Riquelme
Reprodução

Modelo paraguaia Larissa Riquelme

Segundo Larissa, estourar para o mundo do jeito que aconteceu foi importante até para ajudar seus familiares. 

“Espero que eu siga marcando essa tendência e essa paixão, que, no meu caso, me levou para cima, onde pude proporcionar uma vida melhor para minha família e mostrar o amor que tenho pelo Paraguai. Foi um sonho cumprido”, contou.

“Desejo muita sorte ao Brasil na Copa América. É um dos times mais fortes do mundo, como a história mostra e isso vai acontecer sempre. Espero que vá bem e que, em algum momento, encontrei o Paraguai na competição. O jogo entre meus dois amores, Paraguai e Brasil”, finalizou Larissa Riquelme .

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

Cuiabá 2 x 0 Oeste-SP: Dourado reencontra a vitória após 4 jogos e sobe 2 posições na tabela

Publicado

Após quatro jogos longe das vitórias, o Cuiabá voltou a conquistar um resultado positivo para se manter na briga pelo G4 do Campeonato Brasileiro da Série B. Jogando na Arena Pantanal, o time mato-grossense fez jus ao fator casa e não teve problemas para vencer o Oeste, pelo placar de 2 a 0. Ednei e Rodolfo, de pênalti, marcaram os dois gols do duelo, ambos no primeiro tempo.

Com o resultado, o Cuiabá ganhou duas posições na tabela e agora aparece na sétima colocação com 35 pontos – um atrás do quarto colocado CRB, que é o primeiro time dentro da zona de acesso e tem 36. Já o Oeste vive uma situação totalmente diferente, isso porque voltou a ser derrotado após duas vitórias seguidas. Com 26 pontos, a equipe paulista aparece na 14ª colocação e está a apenas dois pontos da zona de rebaixamento.

Ednei é abraço após gol que ajudou na vitória do Dourado, em casa, neste sábado/ Fotos: Ascom Cuiabá

PRIMEIRO TEMPO A partida começou bastante truncada no meio-campo, com as duas equipes trocando passes no meio-campo e buscando espaço para chegar com perigo ao gol adversário. Tanto que a primeira chance real de gol aconteceu apenas aos 28 minutos. Toty avançou pela direita e cruzou para Rodolfo, que testou firme, mas a bola explodiu na trave, perdendo uma grande chance para o Cuiabá. Porém no lance seguinte, os donos da casa conseguiram tirar o zero do placar.

Leia Também:  Série D: dois jogos do Atlético Cearense adiados em trinta minutos

Anderson Conceição invadiu a área e foi puxado pelo zagueiro Caetano. Ligado no lance, o árbitro marcou pênalti. Rodolfo foi para a cobrança e não desperdiçou, chutando no meio do gol. Depois disso, o Cuiabá não perdeu tempo e dois minutos depois ampliou o placar. Paulinho cobrou falta na área e encontrou Ednei, que raspou de cabeça e mandou a bola para o fundo das redes. Nos minutos finais, o Oeste tentou responder e criou duas boas chances com Mazinho e Thiaguinho, mas o primeiro tempo terminou mesmo com a vitória parcial do time mandante.

SEGUNDO TEMPO Na segunda etapa, o Oeste voltou focado em diminuir o marcador para quem sabe chegar ao empate e fez pressão na área adversária. Logo aos doos minutos, Alyson fez boa jogada pela esquerda, invadiu a área, limpou os marcadores e chutou firme, mesmo sem ângulo, obrigando o goleiro Victor Souza a se esticar todo para fazer a defesa. Já aos 10 foi a vez de Cicinho ter uma boa chance. Mazinho apareceu na linha de fundo e rolou para trás. O lateral chegou chutando mas a bola acabou saindo por cima do gol.

Leia Também:  Atleta sofre com diarreia durante meia maratona: “Eu não aguentava o cheiro”

A partir daí, o ritmo do time visitante caiu um pouco e o duelo voltou a ficar equilibrado no meio-campo. Tanto que muitas faltas aconteceram e cinco jogadores receberam cartões amarelos. Nas jogadas de ataque, enquanto o Oeste buscava o gol de honra, o Cuiabá tentava segurar a bola perto do gol adversário para assegurar a vitória. E assim aconteceu até o apito final. Até por conta disso, o duelo terminou mesmo com a vitória do Cuiabá pelo placar de 2 a 0.

PRÓXIMOS JOGOS O Oeste já volta a campo na próxima terça-feira (24) quando faz um clássico do interior paulista contra o São Bento, na Arena Barueri, ás 20h30. Já o Cuiabá teve seu jogo da 24ª rodada contra o Coritiba adiado, por conta das más condições do gramado da Arena Pantanal. Uma nova data deve ser marcada em breve pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Continue lendo

Esportes

Copa Verde: Cuiabá perde do Goiás, mas pode reverter situação na volta, dia 2, em Cuiabá

Publicado

O Cuiabá tem a chance, ainda, de decidir a vaga em casa

JORGE MACIEL

Um gol do uruguaio Leandro Barcia, no segudo tempo, deu vantagem ao Goiás, que abriu vantagem no confronto de ida pelas semifinais da Copa Verde. O placar foi de 1 a 0, em jogo realizado na noite desta quarta-feira (18), no Estádio Hailé Pinheiro, a Serrinha.

O Cuiabá até que foi perigoso em parte do jogo, mas o Esmeraldino se mostrou mais objetivo. A jogada do gol do Verdão veio em uma cobrança de falta de Thalles – bola na cabeça de Leandro Barcia e depois para as redes do time mato-grossense, aos 14 minutos do 2º Tempo.

O jogo de volta está programado para o dia 2 de outubro na Arena Pantanal,  em Cuiabá. O time esmeraldino joga pelo empate para chegar à decisão.

Na outra semifinais, terá dois jogos entre Paysandu e Remo.

Ficha Técnica – Goiás 1×0 Cuiabá

Local – Estádio Hailé Pinheiro

Renda – R$ 12.540,00

Público – 1.463 pagantes

Leia Também:  Série D: dois jogos do Atlético Cearense adiados em trinta minutos

Arbitro: Felipe Duarte (ES)

Assistência: Leonardo Mendonça (ES) e Ramires Santos (ES)

Goiás – Marcelo Rangel; Kevin, Heron, Iago Mendonça e Jefferson; Breno, Geovane, Renatinho (Kaio)) e Allan Ruschel (Thalles); Rafinha (Zeca) e Leandro Barcia. Técnico: Ney Franco

Cuiabá – Victor Souza; Toty, Leandro Souza (Léo), Anderson Conceição e Paulinho; Marino, Moisés, Rodolfo e Todinho; Jefinho (Escudero) e Mateus Anderson. Técnico: Itamar Schulle

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana