conecte-se conosco


Entretenimento

Almodóvar brinca com os limites da autoficção no lindo e delicado “Dor e Glória”

Publicado

Se o cinema de Pedro Almodóvar é para os íntimos, “Dor e Glória” é a exacerbação dessa realidade. Ainda que seja um filme delicado, sensível e de rara beleza por si só, o longa provoca efeitos muito mais perenes e inflexivos em quem tem familiaridade com o cineasta e sua filmografia.

Leia também: Almodóvar retorna à grande forma ao unir luto e culpa no melodrama “Julieta”

Dor e Glória
Divulgação

Imagem sobrepõe Antonio Banderas e seu diretor Pedro Almodóvar: autoficção Dor e Glória estreia nos cinemas nesta quinta (13)

A metalinguagem, como de hábito, é um elemento vital para Almodóvar, que em “Dor e Glória” brinca com os limites da autoficção para contar a história de um cineasta que enxerga no seu passado a salvação de seu presente.

Salvador Mallo, que deu a Palma de melhor ator a Antonio Banderas no último festival de Cannes, está aposentado para a surpresa de uma atriz com quem cruza logo no início do filme. “Eu faço tudo o que me oferecem”, diz ela. Ele, no entanto, se diz disposto a retomar o contato com um ator com quem não fala há mais de 30 anos para que juntos apresentem o filme que os uniu e separou em uma retrospectiva na filmoteca.

Leia Também:  Clique raro! Sandy aparece ao lado do filho em foto publicadapelo marido

Esse movimento de volta ao passado é uma constante para Salvador neste exato momento de sua vida. Ele passa a pensar mais em sua infância, em sua mãe, na educação católica que recebeu, em um grande amor do passado e tudo isso, aos poucos, vai devolvendo sua energia criativa.

Leia também: Almodóvar, Von Trier e os diretores que trabalham a sexualidade em seus filmes

A maneira como Almodóvar tece essa colcha de retalhos, no entanto, é simplesmente mesmerizante e profundamente afetiva. Dos devaneios de Salvador, que resolve descobrir tardiamente as drogas numa vaga tentativa de entender um ciclo específico de sua vida, à intensidade que afere a suas relações e criações, tudo é muito almodovariano no longa. Inclusive Banderas.

Cena do filme Dor e Glória
Divulgação

Cena de Dor e Glória: novo e imperdível filme de Almodóvar

Há certa predisposição na caracterização, dos figurinos ao gestual, mas é na minuciosa composição do ator que se vê uma carta de amor a Almodóvar. Não se trata de uma imitação ou um decalque, como muitas vezes acontece nos filmes de Woody Allen, mas um gesto de um ator a seu diretor, uma declaração tácita de admiração e uma inversão nos signos dessa cumplicidade. Almodóvar deixa que Banderas o observe, o expresse, para que possa finalmente trabalhar um comentário sobre si.

Leia Também:  Ex-vocalista do Raimundos chama Bolsonaro de “chucro e grosso” em entrevista

Essa autoficção não autorizada resulta em um filme cheio de poros e inflexões valiosas. Almodóvar não é o primeiro cineasta a abordar suas angústias de maneira livre em um longa-metragem, mas é aquele que o faz de maneira mais galvanizada.

Leia também: Exagero, cores, mulheres fortes: as marcas do cinema do espanhol Pedro Almodóvar

 “Dor e Glória” é um filme reconhecível para os fãs (as cores e as resoluções de tirar o fôlego estão lá), mas também é um impulso criativo de um artista que não tem medo de expor suas hesitações, falhas e inseguranças de maneira corajosa e até mesmo sedutora. É por tudo isso, um filme imperdível!

Ficha Técnica

Nome Original: Dolor y Gloria

Gênero: Drama

Duração: 113 minutos

Classificação Etária: 16 anos

Direção:  Padro Almodóvar

Roteiro:  Pedro Almodóvar

Elenco: Antonio Banderas , Leonardo Sbaraglia , Asier ExtendiaCecilia RothPenélope Cruz

Site oficial: www.eldeseo.es/dolor-y-gloria

Estreia: 13/06/2019

Fonte: IG Gente
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Entretenimento

Vegana e sem aposentadoria à vista, Sonia Abrão prepara livro sobre seus amores

Publicado

source

Há 13 anos comandando o “A Tarde é Sua”, vespertino diário da RedeTV! , Sonia Abrão acumula altos, baixos e momentos icônicos na televisão brasileira. Ao iG Gente , a apresentadora falou sobre sua carreira, projetos futuros e sua aposentadoria. 

Leia também: Ex-marido de Sonia Abrão passa por cirurgia no coração

Sonia Abrão arrow-options
Divulgação

Sonia Abrão

Sobre o saldo que tira dos anos no “ A Tarde É Sua ”, onde é a comandante, ela não pestaneja: “Profissionalmente, me amadureceu muito, o [programa] passou por várias fases, do tradicional feminino até o policial”, iniciou Sonia Abrão , que completou com humor: “Já me sinto pau pra toda obra”.

Leia também: Incansável! Sonia Abrão já acumula polêmicas com famosos em 2019

Um dos grandes nomes da TV, nem sempre Abrão ocupou uma bancada. Ao falar sobre o início de sua carreira, ela expõe uma saudade: a de retornar às coberturas jornalísticas.

“Tudo o que eu sonhava era ser repórter, sentir a adrenalina em busca da notícia, participar de grandes coberturas. O prazer de escrever uma matéria até hoje me faz falta. Nunca pensei em trabalhar em rádio e TV, mas como dizia Leminsky: ‘não brigo com o destino, o que vier eu assino’”, desabafou a apresentadora.

Leia Também:  Tráfico, prisão e mais: Belo chega aos 45 anos com polêmicas na bagagem

Por trás da jornalista

Sonia Abrão arrow-options
Divulgação

Sonia Abrão

Aos 61 anos de idade, diferente de muitas mulheres do universo televisivo, Sonia alega não ser ligada à vaidade. “Me incomoda perder tempo com maquiagem e cabelo antes de entrar no estúdio. Sei que é necessário, mas esse cuidado com imagem é o que me irrita na TV”.

“Me preocupo mais com a saúde. Virei vegana, emagreci 10kg, mas continuo sedentária”, completou admitindo que não têm problemas em eleger “preguiça” como seu substantivo mór. 

Ex-esposa do empresário Jorge Damião, Sonia evita falar sobre sua vida privada. À reportagem, ela se esquivou citando Lulu Santos: “Sou bem discreta, o que eu ganho, o que eu perco, ninguém precisa saber”.

Todavia, ao falar das relações atuais, ela assume uma postura interessante: “Sou independente, e se um homem tiver medo de mim por causa disso, não é homem pra mim”.

Bem sucedida, livre e independente, Sonia alega não ter medo de morrer, não agora. “Tive muito medo de morrer quando meu filho era pequeno. Hoje não mais! Só lamento que nossa passagem por aqui seja tão breve”. 

Leia Também:  Cinco séries que te fazem refletir sobre vários aspectos da vida

O futuro e Sonia Abrão

Sonia Abrão arrow-options
Divulgação

Sonia Abrão

Em paralelo à carreira de jornalista, Abrão mantém a de escritora. Sobre novidades na área, ela revela que um encarte de poemas está à vista: “Vem aí meu livro ‘Aos Homens que Amei’, poeminhas que retratam a mulher diante do amor, e o que esse sentimento desencadeia na vida de todas nós”. 

Leia também: Evaristo Costa diz que Sonia Abrão espalha fake news

Sucesso nas tardes da RedeTV! , ao falar sobre aposentadoria,  Sonia Abrão afasta qualquer possibilidade ou rumor e demonstra energia para continuar por muitos anos. “Nem vem! Sou muito nova pra me aposentar”.

Fonte: IG Gente
Continue lendo

Entretenimento

Amigo de Anitta a filma no chuveiro e ela diz que toma banho com Scooby

Publicado

source

Nesta terça-feira (20) Thiago Fortes , amigo de Anitta , filmou a cantora durante o banho. Enquanto filmava, o maquiador aproveitou para fazer algumas perguntas à cantora. 

Leia também: Anitta curte passeio de lancha em Ibiza com Pedro Scooby e amigos

Anitta arrow-options
Divulgação

Anitta


Leia também: Nem disfarça! Pabllo Vittar risca rosto de Anitta em capa de álbum

Ao ser questionada se toma banho com Pedro Scooby , seu atual namorado, Anitta respondeu que sim, mas que não o ajuda a se limpar: “Cada um sabe se lavar”. 

Fonte: IG Gente
Leia Também:  Diretor de “Bruna Surfistinha” rebate Bolsonaro: “Liberdade de expressão”
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana