conecte-se conosco


Registro Geral

Apesar da grave crise financeira, Sintep-MT quer aumento de quase 8% aos profissionais da Educação

Publicado

Sindicalistas se mobilizam para possível greve na Educação de MT

Com argumentos que o estado registra sucessivos aumentos na arrecadação, inclusive superando a previsão da Lei Orçamentária Anual (LOA), feita em janeiro, o Sintep/MT exige do Governo aumento real de 7,65% aos profissionais da Educação. “O argumento de crise não convence, falta prioridade nos investimentos”, disparou o secretário de Finanças do sindicato, Orlando Francisco. No entanto, o Tesouro alega que a receita cresceu, mas a despesa também disparou nos últimos anos, o que, na prática, inviabiliza qualquer possibilidade de reajuste ao funcionalismo, em 2019.

Leia Também:  Chefe da Casa Civil articula discussão sobre pagamentos atrasados do FEX com presidente do STF
publicidade
1 comentário

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Wilson Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Wilson
Visitante
Wilson

Que grave crise financeira e essa? Legislativo acabou de aumentar o próprio salário. O sintep só quer o que e direito e está garantido por lei. Mais do que isso, quer reforma nas escolas e um mínimo de dignidade para os professores e alunos, pois aqui nesse estado, aluno tem aula até em contêiner. Que matéria ridícula essa. Sugiro a quem escreveu, dar aula no setor público.

Registro Geral

“Verba secreta” do Gaeco chegou a ser usada para comprar cães, afirma cabo PM

Publicado

Em depoimento sobre a “Grampolândia Pantaneira” ao juiz Marcos Faleiros, da 11ª Vara Criminal, o cabo da Polícia Militar Gerson Correa revelou entre tantos fatos nebulosos, um que chamou bastante atenção. Promotores de Justiça teriam usado dinheiro das chamadas “verbas secretas” do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), para coisas inusitadas como consertos de moto e até para comprar cachorro.

Essas verbas são destinadas a cobrir despesas operacionais em procedimentos investigatórios reservados que exigem sigilo, porém há um controle do seu uso por meio de prestação de contas. “Vi Célio Wilson consertar moto particular com dinheiro da verba secreta. Marcos Regenold comprou cães, Marco Aurélio comprou rastreador. Vai me dizer que isso não é desvio de finalidade?”, questionou o militar ao citar nome de promotores de Justiça. Em tempo, o procurador-geral de Justiça José Antônio Borges determinou a instauração de procedimento administrativo para investigar o possível desvio de verbas relatadas pelo cabo Gerson.

Leia Também:  Governo denuncia ação truculenta do Sintep; professores gravam vídeo implorando para trabalhar
Continue lendo

Registro Geral

Deputada se diz vítima e quer providências do Ministério Público sobre grampolândia

Publicado

Alvo dos grampos, Janaina Riva quer convocar chefe do MPE

Vítima da dos grampos ilegais, a deputada estadual Janaína Riva (MDB), reagiu em plenário sobre o suposto desvio de finalidade e a apropriação de uma verba secreta do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), bem como do suposto patrocínio do Ministério Público Estadual (MPE), à chamada “Grampolândia Pantaneira”. Ela quer explicações sobre a conduta do MPE na condução das apurações de responsabilidades pelas interceptações telefônicas ilegais no Estado. “De forma vergonhosa, ouvimos que o Ministério Público patrocinou o equipamento para grampear políticos em Mato Grosso. A Polícia Militar, de forma deliberada e por orientação de promotores, acatou o pedido de barriga de aluguel, grampeando deputados, autoridades, o vice-governador e, inclusive, eu. Fiquei imaginando se isso fosse dentro da Assembleia. Ia estar cheio de policial aqui levando o servidor com pedido de afastamento do parlamentar sem ninguém querer saber se o parlamentar tinha ou não relação com o servidor, ou se ele sabia ou não. Quando se trata da Assembleia, é desse jeito que funciona”, afirmou.

Leia Também:  Seis emissoras de TV comercial investem em programação local e disputam 1 milhão de telespectadores

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana