conecte-se conosco


Saúde

Anvisa descarta suspeita de coronavírus em navio no Porto de Santos

Publicado

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) descartou a presença de casos suspeitos de coronavírus no navio Kota Pemimpin, que deve atracar hoje (17) no Porto de Santos (SP). Na última sexta-feira (14), a embarcação, de bandeira chinesa, encaminhou, como parte da documentação necessária para aportar, o livro médico de bordo. Entre os registros, há o de dois tripulantes que tiveram sintomas gripais durante a viagem, com tosse e dor de garganta.

A agência informou, no entanto, que, “até o momento, não há nenhum motivo para preocupação”. Apesar de os casos não serem tratados como suspeitos da doença, será feita uma avaliação no navio por uma equipe da Anvisa, do Ministério da Saúde e da vigilância epidemiológica do estado de São Paulo e do município de Santos. Serão observadas as condições clínicas da tripulação.

“É importante esclarecer que o Porto de Santos dispõe de um plano de contingência para eventos de interesse em saúde pública, que poderá ser acionado caso seja identificado algum risco sanitário ou epidemiológico em qualquer embarcação que atraque”, acrescenta o comunicado da Anvisa.

Casos investigados no Brasil

Na última sexta-feira (14), o Ministério da Saúde informou que investiga quatro casos suspeitos de infecção pelo novo coronavírus no Brasil. Das quatro pessoas ainda sob suspeita de ter o vírus, cujo epicentro ocorreu na cidade chinesa de Wuhan, há uma criança de 2 anos, um adulto de 56 anos e duas pessoas na faixa dos 20 anos. Duas pessoas são do sexo masculino e duas são mulheres. Todos têm histórico de viagem à China, mas não a Wuhan.

Edição: Graça Adjuto

Fonte: EBC Saúde
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Saúde

Rio confirma mais quatro mortes por Covid-19 e número sobe para 17

Publicado

A secretaria de estado do Rio de Janeiro confirmou hoje (29) mais quatro mortes causadas por covid-19. As vítimas são três homens de 64, 72 e 86 anos; e uma mulher de 78 anos. Todos moradores da capital. Agora, o estado tem 17 mortes e 600 casos confirmados pela doença. Outras 47 mortes estão em investigação.

A capital registrou 13 mortes (oito homens e cinco mulheres) até agora. Os municípios de Niterói, Petrópolis, Volta Redonda e Miguel Pereira tiveram uma morte cada. Apenas Miguel Pereira teve uma vítima do sexo feminino.

Dos 600 casos confirmados, 516 são na cidade do Rio de Janeiro, 39 em Niterói, 11 em Volta Redonda, 6 em São Gonçalo, 5 em Duque de Caxias, 4 em Petrópolis. Itaboraí e Nova Iguaçu registraram três casos cada. Belford Roxo e Rio das Ostras outros dois. Enquanto Barra Mansa, Campos dos Goytacazes, Guapimirim, Mangaratiba, Maricá, Miguel Pereira, Resende, Seropédica e Valença tiveram um caso em cada município.

Edição: Mario Toledo – Repórter da Agência Brasil

Continue lendo

Saúde

SP investiga histórico clínico de 2 jovens que morreram por covid-19

Publicado

A morte de dois jovens, um de 26 e outro de 33 anos, pelo novo coronavírus (covid-19) está sendo investigada em São Paulo para saber se eles tinham alguma comorbidade. A informação é da Secretaria da Saúde de São Paulo. Os dois jovens morreram neste domingo (29), na capital, e estão entre as 14 pessoas que morreram vítimas do covid-19 que foram contabilizadas hoje. Todos os óbitos ocorreram na rede privada de saúde.

Segundo balanço da secretaria, São Paulo somou 98 mortes por coronavírus. Entre os 14 óbitos contabilizados, além dos dois jovens, há um homem de 89 anos, que morava em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Os demais são todos da capital e tinham mais de 60 anos de idade. São Paulo tem, até o balanço divulgado na tarde de hoje, 1.451 casos confirmados para coronavírus.

Os últimos balanços divulgados pela Secretaria da Saúde ainda não contabilizaram a morte de um rapaz de 56 anos, estudante da Faculdade de Química da Universidade de São Paulo (USP), ocorrida nesse sábado (28). A morte foi confirmada em comunicado da USP, que informou que ele morreu no Hospital Universitário.

Por meio de nota, a USP lamentou a morte: “A USP lamenta profundamente o ocorrido e informa que está tomando providências para identificar eventuais colegas, professores e funcionários que estiveram em contato com o aluno e orientá-los como proceder. As aulas de graduação e de pós-graduação da universidade estão suspensas desde o dia 17 de março e os estudantes estão em regime de aulas a distância”, diz o comunicado.

Prefeito de São Bernardo

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, que teve confirmado o diagnóstico para coronavírus na última quarta-feira (25), precisou ser internado hoje (29) em uma Unidade de Terapia Intensiva. Segundo comunicado, divulgado nas redes sociais do prefeito, ele não teve melhoras em seu quadro de saúde e hoje, após um médico passar em sua residência e ter constatada a oxigenação baixa no prefeito, decidiu encaminhá-lo ao Hospital São Luiz.

Edição: Aécio Amado

Fonte: EBC Saúde
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana