conecte-se conosco


Esportes

Alemanha passa pela Nigéria e se classifica às quartas de final da Copa feminina

Publicado

Lance

Däbritz fez o segundo gol da Alemanha contra a Nigéria
Twitter/Reprodução

Däbritz fez o segundo gol da Alemanha contra a Nigéria

A Alemanha venceu a Nigéria por 3 a 0, neste sábado, e garantiu a classificação para as quartas de finais da Copa do Mundo feminina . Em um jogo marcado pela atuação do VAR, Popp, Däbtriz (de pênalti) e Schüller marcaram os gols da partida.

Leia também: No país onde futebol é “coisa de mulher”, Copa Feminina não empolga o público

A Alemanha espera o confronto entre Suécia e Canadá, que se enfrentam nesta segunda-feira, às 16h, para saber o rival na próxima fase. 

POPP HISTÓRICA

A Nigéria começou a partida mais ofensiva, mas, rapidamente, a Alemanha retomou o controle do jogo e passou a dominar os espaços. A equipe alemã abriu o placar com Popp. Após cruzamento, a atacante nem saiu do chão para cabecear e marcar de cabeça. Esse foi a centésima partida da jogadora com a camisa da equipe. O VAR revisou o lance e confirmou o tento.

Popp

Popp abriu o placar (Foto: Reprodução)

VAR MARCA PÊNALTI

Não foi apenas Popp que atingiu importante marca na partida. Ebionome se tornou a jogadora africana com mais participações em Mundiais, com 14 partidas disputadas. Apesar do feito, a defesa nigeriana continuava frágil e, no primeiro ataque após o gol, a Alemanha conseguiu um pênalti, marcado pelo VAR. Daebtriz converteu a cobrança e marcou seu terceiro gol na competição. A jogadora foi recém-contratada pelo PSG.

FALTOU ALGO MAIS

A Nigéria voltou para o segundo tempo disposta a diminuir o placar. As africanas demonstraram habilidade e bastante velocidade, principalmente pelos lados do campo, mas não conseguiram transformar as jogadas ofensivas em perigos efetivos para a defesa alemã.

Nigéria x Alemanha

Nigéria melhorou no segundo tempo (Foto: Reprodução)

CLASSIFICAÇÃO GARANTIDA

​Com o fim da partida se aproximando, a Alemanha passou a retomar o controle do jogo e ficou mais perto de ampliar do que a Nigéria de diminuir. A defesa nigeriana facilitou o processo. Ayinde saiu jogando errado e a bola sobrou para Schürlle, que não perdoou e marcou o terceiro para garantir a classificação.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Bragantino vence Guarani e conquista Troféu do Interior

Publicado


.

O Bragantino não chegou à final do Campeonato Paulista, mas mostrou que pode dar trabalho no retorno à série A do Campeonato Brasileiro. Com a vitória de 1 a 0 sobre o Guarani, na Arena Barueri, o time conquistou o Troféu do Interior pela primeira vez, garantindo vaga na Copa do Brasil de 2021 e ganhando uma premiação de R$ 360 mil. O gol foi marcado por Léo Ortiz, de cabeça, aos 31 minutos do primeiro tempo.

Dono da melhor campanha na primeira fase do Campeonato Paulista, o Massa Bruta foi eliminado pelo Corinthians nas quartas de final por 2 a 0. No Troféu do Interior, chegou à final após passar pelo Botafogo-SP, nos pênaltis, depois de empatar em 1 a 1.

Bragantino e Guarani entraram em campo com muita movimentação. As duas equipes buscavam o ataque desde o início em ritmo acelerado. O Bugre tinha mais volume de jogo, mas só conseguiu chegar com perigo aos 21 minutos. Lucas Crispim tabelou com Junior Todinho dentro da área adversária, chutou e acertou a trave do goleiro Cleiton.

O lance deu confiança ao Guarani, que começou a dominar o jogo, mas acabou tomando gol em um de seus grandes problemas na temporada: a bola parada. Após cobrança de escanteio pela direita, a bola passou por todo mundo e sobrou para Edimar na esquerda. Ele cruzou para Léo Ortiz, de cabeça, fazer o gol do título do Bragantino, aos 31 minutos.

Ouça na Rádio Nacional

Com a vantagem, o Bragantino diminuiu o ritmo no segundo tempo e o Guarani não conseguiu manter o volume de jogo. Assim, o Massa Bruta teve mais o controle da partida e chegava com perigo em contra-ataques. O panorama mudou a partir dos 20 minutos, quando Deivid recebeu o segundo cartão amarelo e acabou sendo expulso.

Mesmo jogando com um a menos, o Guarani passou a atacar mais o Bragantino e criou chances para empatar. Aos 28 minutos, Junior Todinho chutou dentro da grande área obrigando Cleiton a fazer grande defesa.

O Bugre se lançou ao ataque, e quase sofreu o segundo gol aos 38 minutos. Alerrandro tocou para Claudinho, que chutou rasteiro. Jefferson Paulino espalmou. Na sobra, Claudinho tocou para Vitinho, que finalizou. Bruno Silva conseguiu desviar para a linha de fundo, evitando o gol. O Guarani tentou o empate até o fim, mas o Bragantino segurou o resultado para conquistar o Troféu do Interior.

O próximo compromisso do Bragantino será no domingo (9), pela primeira rodada da série A do Campeonato Brasileiro, contra o Santos, na Vila Belmiro, às 16h. O Guarani entra em campo no sábado (8), contra o CSA, no Estádio Rei Pelé, em Alagoas, às 21h, pela primeira rodada da série B do Campeonato Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Esportes

Ginasta usa tecnologia para acompanhar treino da seleção em Portugal

Publicado


.

A seleção brasileira de Ginástica Artística inicia a terceira semana de dois meses de treinos previstos para a equipe dentro da Missão Europa do Comitê Olímpico do Brasil (COB), na cidade de Sangalhos, a pouco mais de 230 km de Lisboa. O grupo é formado por 10 atletas, mas uma ausência é muito sentida: Déborah Medrado, 18 anos, campeã dos Jogos Pan-americanos Lima 2019 e uma das principais lideranças do conjunto brasileiro.

Isto acontece porque a atleta aproveitou a pandemia do novo coronavírus (covid-19) e o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para realizar uma cirurgia no segundo metatarso dos pés esquerdo e direito.

Contudo, mesmo não estando em Portugal com as companheiras de equipe, a capixaba acompanha as atividades. “Desde o início da quarentena, nossos treinos eram virtuais. Infelizmente a Déborah não veio. Porém, para ela continuar conosco a colocamos no computador para fazer o mesmo treino”, explica Beatriz Linhares, que, assim como Déborah, conquistou um ouro (3 arcos e 2 maças) e dois bronzes (geral e 5 bolas) nos Jogos de Lima no ano passado.

“Estamos aqui, todas juntas novamente, e ela deve ficar um pouco sentida. Não queremos que ela desanime e estamos tentando, ao máximo, mesmo de longe, trazê-la para perto”, completa Bia, 17 anos, e que é natural de Florianópolis (SC).

Em relação aos trabalhos da equipe dentro do ginásio, apesar do longo tempo afastada, a seleção já nota uma evolução técnica e física. “Tivemos algumas dores musculares, o que é normal, mas [o retorno] não está sendo tão difícil pelo fato de estarmos muito empolgadas. Foi apenas uma pausa, agora voltamos aos treinos e estamos focando no nosso objetivo, que é lutar pela vaga olímpica”, declara Duda Arakaki, 16 anos, que esteve nos Jogos Olímpicos da Juventude de 2018, em Buenos Aires (Argentina).

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana