conecte-se conosco


Política Nacional

Anunciada a comissão representativa do Congresso para o recesso parlamentar

Publicado

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, anunciou nesta quarta-feira (10) os senadores escolhidos para integrar a comissão representativa do Congresso Nacional que atuará durante o recesso parlamentar, de 18 a 31 de julho.

A comissão será composta pelos senadores Eduardo Braga (MDB-AM), Esperidião Amin (PP-SC), Acir Gurgacz (PDT-RO), Izalci Lucas (PSDB-DF), Paulo Rocha (PT-PA), Rodrigo Pacheco (DEM-MG), Otto Alencar (PSD-BA), Nelsinho Trad (PSD-MS), Alvaro Dias (Podemos-PR), Lasier Martins (Podemos-RS) e as senadoras Leila Barros (PSB-DF) e Zenaide Maia (Pros-RN).

O colegiado é temporário e está prevista na Constituição para atuar nos períodos de recesso parlamentar.

De acordo com a Resolução 3, de 1990, do Congresso Nacional, ela é integrada por 7 senadores e 16 deputados, e igual número de suplentes, eleitos pela respectiva Casa na última sessão ordinária de cada período legislativo, devendo ser obedecido, quando possível, o princípio da proporcionalidade partidária.

Compete à comissão representativa, entre outras prerrogativas, zelar pela preservação da competência legislativa do Congresso Nacional em face da atribuição normativa dos outros Poderes; deliberar sobre diversos assuntos de competência do Congresso; fiscalizar e controlar os atos do Poder Executivo; e exercer outras atribuições de caráter urgente, que não possam aguardar o início do período legislativo seguinte sem prejuízo para o país ou suas instituições.

Leia Também:  Em vídeo, vereador do Pará diz que trocará mês de serviço por praia; assista

Fonte: Agência Senado
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política Nacional

Bolsonaro critica imprensa por ‘dar espaço’ e chama Greta Thunberg de “pirralha”

Publicado

source
Bolsonaro arrow-options
Alan Santos/PR

Presidente lamentou espaço dado pela imprensa e chamou Greta Thunberg de “pirralha”

O presidente Jair Bolsonaro chamou nesta terça-feira (10) a ativista ambiental sueca Greta Thunberg, de 16 anos, de “pirralha” e criticou o espaço que a imprensa dá a ela. Bolsonaro se referiu a Greta quando questionado sobre a morte de dois indígenas guajajara no Maranhão , no sábado.

Leia também: Deputado que quebrou placa de Marielle discute e troca cusparadas com mulher em live

“Índio? Qual o nome daquela menina lá? De fora, lá? Greta. A Greta já falou que os índios morreram porque estavam defendendo a Amazônia. É impressionante a imprensa dar espaço para uma pirralha dessa aí. Pirralha”, disse Bolsonaro , na saída do Palácio da Alvorada.

Após a morte dos indígenas, Greta escreveu em uma rede social que “os povos indígenas estão literalmente sendo assassinados por tentar proteger a floresta do desmatamento ilegal” e que é “vergonhoso que o mundo permaneça calado sobre isso”.

Questionado novamente sobre a morte dos indígenas , Bolsonaro disse que “qualquer morte preocupa” e que é contrário a “tudo que for contra a lei”.

Leia Também:  Ministro Marcos Pontes apresenta prioridades da pasta ao Senado

Leia também: Governo de SP afasta mais 32 PMs envolvidos em operação em Paraisópolis

“Preocupa, qualquer morte preocupa. Nós queremos cumprir a lei, somos contra o desmatamento ilegal, somos contra a queimada ilegal. Tudo que for contra a lei nós somos contra”, finalizou.

Fonte: IG Política
Continue lendo

Política Nacional

Russomano pode abrir mão de candidatura própria para ser vice de Covas em 2020

Publicado

source
Celso Russomanno arrow-options
Reprodução/Facebook

Celso Russomanno concorreu à prefeitura da capital paulista em 2012 e 2016.

O presidente nacional do Republicanos (antigo PRB), Marcos Pereira, afirmou nesta segunda-feira que uma indicação do deputado Celso Russomanno para ser vice do prefeito Bruno Covas (PSDB) na próxima eleição está em “maturação” nos dois partidos. Russomanno é apontado hoje por aliados de Covas como o melhor nome para ocupar a vaga. Pouco antes de descobrir um câncer, o prefeito recebeu o deputado em seu gabinete.

Leia também: Exames indicam melhora de Bruno Covas e câncer em estágio de cicatrização 

“É um assunto que está em maturação. Precisa ser debatido e decantado em ambas as legendas “, afirmou Pereira. O dirigente do Republicanos almoçou nesta tarde com o governador João Doria. Entre outros assuntos, eles trataram das eleições municipais em 2020. Na semana passada, Doria se reuniu com Covas .

“Avaliamos também 2020 , alianças e possibilidades para as eleições municipais dada a capilaridade do partido”. disse Doria. Apesar de não descartar a possibilidade de o Republicanos ter o vice do prefeito, Pereira disse que não é hora para decisões. O Republicanos é aliado de Covas e Doria na prefeitura e governo do estado, respectivamente.

Leia Também:  Plenário aprova redação final da proposta que cria polícias penais e encerra votações

“As decisões devem acontecer lá para julho e agosto. Esse é um tema que está sendo guardado para o momento oportuno porque quem tem tempo não tem pressa”, afirmou.

Russomanno aparece em destaque em pesquisas de intenção de voto para a prefeitura de São Paulo. Ele já disputou as eleições de 2012 e 2016, chegou a liderar a disputa mas nunca chegou ao segundo turno.

As chances de Covas disputar uma candidatura à reeleição aumentou depois da entrevista da equipe médica que o assiste num tratamento contra um câncer nesta segunda-feira. Os médicos disseram que o prefeito teve uma melhora e o tumor regrediu.

Leia também: ‘Joice não acrescenta, é só modinha’, diz líder do PSDB sobre chapa com Covas 

Outro nome mencionado para ser vice de Covas é a deputada Joice Hasselmann (PSL). Doria já disse que gostaria que prefeito e a ex-aliada do presidente Jair Bolsonaro se aproximassem.

Fonte: IG Política
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana