conecte-se conosco


Internacional

Apesar de derrota nas urnas, Macri acredita que pode reverter situação

Publicado

Após as eleições primárias do domingo (11) apontarem uma vitória em primeiro turno de Alberto Fernández e Cristina Kirchner, o presidente Mauricio Macri manteve o tom de campanha, disse que ainda é possível reverter a situação e levar as eleições a um segundo turno. Ontem (12),  o mercado reagiu ao resultado das primárias argentinas. O dólar disparou, chegando a custar 60 pesos argentinos.  

As eleições gerais ocorrerão no dia 27 de outubro. Nas primárias, que servem como uma pesquisa nacional, a chapa de Alberto Fernández e Cristina Kirchner obteve 47% dos votos, contra 32% de Macri.

Para vencer em primeiro turno, Fernández precisa conseguir 45% dos votos ou 40% e dez pontos de vantagem em relação ao segundo colocado.

O atual presidente, em uma coletiva de imprensa na Casa Rosada, disse que acredita que vai levar as eleições a um segundo turno. “Vamos reverter a eleição. A mudança vai continuar”, disse.

Quanto ao resultado negativo dos mercados e a subida do dólar, o presidente demonstrou preocupação. “Isso é apenas uma mostra do que pode acontecer. O mundo vê isso [a vitória da oposição] como o fim da Argentina”.

Leia Também:  Uruguai anuncia saída do Tiar após resolução contra a Venezuela

Crise argentina

Independentemente do vencedor nas eleições gerais do dia 27 de outubro, o próximo presidente herdará um país com uma economia em recessão, com alta taxa de inflação (fechou 2018 em 47% e o primeiro semestre de 2019 em 22%) e com 32% dos argentinos na pobreza. 

Além disso, o eleito no próximo pleito ainda deverá cuidar da relação com o Fundo Monetário Internacional (FMI), com quem o país firmou uma série de compromissos em troca de um empréstimo de US$ 57 bilhões.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Internacional
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Internacional

Casos de infecção por novo coronavírus passam de 2.700 na China

Publicado

Autoridades de saúde da China informam que o número de pessoas diagnosticadas com a pneumonia causada pela nova variante do coronavírus passou de 2.700 apenas no país.

Segundo as autoridades chinesas, um total de 81 pessoas morreram em decorrência da doença.

A Comissão Nacional de Saúde informou que foram registrados casos da infecção em praticamente todo o país.

O governo chinês anunciou que o período de feriado prolongado do Ano-Novo Lunar será estendido por mais três dias, até 2 de fevereiro.

Ainda segundo as autoridades, escolas, universidades e creches vão adiar o início das aulas após o feriado.

Pequim também está tomando outras medidas para restringir a movimentação de pessoas. A partir desta segunda-feira (27), agências de turismo não farão viagens em excursão com destino ao exterior. Serviços de transporte de ônibus de longa distância foram suspensos em diversos locais.

As autoridades de saúde chinesas afirmam que a nova variante do coronavírus sofreu mutações, tornando-se mais contagiosa.

*Emissora pública de televisão do Japão

Fonte: EBC Internacional
Continue lendo

Internacional

Três granadas-foguete atingem embaixada dos EUA no Iraque

Publicado

Três das cinco granadas-foguete lançadas hoje em Bagdá caíram na embaixada norte-americana, atingindo uma cantina durante a hora de jantar, mas sem causar vítimas, disse fonte dos serviços de segurança.

A agência noticiosa francesa AFP adianta que é a primeira vez que os disparos de mísseis atingem diretamente a embaixada dos Estados Unidos, localizada na “Zona Verde” de Bagdá, que tem sido alvo de tentativas de ataque nos últimos meses.

A Embaixada dos EUA não respondeu às questões colocadas, mas as forças de segurança iraquianas disseram que não houve vítimas.

É a segunda vez em uma semana que a missão diplomática norte-americana é alvo de tentativas de ataque.

Em 20 de janeiro, três roquetes caíram perto da embaixada. Uma fonte americana disse que um deles caiu perto da residência do assistente do embaixador.

O disparo do roquete de hoje ocorreu mais cedo do que o habitual. Jornalistas ouviram uma detonação na margem oeste do Tigre às 19:30 (17:30 de Lisboa).

Leia Também:  Equador manterá subsídio ao combustível para favorecer os mais pobres

O primeiro-ministro iraquiano, Adel Abdel Mahdi, e o chefe do parlamento, Mohammed al-Halboussi, condenaram o ataque.

Abdel Mahdi denunciou “uma agressão que poderia transformar o Iraque numa zona de guerra”.

No final de dezembro, um empreiteiro norte-americano foi morto em um ataque com roquetes disparados contra uma base no norte do Iraque que abrigava soldados dos EUA.

Em retaliação, Washington realizou ataques aéreos em 29 de dezembro contra várias bases das brigadas do Hezbollah, um grupo armado xiita iraquiano de Hachd al-Chaabi, coligação de paramilitares dominados por fações pró-Irão e integrados nas forças regulares.

Pelo menos 25 combatentes das brigadas do Hezbollah foram mortos nos ataques e em 31 de dezembro milhares dos seus apoiantes atacaram a embaixada norte-americana.

Fonte: EBC Internacional
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana