conecte-se conosco


Geral

Após 16 dias, bloqueio termina e acesso à Bolívia pela fronteira com Mato Grosso é totalmente liberado

Publicado

Bloqueio da fronteira chegou ao fim na manhã desta quarta-feira

Terminou, na manhã desta quarta-feira (13), o bloqueio na região de fronteira entre Brasil (Cáceres) e Bolívia (San Mathias). A entrada e saída de pessoas estavam impedidas devido à manifestação de bolivianos, que durou 21 dias. A fronteira foi bloqueada no último dia 28 de outubro.

A partir das 7h, o trânsito foi liberado, e os interessados em entrar no país vizinho já podem voltar a utilizar o acesso oficial por Cáceres (214 km a Oeste de Cuiabá).

O comandante do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), tenente-coronel PM Fábio Ricas, ressaltou que neste período foi feito todo o acompanhamento da situação, sem nenhum registro de ocorrência grave. “Ficamos atentos a qualquer movimentação e preparados para intervir, caso fosse necessário, mas tudo ocorreu dentro da normalidade”.

Os manifestantes estavam permitindo apenas o acesso de ambulâncias e veículos que estivessem prestando socorro a alguma vítima. O Gefron esteve atento à região de Corixa, localizada a poucos metros do bloqueio, bem como no Posto do Limão (base do grupamento), localizado na BR-070, com o objetivo de evitar incidentes.

A crise na Bolívia

A tensão política na Bolívia motivou manifestações, a partir de 21 de outubro, em função de indícios de fraude no processo eleitoral. O presidente Evo Morales renunciou ao mandato, mas existe a possibilidade de a Câmara dos Deputados declarar desconhecimento da carta de renúncia e fazer com que o presidente reassuma.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

MT tem 28 mortes em 24hs e atinge 1.105 óbitos por Covid; total de infectados é de 29.279 e ocupação em UTI é de 89%

Publicado


Há 247 internações em UTI e 350 em enfermaria; taxa de ocupação de enfermaria é de 51,4%

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (13), 29.279 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso e um total de 1.105 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado, sendo 28 mortes nas últimas 24 horas.

Nas últimas 24 horas, surgiram 488 novas confirmações no Estado. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 247 internações em UTI e 350 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 89,8% para UTIs e em 51,4% para enfermarias.

O documento ainda aponta que um total de 31.383 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.637 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Atualização do sistema

A Secretaria anunciou, na última sexta-feira (10), a migração entre sistemas que armazenam os dados relativos à Covid-19 em Mato Grosso. A transição de informações já foi concluída e, a partir desta segunda-feira (13), os números dos últimos quatro dias passam a ser inseridos à nova plataforma. Diante do processo de migração, os dados do sistema antigo ficaram defasados e o novo banco requer a inserção de informações muito recentes, ainda não inclusas.

Por essa razão, o Boletim Informativo de hoje não detalhará os casos por município, de forma a evitar qualquer inconsistência numérica; o documento apresentará o total de casos confirmados, óbitos e taxas de ocupação hospitalar. A partir de terça-feira (14), os municípios que sinalizarem a atualização total de casos junto ao novo sistema já serão mencionados em Boletim, com o detalhamento convencional.

Cenário nacional

Nesta segunda-feira (13), o Governo Federal confirmou 1.884.967 casos da Covid-19 no Brasil e 72.833 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 72.100 óbitos e 1.864.681 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

 

 

 

 

Continue lendo

Geral

Técnica de enfermagem morre de coronavírus em Várzea Grande

Publicado

A técnica de enfermagem foi uma das primeiras servidoras da instituição hospitalar inaugurada na década de 1980

G1-MT – A técnica de enfermagem aposentada Zilza de Moura morreu nesta segunda-feira (13) vítima de Covid-19 em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. O Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus (COVID 19) e a Secretaria de Saúde e a Direção do Hospital Pronto Socorro Municipal confirmaram o falecimento da servidora.

A técnica de enfermagem foi uma das primeiras servidoras da instituição hospitalar inaugurada na década de 1980 pelo então prefeito, hoje senador da República, Jayme Veríssimo de Campos, e estava aposentada, mas sempre prestou relevantes serviços à instituição hospitalar, à cidade e à população de Várzea Grande.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana