conecte-se conosco


Esportes

Aos 80 anos, morre o ex-atacante Batuta, ídolo do Flamengo

Publicado


Na noite de terça-feira (29), o ex-atacante Walter Machado da Silva, conhecido como “Batuta”, faleceu no Rio de Janeiro aos 80 anos. Ele estava internado do Hospital Pró-Cardíaco em Botafogo, Zona Sul do Rio de Janeiro. A causa da morte ainda não foi confirmada. Paulista de Ribeirão Preto, o avante começou no esporte no São Paulo na década de 1950. Passou por Batatais e Botafogo-SP até chegar ao Corinthians em 1961. Foi no Timão que ele se tornou um dos maiores nomes do futebol paulista, marcando 95 gols

O Corinthians prestou homenagem a Batuta no Twiiter e se solidarizou com os familiares e amigos do ex-jogador. 

Outro ídolo do Flamengo, Zico, que vive atualmente no Japão, publicou um vídeo em que relembra sua convivência com Batuta, desde que começou a jogar no clube carioca. 

Após o sucesso retumbante de Batuta em quatro temporadas no Timã, o atacante foi contratado pelo Flamengo. E foi no clube carioca que virou ídolo. A relação foi tão intensa que ele se apaixonou pelo Rubro-Negro.  Ele teve duas passagens pelo Rubro-Negro carioca: a primeira entre 1965 e 1966, e depois retornou ao clube no período entre 1968 e 1969. Ao todo, Batuta marcou 70 gols em 132 partidas, e se sagrou campeão do estadual de 1965. Quando defendia o Flamengo, o atacante foi convocado para a seleção brasileira para a Copa do Mundo de 1966, na Inglaterra. Foram seis jogos e dois gols com a camiseta verde e amarela. Na derrota para Portugal por 3 a 1, que eliminou o Brasil em 1966, ele atuou ao lado de Pelé e Jairzinho. “Batuta” também defendeu Vasco, Racing (Argentina), Barcelona (Espanha), Santos, Botafogo, Rio Negro (Amazonas), Júnior Barranquilla (Colômbia) e Tiquire Flores (Venezuela). Ele encerrou a carreira profissional aos 35 anos, em 1975.

 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Messi marca pela 16ª edição seguida da Liga dos Campeões

Publicado


O craque argentino Lionel Messi se tornou o primeiro jogador a marcar gol em 16 temporadas consecutivas da Liga dos Campeões, nesta terça-feira (20), ao comandar o Barcelona na goleada de 5 a 1 sobre o Ferencváros (Hungria), no estádio do Camp Nou, na estreia dos times no grupo G da competição.

Messi marcou de pênalti no primeiro tempo o seu 116º gol na competição, antes de Ansu Fati fazer o segundo. O brasileiro Philippe Coutinho marcou outro gol no início do segundo tempo, mas o zagueiro do Barça Gerard Piqué acabou expulso da partida por falta em Tokmac Nguen, levando a um pênalti para os visitantes que foi convertido por Igor Kharatin.

Qualquer esperança do time húngaro de uma recuperação dramática acabou quando Pedri, de 17 anos, marcou seu primeiro gol pelo Barça, e o francês Ousmane Dembélé fechou o placar no fim do jogo.

O clube catalão superou a Juventus no saldo de gols no topo da tabela, depois que o campeão italiano venceu por 2 a 0 o Dínamo de Kiev, fora de casa, também nesta terça-feira. As duas equipes se enfrentam em Turim em 28 de outubro.

Continue lendo

Esportes

América-MG vence e assume vice-liderança da Série B

Publicado


O América-MG assumiu a vice-liderança da Série B após derrotar o Brasil de Pelotas por 3 a 1, no estádio Independência nesta terça (20), no jogo que abriu a 17ª rodada da competição.

Com este triunfo, o Coelho assume a segunda posição da tabela, com os mesmos 32 pontos do líder Cuiabá, que recebe o Paraná na Arena Pantanal na próxima quarta, e ultrapassou a Chapecoense, que tem 30 pontos e pode reassumir a vice-liderança ainda nesta terça caso derrote a Ponte Preta no Moisés Lucarelli mais tarde.

Vitória de virada

Mesmo jogando em casa, o América-MG começou a partida em desvantagem, pois aos 28 minutos do primeiro tempo a equipe gaúcha abriu o marcador com um belo gol de fora da área de Bruno José.

O empate não demorou, e veio nove minutos depois, quando Léo Passos cobra pênalti muito bem para marcar o primeiro da equipe mineira. E a virada veio antes do intervalo. Nos acréscimos da etapa inicial Ademir recebe a bola na entrada da área e bate por cobertura, sem chances para o goleiro Rafael. Golaço.

E o terceiro gol do Coelho saiu justamente dos pés de seu camisa 10. Novamente nos acréscimos, mas do segundo tempo, Ademir marca, após a defesa adversária vacilar na sua frente. Final de jogo, América-MG 3, Brasil de Pelotas 1.

Veja a classificação atualizada da Série B do Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana