conecte-se conosco


Política Nacional

Advogado de Ciro Nogueira defende impeachment de Bolsonaro: “serial killer”

Publicado


source
Advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, Kakay
Reprodução

Advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, Kakay

O senador Ciro Nogueira (PP-PI), prestes a assumir o Ministério da Casa Civil do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é defendido pelo advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay. Favorável ao pedido de impeachment do mandatário, Kakay considera “arriscada” a ida do senador ao governo Bolsonaro . As informações são da coluna Maquiavel , da revista Veja .

Kakay, crítico ferrenho da gestão Bolsonaro, é signatário do “superpedido” de impeachment protocolado na Câmara, que indica uma lista com 23 crimes que teriam sido cometidos pelo Chefe do Executivo. Além disso, o advogado apontou a prática de crimes de responsabilidade por parte do presidente.

“Defender o Ciro não diminui em nada a minha completa oposição ao governo Bolsonaro. Um governo que faz ode à morte, que é contra os direitos das mulheres e das minorias. É algo inacreditável um homem [Bolsonaro] que elogia a tortura”, afirmou Kakay. “Embora a gente não possa banalizar o instituto do impeachment, Bolsonaro tornou-se um serial killer”, acrescentou.

O líder do Centrão é alvo de cinco investigações originadas na operação Lava-Jato, sendo duas delas sigilosas . A Polícia Federal apura a suspeita de Nogueira beneficiar empreiteiras. De acordo com o advogado, há improcedência em todos os inquéritos.

Ainda, Kakay disse ao jornal que não está preocupado com a possibilidade de eventuais ataques de apoiadores do presidente comprometerem seu trabalho com o senador. “Por mais que as redes bolsonaristas tenham força junto ao Ciro, a minha advocacia técnica tem mais. Não haverá força nenhuma que possa abalar porque a minha defesa é 100% técnica.”

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política Nacional

Jair Bolsonaro testa negativo para covid-19

Publicado


source
O presidente Bolsonaro durante seu discurso na ONU
REPRODUÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

O presidente Bolsonaro durante seu discurso na ONU

O presidente  Jair Bolsonaro (sem partido) testou negativo para covid-19 neste domingo (26). A informação foi divulgada nas redes sociais e confirmada pelo Planalto. Bolsonaro fez o teste RT-PCR hoje pela manhã, considerado o mais preciso para detecção da doença.

Bolsonaro permanece em isolamento por recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Na semana passada, o presidente esteve na Assembleia-Geral da ONU, em Nova York. Durante a semana, membros da comitiva presidencial testaram positivo para a doença – um diplomata, Marcelo Queiroga, ministro da Saúde, e o filho do presidente, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Marcelo Queiroga ainda está em isolamento em Nova York. Ontem (25), ele precisou mudar de hotel. A previsão é de que ele retorne ao Brasil após o dia 5 de outubro, quando acaba o período recomentado de 14 dias.

O advogado-geral da União, Bruno Bianco, e a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, também estão com covid-19. Eles, no entanto, não integraram o grupo que foi aos Estados Unidos.

Continue lendo

Política Nacional

Presidente Bolsonaro testa negativo para a covid-19

Publicado


O presidente Jair Bolsonaro testou negativo para a covid-19. De acordo com a Secretaria Especial de Comunicação Social, o exame foi realizado na manhã de hoje (26), no Palácio da Alvorada.

O teste foi feito em função da viagem do presidente aos Estados Unidos para participar da 76ª Assembleia Geral da ONU. Na terça-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que integrou a comitiva, testou positivo para a covid-19. Queiroga cumpre quarentena em um hotel em Nova York. 

No discurso de abertura na ONU, Bolsonaro disse que o Brasil está trabalhando na atração de investimentos da iniciativa privada e que possui “tudo o que investidor procura: um grande mercado consumidor, excelentes ativos, tradição de respeito a contratos e confiança no nosso governo”. 

Além de fazer o discurso de abertura, o presidente se encontrou com o primeiro-ministro da Grã-Bretanha, Boris Johnson, para tratar das relações comerciais entre os dois países e o fortalecimento da parceria bilateral, e com o presidente da Polônia, Andrzej Duda, para tratar, entre outros temas, do acordo Mercosul-União Europeia.

Edição: Fernando Fraga

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana