conecte-se conosco


Entretenimento

Anitta, Fátima Bernardes e mais: descubra antigos empregos de famosos

Publicado

source
Anitta durante show histórico no festival norte-americano Coachella
Reprodução/YouTube – 18.04.2022

Anitta durante show histórico no festival norte-americano Coachella


Muitos dos famosos que hoje fazem sucesso nos palcos e nas telas já ralaram bastante em outras profissões antes da fama. Nem sempre aquele sonho com uma carreira na atuação, na música ou até mesmo no esporte foi logo a primeira experiência deles. Neste Dia do Trabalho, confira uma lista de celebridades e o que eles faziam antes de estarem nos holofotes: tem garçom, vendedor, professor, frentista, padeiro… Mãos à obra!

+ Entre no  canal do iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

Anitta

A cantora, que já alcançou o topo das paradas mundiais e acumula sucessos dentro e fora do país, chegou a cursar Administração em uma escola técnica quando mais jovem. Com objetivo de ter grana para comprar roupas de escritório para seu primeiro emprego, um estágio em uma mineradora multinacional, a carioca também trabalhou como vendedora de roupas por um mês. “Eu era péssima”, confessou ao “Altas horas”.


Luan Santana

Sucesso no Brasil todo, o cantor não teve sua primeira experiência no universo da ralação em cima dos palcos, mas esteve bem perto da música. O primeiro emprego de Luan foi como telefonista em uma rádio gospel na cidade de Maringá, no Paraná. “Era um trabalho voluntário. Eu atendia os telefonemas, anotava o pedido do povo. Depois ia no ar e falava que música a pessoa queria ouvir e para quem queria oferecer”, contou o artista, de 31 anos, em uma entrevista quando ainda era novinho, em 2012.

Dalton Vigh

O ator, que está no ar na reprise de “O clone”, na pele de Said, e na inédita “Poliana moça”, como Otto, já trabalhou dando aulas num curso de inglês. “A escola tinha um método muito específico, então eu aprendi a utilizar esse método. Nem me considero um professor, mas sim um instrutor de inglês”, explicou Dalton Vigh em entrevista ao “Encontro”, em 2015: “Trabalhei com isso por uns dois ou três anos”.

Rodrigo Lombardi

Antes de fazer sucesso com papéis marcantes na TV, como o indiano Raj de “Caminho das Índias” e o Alex de “Verdades secretas”, o ator ralou bastante como garçom. “A primeira mesa que eu servi era bem do lado da saída da cozinha. Eu estava com três pratos quentes nos braços e deixei cair tudo”, relembrou Lombardi no “Vídeo show”, em 2009, quando fez uma visita ao tal restaurante. “Sinto muita saudade”, afirmou na época.

Fabiula Nascimento

A atriz já foi cabeleireira, e das boas! “Tinha uma clientela fixa, principalmente as crianças, que adoravam cortar cabelo comigo. Acho que porque eu era engraçada, tinha essa coisa meio artística na veia e elas se divertiam”, contou Fabiula ao “Vídeo show”. Além de atender a clientela, também fazendo unhas, ela ajudou a administrar um salão de beleza nos anos 1990, em sociedade com a mãe.

Ivete Sangalo

Veveta precisou ralar bastante para ajudar nas despesas da família antes do sucesso no mundo da música. Entre outras atividades, a artista já trabalhou fazendo e entregando quentinhas: “Passava dias cortando cebolas, chorando. Mas tudo mudou, virei cantora, uma oportunidade incrível”, brincou Ivete em um quadro do “Vídeo show”.

Anderson Silva

Antes de se tornar um grande campeão nos ringues, o lutador já trabalhou em uma rede de lanchonetes, em Curitiba. O Spider contou ao “Altas horas” um episódio delicado que viveu na época, quando foi vítima de preconceito: “Um senhor disse que não queria ser atendido por um negro”.

Bianca Andrade

Influenciadora, empresária e ex-BBB, Bianca já trabalhou como copeira e deu aula para crianças antes da fama. A carioca, que nasceu e cresceu na Favela da Maré e atualmente tem mais de 17 milhões de seguidores nas redes sociais, celebra: “Até hoje, quando olho para trás e vejo minha trajetória difícil, sou grata por tudo. Essas dificuldades me ajudaram a ser quem eu sou”.

Bella Campos

A atriz faz sua estreia em novelas como a Muda de “Pantanal”. Mas, antes disso, quando ainda estava no ensino médio, ela já quis cursar Psicologia. Na época, ela morava em Florianópolis, onde trabalhou como atendente de pet shop, auxiliar de farmácia e, por último, num café dentro de um teatro. “Todo mundo me perguntava se eu era atriz ou modelo. Tenho 1,62m e entrei numa agência de modelos porque o gerente do café me indicou. Em pouco tempo, fechei uma campanha de sapato”, recorda Bella.

Leia Também

Léo Santana

Antes de ser um cantor de sucesso, o GG da Bahia já teve diversas outras ocupações, como barman, fazendo coquetéis num bar, e vendedor de frango assado na praia. “O que me deu um dinheirinho também para ajudar até a botar um pão em casa foi cortar cabelo, desenhando barba e tudo”, relembrou Léo Santana em entrevista ainda no início da carreira na música. O artista chegou a ter sua própria barbearia e antes trabalhou como ajudante em um salão de beleza.

Murilo Benício

No ar como Tenório, em “Pantanal”, e como Diogo, Lucas e Léo na reprise de “O clone”, o artista coleciona papéis de sucesso. Mas, muito antes de se tornar um ator prestigiado, Murilo passou três anos em São Francisco (EUA), onde teve outras ocupações. “Morei lá entre 1989 e 1991, e lavei muito chão e entreguei pizza”, recordou em 2014 ao voltar ao local para as gravações da novela “Geração Brasil.”

Lexa

Para ajudar nas contas em casa, a cantora já trabalhou como padeira. Em 2020, ela se emocionou com uma homenagem que recebeu no “Domingão” e relembrou o período: “A gente não tinha condições e falei: ‘Mãe, vou trabalhar, não tem problema, consigo conciliar estudo e dar um jeito’. Era um trabalho extremamente braçal, fiquei com marcas de queimaduras por muito tempo nos braços. Mas a vida ensina. Hoje, me sinto muito madura, preparada, dou valor ao meu dinheiro, às pessoas que estão comigo, porque a gente não chega a lugar nenhum sozinho”.

Valesca Popozuda

A funkeira trabalhava como frentista antes de ser famosa. “Comecei no posto de gasolina com uns 18, 19 anos”, contou Valesca ao “Vídeo show”, e continuou: “Depois eu resolvi fazer figuração e, nesse tempo, engravidei. Quando meu filho nasceu, precisava trabalhar e então voltei para o posto. Na época em que ele fez 1 ano, entrei na Gaiola das Popozudas. O convite surgiu nessa época”.

Tatá Werneck

A atriz e apresentadora já foi maquiadora e vendia cosméticos de porta em porta para ajudar a complementar sua própria renda no início da carreira. “Eu ensinava as mulheres a fazerem a maquiagem, fazia de um lado e elas do outro”, relembrou Tatá ao GNT em 2015. Hoje, ela coleciona papéis em novelas, filmes e tem seu próprio programa, o “Lady night”.

Grazi Massafera

Antes de entrar no “BBB 5”, a atriz trabalhava como modelo e participava de concursos de beleza. Mas Grazi também já teve outras ocupações, como babá, vendedora em uma loja de cosméticos e manicure. “Trabalhei em salão, fiz cabelo… Tudo que aparecia”, contou no “Altas horas”.

Natália Deodato

Ex-BBB, Nat hoje é conhecida no Brasil inteiro. Antes disso, a mineira já tinha um currículo extenso: ela vendeu bombons, trabalhou como manicure e designer de unhas no salão de sua mãe, esteve em diversas ações como promoter e trabalhos como modelo. Aos 13 anos, Natália foi também auxiliar de marcenaria. “Fiz um pouco de tudo. Sempre gostei da minha liberdade e planejei dar uma qualidade de vida melhor para a minha família. Entendi que só conseguiria com trabalho e esforço. Nada cai do céu, né?”, pontua a ex-sister.

Fátima Bernardes

Antes de entrar para o mundo do jornalismo, a apresentadora deu aulas de balé por cinco anos em uma escola de dança no Méier, bairro carioca onde ela morava com a família. “Meu primeiro emprego é inesquecível. É muito emocionante lembrar daquela fase”, disse Fátima ao portal do “Encontro”.

Lázaro Ramos

Antes da carreira de sucesso no mundo artístico, Lázaro trabalhou num hospital, no interior da Bahia, com exames de fezes, sangue e urina. “Meu primeiro trabalho foi como técnico em patologia aos 18 anos. Primeiros passos para aprender o valor de estar empregado”, escreveu nas redes sociais.

Chay Suede

O ator já trabalhou com o pai no Desafio Alienígena, um labirinto de terror itinerante que era atração em shoppings e parques de diversões. “Eu me fantasiava de todos os alienígenas, usava máscaras, para dar sustos nas pessoas. Pude cumprir as mais variadas funções nesse trabalho”, contou ele. Antes da fama, Chay Suede também preparava os recheios dos bombons que a mãe vendia.




Fonte: link

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Entretenimento

Felipe Neto diz que foi ameaçado em estádio: ‘Não me sinto seguro’

Publicado

source
Felipe Neto diz ter sido ameaçado por segurança em estádio de futebol
Reprodução/Instagram

Felipe Neto diz ter sido ameaçado por segurança em estádio de futebol

Felipe Neto esteve presente no estádio Nilton Santos na tarde deste domingo para acompanhar o clássico entre Botafogo e Fluminense. Após a partida, o youtuber revelou que foi ameaçado por um segurança do evento. “Estava assistindo ao jogo no meu camarote. Um segurança da empresa Blindados abordou meu motorista na porta e perguntou: ‘de quem é esse camarote?”. Ao ouvir que era meu, respondeu: ‘por favor, tinha que botar uma bomba aí para explodir e não sobrar nada'”, publicou Felipe Neto no Twitter.

Após relatar o episódio, o youtuber revelou que vem sendo alvo de ameaças nos últimos quatro anos e afirmou que não se sente seguro em nenhum lugar.

“Vamos fazer representação contra esse homem, mas esse é o resumo da minha vida nos últimos 4 anos. A qualquer momento, algo pode acontecer comigo. Se isso acontecer, só peço que vocês lembrem quem foram as pessoas responsáveis por alimentar esse ódio contra mim”, escreveu Felipe Neto.

“Não sei como vou me sentir seguro de novo no estádio depois disso. Eu já não me sinto seguro em lugar nenhum fora da minha casa”, completou o youtuber.

O episódio causou espanto nos seguidores e muitos fãs fizeram questão de prestar apoio ao youtuber. Felipe Neto é conhecido por ter personalidade forte e gosta de se posicionar sobre temas polêmicos nas redes sociais.

Apesar da paixão pelo entretenimento, o youtuber nunca escondeu seu amor por futebol. Torcedor fanático do Botafogo, Felipe Neto sempre foi um frequentador assíduo do estádio Nilton Santos.

O relato da ameaça sofrida por Felipe Neto vem repercutindo nas redes sociais. Revoltados com o episódio, muitos internautas vem cobrando uma atitude das autoridades.

Entre no canal do  iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Entretenimento

Hospital abre sindicância e apura crime cometido contra Klara Castanho

Publicado

source
Klara Castanho teve sua intimidade exposta pela equipe médica que a atendeu
Reprodução/Instagram

Klara Castanho teve sua intimidade exposta pela equipe médica que a atendeu


Após o vazamento de dados sigilosos de Klara Castanho , o hospital que atendeu a atriz para a realização do parto abriu uma sindicância interna para apurar os fatos e identificar quais funcionários se envolveram na divulgação de informações que nunca deveriam ter sido retiradas dos prontuários.


Em nota enviada a este colunista que vos fala, a Rede D’Or lamentou o vazamento dos dados e afirmou que iniciará a investigação na unidade de saúde que atendeu a atriz.

“A Rede D’Or tem como princípio preservar a privacidade de seus pacientes bem como o sigilo das informações do prontuário médico. O hospital se solidariza com a paciente e familiares e informa que abriu uma sindicância interna para a apuração desse fato”, disse a rede em nota.

A profissional de saúde que vazou as informações à imprensa, quando identificada, infringiu o artigo 154 do Código Penal, que fala sobre a revelação de informações sigilosas e que possam trazer prejuízos ou danos a outrem. Caso venha a ser julgada e culpabilizada, ela poderá ser presa e pegar até um ano de detenção.

Exposição dolorosa

Na noite de sábado (25), Klara Castanho usou suas redes sociais para informar que havia sido vítima de um estupro, que lhe resultou em uma gravidez. A criança foi entregue legalmente à adoção, porém uma enfermeira do hospital em que ela foi atendida procurou alguns veículos para vazar as informações, que estavam sob sigilo desde então.

Em seu desabafo, bastante doloroso, a atriz relata o desprezo que sentiu por parte da equipe médica que a atendeu e também das dores emocionais que a violação ao seu corpo lhe causou. Uma história triste e que merece ser tratada com respeito.

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana