conecte-se conosco


Esportes

América empata com o Náutico e concretiza o retorno à divisão de elite

Publicado


O América atuou em Recife (PE), na noite de 12 de janeiro de 2021, e concluiu mais um belo capítulo em sua rica história. No Estádio dos Aflitos, o Coelho empatou com o Náutico-PE e garantiu seu sétimo acesso à primeira divisão do Campeonato Brasileiro. A igualdade em 0 a 0, fora de casa, foi suficiente para sacramentar o acesso americano com quatro rodadas de antecedência.

Com uma campanha irrepreensível na Série B, o time comandado pelo técnico Lisca chegou a 67 pontos conquistados após 34 rodadas disputadas. Com isso, o América se mantém na liderança da competição e, além do acesso, segue forte na briga pelo tricampeonato.

Nesta quarta-feira, o Coelho retorna a Belo Horizonte e terá descanso no decorrer do dia. O time de Lisca fará um único treino na quinta-feira e volta a campo na sexta, às 21h30, quando enfrentará o Botafogo-SP na Arena Independência.

O JOGO

O primeiro tempo no Estádio dos Aflitos foi bem disputado. Em momento de ascensão na Série B, o Náutico-PE, que conseguiu sair da zona de rebaixamento nas últimas rodadas, tentou se impor dentro de casa. A equipe pernambucana conseguiu algumas chances principalmente com Kieza, porém o time americano se postou bem e conseguiu neutralizar as investidas.

A primeira boa chance do jogo, contudo, foi do América. Aos 8 minutos, Ademir recebeu pelo lado esquerdo da área e chutou cruzado para boa defesa do goleiro do Náutico-PE. No minuto seguinte, o time da casa teve uma oportunidade com Kieza, que penetrou a área e tentou driblar Cavichioli, tocando para o meio da área em seguida. Mas a retaguarda americana se recuperou bem e conseguiu bloquear o chute para o gol.

A primeira etapa seguiu aberta. Aos 28 minutos, Juninho apareceu bem dentro da grande área e cabeceou forte para a área. Disputado, o primeiro tempo não teve maiores chances de perigo nos minutos finais.

O segundo tempo seguiu a tônica do primeiro. O Náutico-PE tentava ir para cima, buscando uma vitória para abrir distância do Z-4. O Coelho conseguiu administrar o ímpeto do adversário e construiu duas boas chances. A primeira com Alê, que limpou de fora da área e chutou para defesa do goleiro do Náutico-PE. Depois, em cobrança de falta, Felipe Augusto chutou forte, mas a bola desviou na barreira e foi para fora.

Na sequência, o técnico Lisca promoveu diversas substituições e colocou o América para cima. O jogo seguiu equilibrado e a melhor chance americana aconteceu em disputa na área, na qual a bola sobrou para Neto Berola, mas o atacante furou no momento do chute. Pelo lado do Náutico-PE, Jorge Henrique teve grande chance de marcar o gol nos acréscimos, mas Cavichioli mostrou que estava preparado e fez defesa importante para manter o placar zerado.

Nos minutos finais, o Coelho manteve o importante ponto e comemorou o acesso à Série A ao apito final.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Paraná é derrotado para o Sampaio e fica em situação complicada na tabela

Publicado


Na noite de sexta-feira (15), o Paraná Clube foi até São Luís (MA) e foi derrotado para o Sampaio Correa por 2 a 1. O Tricolor está na 18º colocação com 36 pontos e na próxima terça-feira (19), tem um confronto muito importante contra o Cuiabá, às 21h30, na Vila Capanema.

Durante toda a partida o Paraná Clube finalizou 16 vezes e o adversário apenas quatro. As principais oportunidades do time paranista foram criadas no primeira etapa, mas a bola não entrou.

O Tricolor começou melhor o jogo, a primeira chance foi de bola parada, Jean Victor lançou para a área e o atacante Bruno Lopes de cabeça mandou para fora. Aos 11 minutos, Thiago Alves finalizou de longe e a bola passou muito perto. Aos 15 minutos o time da casa abriu o placar – 1×0.

O Tricolor teve outra boa oportunidade com Bruno Lopes. Karl cruzou da direita, o centroavante cabeceou, o goleiro adversário fez a defesa. Na primeira etapa, o time paranista finalizou dez vezes, mas faltou pontaria.

Na volta para o segundo tempo, o Tricolor voltou com a mesma postura. A primeira oportunidade foi na batida de falta do zagueiro Fabrício, o goleiro Gustavo fez ótima defesa. Pouco tempo depois, Bruno Lopes fez bom drible dentro da área e a bola bateu na mão do jogador adversário, mas a arbitragem não marcou penalidade.

Aos 19 minutos, após erro na saída de bola, o adversário ampliou o placar – 2×0. O Tricolor até descontou com Bruno Lopes, mas não foi suficiente, final de jogo – 2×1.

Continue lendo

Esportes

Figueirense derrota Brasil de Pelotas por 3 a 0

Publicado


O Figueirense venceu o Brasil-RS por 3×0, na tarde de sexta-feira (15), no Estádio Orlando Scarpelli, em duelo válido pela 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Furacão chegou aos 39 pontos, deixando momentaneamente o Z-4, ocupando a 15ª posição na tabela de classificação. O Brasil-RS ocupa a 11ª posição, com 47 pontos conquistados.

Precisando da vitória, após 03 jogos sem vencer na competição, o alvinegro partiu com tudo desde o início da partida. Aos 15 minutos, Bruno Michel tentou por cobertura e a bola tocou no travessão, antes de sair. Aos 19, Dudu arriscou de longe, o goleiro deu o rebote e Geovane Itinga bateu para o gol, abrindo o marcador. Na pressão, o Figueirense encurralava a equipe gaúcha. O segundo gol veio aos 29 minutos, quando após ótimo lançamento de Patrick, Everton Santos avançou pela direita e cruzou na medida para Dudu, que bateu colocado e estufou a rede. Aos 47’, Diego Gonçalves avançou pela direita e tentou o cruzamento, mas o zagueiro Leandro Camilo cortou com o braço. Pênalti anotado pela arbitragem, convertido por Diego Gonçalves, aos 48 minutos da primeira etapa.

O segundo tempo seguiu com o alvinegro dominando as ações, mas sem aumentar o placar. Aos 16 minutos, Geovane Itinga recebeu bom passe e bateu para o gol, mas o goleiro Rafael Martins fez  grande defesa. Aos 19’, Diego Gonçalves bateu cruzado e a bola passou raspando, à direita do goleiro xavante. Aos 26 minutos, outra boa chance para o Figueirense, desta vez com o zagueiro Alemão, que apareceu no ataque e bateu para o gol, obrigado o goleiro adversário a fazer boa defesa. A melhor oportunidade dos visitantes aconteceu aos 34 minutos, quando Bruno José bateu forte, e o goleiro Rodolfo se esticou todo, mas a bola acabou saindo à esquerda da meta alvinegra.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana