conecte-se conosco


Mato Grosso

Anuário aponta redução de 8,17% nos acidentes de trânsito em 2020

Publicado


Em 2020, Mato Grosso registrou 6.578 acidentes de trânsito, uma redução de 8,17% em relação ao ano de 2019, quando foram contabilizados 7.164 em todo Estado. Apesar da redução dos acidentes, o número de mortes no trânsito aumentou 25%, somando 629 registros em 2020, sendo que em 2019 foram 503.

Os dados são do Anuário Estatístico de Trânsito do Estado de Mato Grosso – 2021, ano base 2020, já disponível no site do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (www.detran.mt.gov.br), através do link Anuário.

Dos 6.578 acidentes registrados em Mato Grosso, 66% das vítimas são homens e 33% são mulheres.

Sábado foi o dia da semana em que mais ocorreu os acidentes, com 19% dos registros, sendo o horário noturno e madrugada com maior índice, de 39,40% dos casos.

Autuações

Em 2020 houve uma queda nos registros das autuações de infrações de trânsito. Foram 625.108 autuações, 25,2% a menos se comparado a 2019, quando foram contabilizadas 835.469 autuações.

A infração que continua se destacando nas vias públicas é a de transitar em velocidade superior a máxima em até 20%, totalizando 360.384 autuações somente em 2020.

Anuário

Os dados disponibilizados no Anuário Estatístico permitem identificar padrões de comportamento, como tendência e sazonalidade, pontos críticos e os fatores de risco presentes no trânsito em Mato Grosso.

Além disso, o documento serve como base para as ações dos órgãos e entidades que atuam na área da Segurança Pública no auxílio a redução de acidentes e no combate à violência no trânsito.

Conforme o líder da equipe do Renaest do Detran-MT, Walber Desto, o Anuário Estatístico é uma importante ferramenta de pesquisa, estudo e diagnóstico das necessidades do Estado na construção de uma política de segurança viária.    

O documento é desenvolvido pelo Detran-MT, por meio da equipe do Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito (Renaest), com colaboração da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT).

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Sefaz repassa veículos e bens para unidade prisional de Várzea Grande

Publicado


A Secretaria de Fazenda realizou nesta quarta-feira (16.06) a transferência de bens e veículos do patrimônio considerados inservíveis para a Pasta. Esses equipamentos serão utilizados pelo Centro de Ressocialização de Várzea Grande, para melhorar a estrutura física e segurança daquela unidade prisional do Sistema Penitenciário da Secretaria de Segurança Pública (Sesp-MT).

Foram transferidos dois veículos da marca Ford, um modelo Fiesta e uma caminhonete modelo Ranger. Entre os móveis doados estão: freezer, ar condicionado split, uma estante de aço, longarinas, arquivos, armários, porta de ferro, cadeiras giratórias, além outros materiais.

A retirada dos materiais, equipamentos e veículos foi realizada pelos próprios reeducandos.

A ação é permitida pela Lei nº 11.109/2020, que dispõe sobre a Gestão Patrimonial da Administração Pública do Estado de Mato Grosso, mais especificamente no Art. 13, inciso 1º. A transferência dos bens foi autorizada pelo secretário adjunto da Administração Fazendária, Kleber dos Santos e pelo superintendente de Patrimônio e Serviços, Marcus Ferraz.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

“A entrega dessas máquinas é um ganho fundamental para a nossa região”, avalia prefeita de São Félix

Publicado


Considerada uma medida que vai fortalecer os consórcios intermunicipais, a entrega de máquinas e equipamentos rodoviários realizada pelo governador Mauro Mendes vai não apenas melhorar a infraestrutura rodoviária do Estado, como impulsionar o desenvolvimento dos municípios, especialmente da região Araguaia de Mato Grosso.

A avaliação é da presidente do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental Araguaia (Cidesa), a prefeita de São Felix do Araguaia, Janailza Taveira Leite. O consórcio recebeu cinco máquinas, sendo três motoniveladoras, uma pá-carregadeira e uma escavadeira hidráulica, durante evento realizado na última quarta-feira (16.06). 

Para a prefeita, os novos equipamentos destinados ao consórcio por meio de convênio junto à Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) vão permitir que os municípios se dediquem exclusivamente na manutenção das estradas vicinais, enquanto o consórcio poderá se empenhar nos serviços de conservação das rodovias estaduais não pavimentadas.

Atualmente a região de atuação do consórcio abrange aproximadamente 1.060 quilômetros de rodovias não pavimentadas nos municípios de São Felix do Araguaia, Novo Santo Antônio, Alto Boa Vista, Bom Jesus do Araguaia, Luciara e Serra Nova Dourada.

“A entrega dessas máquinas é um ganho fundamental. Nossa região tinha dificuldade para cuidar das estradas não pavimentadas. Agora os municípios têm uma mão para cuidar, cada vez mais, dos municípios e o consórcio cuidar das estaduais.  É uma iniciativa que vai funcionar. O Governo Mauro Mendes está de parabéns por cuidar e acreditar nos consórcios”, disse.

Ainda segundo a prefeita, a manutenção das rodovias não pavimentadas vai auxiliar no escoamento da produção do agronegócio, que está em grande expansão da região, especialmente no Distrito de Espigão do Leste, em São Felix do Araguaia. Hoje a região do Araguaia depende, principalmente, das MT-100, MT-109, MT-110, MT-243, MT-322, MT-412, MT-424 e MT-433 para o trânsito e transporte – e suas rodovias ainda não são completamente pavimentadas.

“Para nós é uma honra. Vamos cuidar cada vez mais dessas rodovias. O distrito de Espigão do Leste, por exemplo, é uma potência no que diz respeito à produção agrícola. Estamos com obras de convênios federais, obras estaduais como a MT-109, tem projeto de outras MTs. É uma rota do desenvolvimento agrícola na região e que ninguém segura”, afirmou.

O prefeito de Luciara, Parassu de Souza, também reforçou a importância das máquinas para munícipios como o dele, que não tem nenhum acesso à cidade feito por via asfaltada e que depende exclusivamente de rodovias não pavimentadas.

“Para nós essas máquinas representam tudo. Nós precisamos dessas máquinas. A época de trabalhar na nossa região é agora, neste período de seca. Temos que aproveitar de agora em diante e trabalhar. Nossas estradas são quase 100% de estrada não pavimentada e essas máquinas vão ajudar a melhorar”, afirmou.

Ainda segundo o prefeito, a entrega das máquinas é uma oportunidade que o Governo de Mato Grosso dá para aqueles municípios e consórcios que querem trabalhar para a melhoria da trafegabilidade. “Quero agradecer o governador pela oportunidade, por essa chance que ele está dando para todas as prefeituras e consórcios. Vamos trabalhar, colocar a mão na massa. Essa é uma iniciativa ótima do governo. Só não faz as obras quem não quer”, concluiu Parassu de Souza.

Outros equipamentos 

Além do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental Araguaia (Cidesa), outros nove consórcios intermunicipais, 10 prefeituras e duas associações foram beneficiadas com a entrega de máquinas e equipamentos rodoviários. Ao todo, foram entregues 74 máquinas, sendo 46 motoniveladoras, 14 pás-carregadeiras e 14 escavadeiras hidráulicas. O investimento realizado foi de R$ 42,2 milhões oriundos do Mais MT, maior programa de obras e ações da história de Mato Grosso.

Todos esses equipamentos rodoviários fazem parte do primeiro lote de máquinas que foram repassados pelo Governo de Mato Grosso às entidades. No total, o Estado vai repassar 175 máquinas e equipamentos rodoviários, com investimento de R$ 96,5 milhões como parte do Programa Mais MT, de modo a atender todas as regiões de Mato Grosso.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana