conecte-se conosco


Esportes

Anotaram a placa? Cuiabá dá olé na Arena Pantanal, atropela o CRB e já passa a sonhar com acesso

Publicado

JORGE MACIEL

O Cuiabá goleou o CRB por 5 a 1 em confronto disputado na Arena Pantanal,  e pode seguir sonhando com acesso no Campeonato Brasileiro da Série B. Na noite desta terça-feira, a equipe dourada não se fez de rogada e goleou os alagoanos, em partida em que foi a defesa contra ataque. O técnico do Cuiabá, Marcelo Chamusca, que deixou o CRB e assumiu o Dourado, montou um esquema ofensivo e a goleada foi apenas o resultado de um time faminto de gols contra um assustado visitante, que apenas assistiu à vitória incontestável com direito a gritos eufóricos de olé,, olé.

Com o placar, os donos da casa alcançam os mesmos 47 pontos dos visitantes e do Botafogo-SP. Assim, o trio está a seis pontos do Coritiba, quarto colocado, que fecha a zona de acesso. O Bragantino, aliás, venceu o Guarani pelo placar de 3 a 0, e conquistou o acesso ao Brasileirão da próxima temporada.

ETAPA INICIAL

Logo aos dois minutos de partida, o Cuiabá abriu o marcador. Após rápida troca de passes, Alê acionou Jefinho, que encontrou Jean Patrick. O meio-campista mostrou tranquilidade para tocar no cantinho. Pouco depois, aos cinco, Lucas Braga cruzou da direita, Felipe Marque ganhou de Daniel Borges e, de letra, anotou belo gol para os cuiabanos.

Leia Também:  Esperança de medalhas! Confira a agenda desta segunda dos Jogos Pan-Americanos

Os donos da casa seguiram pressionando e ampliaram aos 16. O lateral Paulinho teve falta na intermediária e, com categoria, colocou no ângulo direito. Antes de entrar, a bola ainda triscou no travessão. A situação fez com que o técnico regatino Marcelo Cabo queimasse duas alterações com menos de 25 minutos.

As mexidas se mostraram eficientes, ao menos momentaneamente. Já aos 26, Élton Arábia bateu falta na medida para Igor, que, de costas, conseguiu fazer o desvio e levou perigo. Pouco depois, aos 32, Edson Cariús aproveitou bobeada do goleiro Matheus Nogueira e mandou para dentro, descontando a diferença.

O confronto ganhou imensa movimentação. Primeiro, Jean Patrick arriscou e carimbou o travessão, ficando perto de aumentar. No lance seguinte, aos 38, Edson Cariús mandou de fora da área e acertou a rede pelo lado de fora.

SEGUNDA METADE

Por conta da distância no marcador, as duas equipes voltaram para o segundo tempo em ritmo mais vagaroso. Não à toa, a primeira oportunidade aconteceu apenas aos 15 minutos. Após bola alçada na área por Jean Patrick, Wellington Carvalho tocou com a mão. O volante Alê foi para a batida do pênalti e ampliou.

Leia Também:  Despencou! Valor de mercado de Neymar cai mais de R$ 277 milhões, aponta estudo

Aos 36, quando nenhum dos lados se expunha, o Cuiabá conseguiu consolidar a goleada. O uruguaio Agustín Gutiérrez arriscou da entrada da área, viu a bola quicar na frente da pequena, tocar na trave e entrar.

SEQUÊNCIA

O Cuiabá volta a campo na sexta-feira, quando, às 21h30, encara o Figueirense, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC). Também pela 34.ª rodada, o CRB recebe o Atlético Goianiense, no Rei Pelé, em Maceió (AL), às 19h de sábado.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

Após 6 anos, Estado entrega obra de R$ 17 milhões da Copa do Mundo nesta terça-feira

Publicado

COT da UFMT possui capacidade para 1.500 pessoas e uma área de 5,4 mil m²

O Centro Olímpico de Treinamento da Universidade Federal de Mato Grosso (COT UFMT) foi totalmente concluído e será entregue nesta terça-feira (28), às 18h. Na ocasião, o governador Mauro Mendes, o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira e a reitora da UFMT, Myrian Serra concederão entrevista coletiva para apresentar o novo espaço desportivo.

Com um investimento de R$ 17,1 milhões e uma área construída de 5,4 mil metros quadrados, o COT UFMT é uma das obras previstas para a Copa do Mundo de 2014, que foi retomada e concluída pela atual gestão.

O complexo conta com uma pista de atletismo, construída seguindo padrão internacional estabelecido pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT), o campo de futebol, que possui quatro torres de iluminação, com refletores e a arquibancada com capacidade para 1.500 pessoas.

Além disso, o local possui oito banheiros, sendo quatro para Portadores de Deficiência (PCDs), seis salas de aula, quatro camarotes, um local para lanchonete, sala antidoping, auditório, elevador com acessibilidade, duas salas de apoio, uma sala técnica, dois depósitos e um mirante.

Leia Também:  Botafogo-SP recebe o Vitória pela primeira rodada da Série B

Continue lendo

ARAGUAIA ATLÉTICO CLUBE

Virada na Arena Pantanal, gol primaz em Mutum e expulsão do Operário marcam a 2ª rodada

Publicado

Na Arena, Sinop tomou virada do Dom Bosco

O que faltou em gols na abertura, sobrou na segunda rodada do Campeonato Mato-grossense, encerrada neste domingo, 26, com mais três jogos. Foram 22 gols, mais que o dobro dos da abertura, em uma tarde em que teve gol histórico, duas viradas, portões fechados e uma expulsão a um minuto de partida. No final, o União, que chegou à sua segunda vitória, batendo o Poconé de virada, por 3 a 1, fechou jornada com os mesmos seis pontos de Cuiabá e Operário, mas sobra no saldo de gols.

Virada na Arena Pantanal

Abrindo a rodada, o Dom Bosco, que vinha de um empate com o Luverdense, recebeu o Sinop, tomou três gols, mas conseguiu a virada no fim, conquistando seus primeiros três pontos.  O Sinop abriu o marcador com Alan Júnior (2) e Robson fez de pênalti, mas na segunda etapa, deu um “”apagão” no Galo,  tomou o revés com um gol atrás do outro:  Fernando fez o primeiro, Odail Júnior empatou e virou e Juninho Soldado fechou a fatura. O resultado deixou o Dom Bosco em quarta posição e o Sinop despencou do segundo para o quinto.

Leia Também:  Palmeiras vive sua maior sequência sem vitórias em mais de dois anos

Virada-relâmpago em Barra

Na Barra do Graças, terra do Araguaia, jogando no Zeca Costa o Operário “mineiro”conseguiu o que parecia ser impossível, mesmo tendo o centro-avante Pilar expulso a um minuto do início, após uma cotovelada maldosa no seu marcador.

Depois de abrir o marcador com Kanté, aos 34 minutos da etapa final, o Araguaia vacilou e entregou o jogo nos acréscimos. Aos 45 minutos, João Guilherme empatou e Pikachu virou, empurrando o time da casa para a lanterna, sem vencer e com um saldo negativo de cinco gols.

Gol histórico em Mutum

Douglas teve a primazia do gol pelo Nova Mutum – no profissional

No duelo entre as equipes do Nova Mutum e o Luverdense, o time da casa se deu bem, vencendo por 2 a 0. Bem posicionado e agressivo, o Azulão pôs o Luverdense na roda nos dois tempos. No primeiro tempo, foi ataque local contra a defesa visitante e as jogadas só não foram mais emocionantes porque aa partida não teve público. Sem laudos de segurança emitidos a tempo, o Nova Mutum inaugurou seu estádio, o Valdir Wolz sem poder contar com sua torcida. Os portões foram fechados.

Leia Também:  Despencou! Valor de mercado de Neymar cai mais de R$ 277 milhões, aponta estudo

O detalhe da partida é que o meia –atacante Douglas, que o técnico Willian de Mattia mandou para  o segundo tempo, fez o primeiro gol do estádio e do clube, que subiu no ano passado da segunda divisão e disputa seu primeiro campeonato profissional neste ano. Douglas abriu o placar aos 20 minutos, Gustavo e Uirapuã ampliaram aos 26 e 38 minutos.

O campeonato segue nesta próxima quarta-feira e quinta-feira, 29 e 30, com a terceira rodada, quando já será possível que algum clube se descole dos demais.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana