conecte-se conosco


Internacional

Americano é acusado de fazer ameaças de morte contra Biden e Harris

Publicado


source
.
Reprodução/Twitter

Candidato democrata apareceu com 50% das intenções de voto na última pesquisa realizada


Nesta quarta-feira (21), um homem de Maryland, nos EUA, foi acusado de fazer ameaças de morte contra o candidato democrata à  presidência Joe Biden e sua vice, Kamala Harris, por meio de uma carta deixada na porta de um vizinho que tinha cartazes apoiando a dupla.


Segundo um agente do FBI, James Dale Reed, 42, disse aos investigadores que estava ” chateado com a situação política ” quando escreveu a carta. Reed estava sob custódia estadual quando uma queixa criminal foi apresentada contra ele em um tribunal federal em Baltimore, afirmou o escritório do procurador dos EUA, Robert Hur, em um comunicado à imprensa.

Uma câmera capturou imagens de uma pessoa semelhante a Reed deixando a carta na porta de seu vizinho na manhã de 4 de outubro. O vizinho disse que não conhecia Reed, mas tinha várias placas de apoio apoiando os candidatos democratas à presidência dos EUA.

A carta continha palavras de violência contra os democratas e dizia que “Vovô Biden” e Harris seriam atacados e executados . Uma denúncia anônima à polícia levou os investigadores a questionar Reed em sua casa na última terça-feira. Ele, inicialmente, negou to fato, mas foi preso dois dias depois de admitir o ocorrido.

Se condenado, Reed pode pegar até cinco anos de prisão

Fonte: IG Mundo

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Internacional

Dono de comércio classifica bar como igreja para não fechar durante lockdown

Publicado


source
James Aspell é o proprietário do bar 400 Rabbits.
Reprodução/Facebook

James Aspell é o proprietário do bar 400 Rabbits.

No Reino Unido , o governo decretou um segundo lockdown em decorrência do aumento de casos de infecções pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). Para não precisar encerrar temporariamente as atividades, o dono de um bar em Nottingham tenta classificar o comércio como “religioso”. As informações foram dadas pelo UOL .

James Aspell é o proprietário do bar 400 Rabbits. Em entrevista ao canal FOX News, ele disse que a ideia é conscientizar as pessoas sobre as situações dos bares na pandemia.

Aspell observa que estabelecimentos como um mercado de itens para as festas natalinas estão abertos, enquanto bares tiveram que fechar durante o confinamento .

A cidade de Nottingham  é classificada como “nível 3”, considerando que há um risco “muito elevado” de contaminação por Covid-19.

“O governo disse que deveríamos nos adaptar e, por isso, enviamos um pedido de registro do 400 Rabbits como local de culto , o que nos permitiria continuar abertos em todas as camadas”, explicou o homem.

Para reforçar a reivindicação, a página do bar no Facebook atualizou o nome do comércio para “Church of the Four Hundred Rabbits”. Traduzindo para o português, significa “Igreja dos Quatrocentos Coelhos”.

With places of worship allowed to open in all tiers we thought fuck it lets start a religion! Can’t be that hard can it!…

Publicado por The Church of the Four Hundred Rabbits em  Sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Em um post, Aspell mostrou que enviou um pedido para que o local seja registrado como  igreja .

“Como locais de cultos estão autorizados a abrir em todos os níveis, pensamos: vamos criar uma religião “, relatou na rede social.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Após dois dias desaparecido, marinheiro é encontrado vivo, agarrado ao barco

Publicado


source
Marinheiro é resgatado após ficar dois dias antes em alto mar
Reprodução U.S. Coast Guard Southeast

Marinheiro é resgatado após ficar dois dias antes em alto mar

O marinheiro Stuart Bee, de 62 anos, foi encontrado no último domingo (29) agarrado ao casco de seu barco, que naufragou , no meio do oceano atlântico após estar considerado desaparecido desde sábado (28).

Stuart foi resgatado pela tripulação de um navio que carregava contêineres a 138 quilômetros da costa da Flórida, nos Estados Unidos, sem apresentar nenhum ferimento.

A embarcação do marinheiro, chamada de Stingray, apresentou problemas mecânicos no sábado (28), e começou a encher de água na cabine, fazendo com que ele virasse e naufragasse .

Ainda no sábado ele foi considerado desaparecido , pois um membro da Guarda costeira achou estranho o homem não ter voltado, já que ele não costumava passar noites em alto mar. A familía também partilhou da preocupação, e nesse dia se iniciaram as buscas.

Bee, que ficou agarrado à pequena parte de seu navio que ficou sobre a água, avistou uma embarcação, e começou a rodar sua camisa para chamar atenção. Uma boia foi jogada, e ele conseguiu nadar até o navio, onde foi acolhido e resgatado.

Confira imagens do resgate:


Mark Vlaun, capitão  e comandante oficial do setor de Kacksonville da Guarda Costeira comemorou o resgate em vida do marinheiro:

“Salvar vidas em alto mar é nosso maior chamado. Esse é um resultado incrível que demontra o vínculo entre todos os marinheiros e nossa comunidade”, afirmou.


Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana