conecte-se conosco


Política Nacional

Ameaçado de cassação, deputado do PSL dispara: “Tenho coisa para f* todo mundo”

Publicado

source
Deputado PSL arrow-options
Divulgação/Câmara dos Deputados

Em mensagem, deputado alertou colegas de partido sobre os riscos do processo: “vou sacudir o Brasil”

O episódio da  gravação feita pelo deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) durante reunião do grupo que apoia o presidente do partido, Luciano Bivar, segue rendendo. Ameaçado de cassação pela conduta, que pode ser avaliada no Conselho de Ética da Câmara, ele fez alerta aos colegas e afirmou ter “coisas para f* o parlamento todo”.

Leia também: Joice diz que Planalto tem “puxadinho” e que nunca viu tanta influência no poder

Segundo informa o blog da jornalista Bela Megale, Silveira enviou mensagem aos colegas de  PSL , alertando sobre a possibilidade de cassação de seu mandato. No texto, afirmou que “não estão acostumados” com alguém como ele e que teria formas de “bagunçar o coreto de todo mundo” e “sacudir o Brasil”.

Relembre o caso

Em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo , Silveira disse que tinha o “blindar” Bolsonaro na guerra declarada contra o presidente do PSL, deputado Luciano Bivar (PE), e que a estratégia foi pensada em reunião do presidente com 20 deputados. A ideia era montar um plano de infiltração no grupo de parlamentares ligados a Bivar.

Para conseguir fazer a gravação, Silveira e outros dois deputados foram para a reunião no gabinete da liderança do PSL. Ele convenceu a todos de que estava do lado de Waldire que assinaria a lista pedindo que este continuasse na liderança do governo na Câmara.

Após gravar a conversa, Silveira voltou ao Planalto e mostrou a Bolsonaro a gravação. “Ele ficou p… da vida”, disse.

Leia também: Briga entre vespa e cobra-coral por corpo de outra cobra viraliza; assista

O episódio acabou acirrando ainda mais os ânimos dentro do PSL e dividino os parlamentares entre os apoiadores de Bolsonaro e de Bivar. O próprio Delegado Waldir, após ser exposto pela gravação, acabou se retratando e contemporizando o caso.

Fonte: IG Política
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política Nacional

Projeto destina parte da arrecadação de loterias para fundo da criança e do adolescente

Publicado

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Homenagem aos 124 Anos do Clube de Regatas do Flamengo. Dep. Alexandre Frota (PSDB-SP)
Alexandre Frota, autor do projeto

O Projeto de Lei 46/20 destina 1,5% do montante da arrecadação de todos os concursos de prognósticos, sorteios e loterias realizados pela Caixa Econômica Federal para o Fundo Nacional da Criança e do Adolescente. O valor será calculado descontados prêmios líquidos, despesas administrativas e demais repasses já previstos em lei.

Além disso, a proposta destina ao fundo 12% da totalidade dos recursos de premiação das loterias realizadas pela Caixa não procurados pelos premiados.

Autor da proposta, o deputado Alexandre Frota (PSDB-SP) diz que a aprovação do projeto implicaria num acréscimo significativo das receitas destinadas ao fundo, que tem por finalidade precípua a promoção, proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente.

Em análise na Câmara dos Deputados, o texto altera a Lei 8242/91, que instituiu o fundo.

Tramitação A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Lara Haje
Edição – Geórgia Moraes

Fonte: Agência Câmara Notícias
Continue lendo

Política Nacional

Coronavírus: senadores usam rede social para divulgar medidas de prevenção

Publicado

Depois do primeiro registro de coronavírus no Brasil, na última terça-feira (25), os senadores usaram o Twitter para divulgar medidas que podem evitar o contágio da doença. O senador Luiz do Carmo (MDB-GO) disse que o importante neste momento é ter calma. Segundo o senador, o Ministério da Saúde tem estratégias para enfrentar a situação, e as medidas cabíveis já estão sendo tomadas.

— Vamos ser confiantes! Felizmente [o primeiro caso] foi identificado no início e as pessoas próximas do paciente já estão em observação — ressaltou.

Alvaro Dias (Podemos-PR) observou que, após a notícia do primeiro caso no Brasil, as reações negativas foram rapidamente registradas no mercado financeiro, com o dólar chegando a cotações acima de R$ 4,40. Ele destacou que medidas simples, porém bastante eficazes, como lavar as mãos com sabão após usar o banheiro, sempre que se chegar em casa ou antes de manipular alimentos, podem ajudar na proteção contra o coronavírus.

Para Eduardo Braga (MDB-AM), informação é a arma mais importante contra essa epidemia. Marcos do Val (Podemos-ES) lembrou os principais sintomas da doença: febre, tosse e dificuldade para respirar. Izalci Lucas (PSDB-DF) anunciou uma “Live” para esta quinta-feira (27), às 19h30, quando vai receber o infectologista André Bom para tratar de prevenção e sintomas de doenças virais — como coronavírus, dengue e outras.

O senador Marcelo Castro (MDB-PI), médico e ex-ministro da Saúde, também lembrou medidas que podem evitar o contágio. O senador, no entanto, alertou os seguidores para evitar “compartilhar mensagens que causem pânico na população, sobretudo se você não tem certeza de que não se trata de fakenews”. Major Olimpio (PSL-SP) ressaltou a importância da prevenção com doenças contagiosas, em especial o coronavírus.

— Saúde pública, saúde para todos acima de tudo! — defendeu o senador no Twitter.

Propostas

No início de fevereiro, o Senado aprovou o projeto (PL 23/2020) que regulamenta as medidas que devem ser adotadas pelas autoridades sanitárias em caso de emergência de saúde pública provocada pelo coronavírus. Entre outros pontos, o texto prevê isolamento, quarentena e fechamento de portos, rodovias e aeroportos para entrada e saída do país. Algumas dessas medidas já foram adotadas com os brasileiros que vieram da China e ficaram em uma base aérea em Anápolis (GO). Eles foram liberados no último dia 23, após 14 dias de isolamento.

Também está em tramitação no Congresso a medida provisória que abre crédito extraordinário, em favor do Ministério da Defesa, no valor de R$ 11 milhões (MP 921/2020). O dinheiro se destina às ações de “Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional Decorrente do Coronavírus”.

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) já aprovou a realização de audiência pública com a presença do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, para discutir as medidas adotadas pelo governo federal na prevenção do coronavírus em território brasileiro. O requerimento para a audiência, que ainda não tem data confirmada, é de autoria da senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA).

coronavirus2

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Agência Senado
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana