conecte-se conosco


Nacional

Advogado de egípcio suspeito de terrorismo diz que cliente é perseguido político

Publicado

source
Foto enviada pela defesa do egípcio Mohamed Ahmed Elsayed Ahmed Ibrahim arrow-options
Arquivo pessoal

Foto enviada pela defesa do egípcio Mohamed Ahmed Elsayed Ahmed Ibrahim

Na lista de suspeitos de envolvimento com terrorismo e procurado pelo FBI para interrogatório, o egípcio Mohamed Ahmed Elsayed Ahmed Ibrahim vai prestar esclarecimentos à Polícia Federal ainda nesta semana. De acordo com seu advogado, Musslim Ronaldo Vaz de Oliveira, Ibrahim é um perseguido político em seu país e atua no ramo moveleiro em Guarulhos, onde vive e está casado com uma brasileira.

O advogado nega envolvimento do egípcio com terrorismo. Afirma que Ibrahim ingressou no Brasil em 2018, quando saiu fugido do Egito.

O defensor contou ainda que Ibrahim pertence a um grupo que apoiava o ex-presidente Mohamed Mursi, então da Irmandade Muçulmana, que foi deposto do poder em 2013.

Segundo Oliveira, a polícia militar foi à casa do egípcio na madrugada de ontem para fazer uma busca, mas nada encontrou. Ele sustenta que não existe nenhum mandado de prisão ou investigação contra o egípcio.

Contou ainda que nesta manhã o egípcio chegou a se apresentar para depor na PF , na Lapa, na região central da capital paulista. Segundo ele, porém, a polícia preferiu agendar outra data para a oitiva, já que ainda não estava a par da situação.

Em nota conjunta, os ministérios da Justiça e das Relações Exteriores confiram que o egípcio entrou no Brasil em 2018, quando obteve a autorização de residência e hoje tem “condição migratória regular”, o que significa que o visto do estrangeiro é válido.

Fonte: IG Nacional
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Nacional

Bombeiro é um dos presos em operação contra pornografia infantil no Brasil

Publicado

source
computador com microícones arrow-options
Polícia do Mato Grosso do Sul

Material pornográfico foi encontrado no computador do bombeiro

A Polícia Federal prendeu na manhã desta terça-feira (18) um bombeiro aposentado de 51 anos por suspeita de armazenar materiais de pornografia infantil dentro de casa, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

O suspeito, que não teve identidade revelada, foi um dos alvos de mandados de busca e apreensão emitidos para 14 estados brasileiros e 4 países diferentes em combate à pornografia infantil e exploração sexual de crianças e adolescentes.

Leia também: Ação contra pornografia infantil e pedofilia mira 12 estados e quatro países

Com o bombeiro , segundo a polícia, foi apreendido um computador e um celular. Ele foi preso em flagrante. Um dentista de 41 anos também foi preso na cidade de Campo Grande na manhã desta terça. Todas as prisões são referentes à operação Luz na Infância.

Fonte: IG Nacional
Continue lendo

Nacional

Bolsonaro fala em “perícia independente” no corpo de Adriano da Nóbrega

Publicado

source
Miliciano arrow-options
Divulgação/Polícia Civil

Adriano da Nóbrega ainda não foi enterrado

O presidente Jair Bolsonaro cobrou nesta terça-feira uma “perícia independente” no copo de Adriano da Nóbrega , ex-capitão do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) do Rio de Janeiro suspeito de integrar uma milícia, que foi morto em uma operação da Bahia no último dia 9. Bolsonaro também voltou a levantar a possibilidade de que Adriano tenha sido executado.

Em publicação em redes sociais, Bolsonaro disse que “sem uma perícia isenta os verdadeiros criminosos continuam livres até para acusar inocentes do caso Marielle” — em uma possível referência ao fato dele próprio ter sido citado na investigação do assassinato da ex-vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

Leia também: Após solicitação do MPF, Adélio Bispo pode deixar presídio em Mato Grosso do Sul

O presidente fez o comentário ao compartilhar a notícia de que a Justiça decidiu que não é necessário preservar o corpo de Adriano.

Bolsonaro ainda questionou quem fará a perícia nos telefones apreendidos com o ex-capitão do Bope e levantou a hipótese de que mensagens e áudios podem ser forjados para acusar inocentes.

Fonte: IG Nacional
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana