conecte-se conosco


Mato Grosso

Adolescente participam de projeto para recuperação da nascente do Parque das Águas

Publicado

Os adolescentes da internação masculina e feminina, do Centro de Atendimento Socoeducacional (Case), se juntaram nesta sexta-feira (20.05), pela primeira vez, para o plantio de 500 mudas de árvores no Centro Político Administrativo, em Cuiabá. Esta foi a segunda etapa do projeto, iniciado no ano passado, para a recuperar as margens da nascente do córrego que abastece o Parque das Águas.

Antes do plantio, os internos participaram de uma palestra sobre preservação e recuperação do meio ambiente, sustentabilidade e técnicas de plantio de mudas arbóreas. No ano passado, três adolescentes participaram da primeira etapa do plantio de cerca de 120 mudas e, desta vez, foram 20 os internos envolvidos na ação.  

A ideia de envolver os menores no projeto partiu do secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, que acredita na construção de cidadãos. “A ideia é fazer com que os adolescentes reflitam sobre a importância da preservação do meio ambiente e o legado que podemos deixar para as futuras gerações. O plantio de árvores é de suma importância para a manutenção da vida”.  

A ideia deu certo. Um dos adolescentes, que participou do plantio no ano passado, ao chegar ao local procurou saber como estavam as mudas que ele havia plantado anteriormente e confessou que se envolveu com o projeto. “Eu estou aqui pela segunda vez e é gratificante, porque a gente quer saber do crescimento da planta e contribuir com o próximo é praticamente uma terapia”, disse Muriel.

A secretária adjunta de Justiça (Saju), Lenice Silva dos Santos Barbosa, contou que a ideia surgiu a partir da necessidade de recuperação da nascente que abastece o lago do Parque das Águas. “As construções aqui levantadas acabaram degradando a nascente, mas nossa ideia é transformar esse espaço em um bosque com a contribuição dos adolescentes”, lembrou.

Foram plantadas diferentes espécies de árvores frutíferas e nativas, para contribuir com a fauna e a flora da nascente. “Por se tratar de uma nascente urbana, trouxemos algumas espécies nativas e frutíferas, como amora, acerola, caju, angico, calabura e ipês, para sustentar o solo e atrair a fauna local”, explicou a engenheira florestal do projeto Verde Novo, Rosana Carnaíba.

O presidente do Instituto Ação Verde, Adilson Valera Ruiz, lembrou o significado que cada uma dessas árvores representará aos adolescentes envolvidos. “O que a gente traz para os meninos é a prática, poder plantar, ver a planta crescer e enxergar os benefícios para a sociedade. Então, essas plantas terão um simbolismo forte e é muito importante na vida de cada um deles”, explicou.

O vice-governador, Adriano Piveta, prestigiou o plantio, juntamente com os secretários, Alexandre Bustamante, Lenice Santos e parceiros envolvidos na ação. O projeto é uma iniciativa da Saju, em parceria com o Tribunal de Justiça, por meio do Juizado Volante Ambiental (Juvam), Instituto Ação Verde, projeto Verde Novo e Rumo Logística. 

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mato Grosso

Projeto que leva ‘banho solidário’, alimentos e assistência a pessoas em situação de rua é retomado

Publicado

As atividades da associação voluntária ficaram suspensas durante a pandemia. O projeto leva também serviço de corte de cabelo e serve refeições a essas pessoas.

Após dois anos com as ações suspensas por causa da pandemia da Covid-19, a Associação Beneficente Banho Solidário Cuiabá volta com o projeto que leva banho, corte de cabelo, roupas e calçados e refeições para pessoas em situação de rua em Cuiabá. O grupo pede doações e novos voluntários para que as ações continuem chegando às ruas.
O projeto funciona uma vez no mês, aos sábados. As ações começam às 16h e vão até às 20h.

O banho solidário funciona em um trailer com dois banheiros com chuveiros. No trailer, são disponibilizados produtos de higiene pessoal como toalhas e sabonetes para pessoas em situação de rua.

Cortes de cabelo são feitos na ação.

Os voluntários se dividem em uma equipe para corte de cabelo, outra para selecionar e separar as roupas que serão doadas e outra que cuida da alimentação.
É servido um lanche no início da ação e no final, às 19h30, é servido o jantar.
O projeto foi fundado em 2016 pelos irmãos Alex Vieira Passos e Heraldo Vieira Passos Júnior e tomou corpo se transformando em um Associação, hoje tendo como coordenadora geral Marta Costa .

Marta Costa, conta que atualmente cerca de 20 voluntários fixos atuam no projeto e outros participam apenas esporadicamente. “Precisamos muito de barbeiros ou cabeleireiros para corte de cabelo dos moradores de rua. Nós temos as máquinas de corte e os equipamentos, porém não temos muitos voluntários para essa parte do projeto”, afirma.

O jantar é servido no fim de cada ação .

Marta também relata que a associação precisa de doação de alimentos para preparar o jantar, doações de roupas e calçados em bom estado de conservação e recursos financeiros para custear as despesas com transporte de equipamentos e materiais de manutenção.
O próximo Banho Solidário está previsto para ser realizado no dia 20 de agosto. Segundo a coordenadora, a ação é feita uma vez no mês porque demanda muita estrutura e recursos.
“Precisamos do combustível, transportar o trailer e a caixa d’água, além de cinco veículos só para carregar a estrutura, como tendas, mesas e cadeiras”, explica.

“Vemos que é o lugar onde há mais demanda de pessoas em situação de vulnerabilidade, em situação de rua”, diz.
Durante a pandemia da Covid-19, as ações foram suspensas.

“Os nossos voluntários, em sua maioria, são idosos, então ficamos com receio. Alguns deles tiveram Covid e decidimos suspender as ações. Agora, retomamos o projeto”, diz.

O projeto foi fundado em 2016 pelos irmãos Alex Vieira Passos e Heraldo Vieira Passos Júnior e tomou corpo se transformando em um Associação, hoje tendo como coordenadora geral Marta Costa .

Marta Costa, conta que atualmente cerca de 20 voluntários fixos atuam no projeto e outros participam apenas esporadicamente. “Precisamos muito de barbeiros ou cabeleireiros para corte de cabelo dos moradores de rua. Nós temos as máquinas de corte e os equipamentos, porém não temos muitos voluntários para essa parte do projeto”, afirma.

_______

Para quem quer ajudar, as doações podem ser feitas na Imobiliária AB3, na Avenida das Torres, Bairro Santa Cruz, em Cuiabá, das 8h as 17h, de segunda a sexta-feira. Para doações via transferências e outras informações o contato é (65) 99211-6563.

Continue lendo

Mato Grosso

Pacote de R$ 180 milhões lançado por Dorner em Sinop, tem escola tempo integral; Obras começam na próxima semana

Publicado

O prefeito Roberto Dorner (Republicanos) lança, na próxima semana, mais uma grande obra que compõe a 1ª etapa do amplo pacote SINOP MAIS TRANSFORMAÇÃO: a escola de tempo, cuja construção terá início imediato no bairro Sabrina, contemplando a região dos Vilas (composta também pelo bairro Sebastião de Matos), terá investimento de pouco mais de R$ 20,4 milhões em recursos próprios.

“Temos esse compromisso com a população de Sinop, em transformar o município com obras que venham a contribuir para o crescimento da nossa cidade, da nossa população. A escola já está com o contrato assinado para começar a obras. É um sonho que está se tornando realidade”, destacou o chefe do Executivo municipal.

#https://www.sinop.mt.gov.br/

A empresa NG Engenharia e Construções LTDA, vencedora do certame licitatório, terá 540 dias (ou seja, cerca de 1 ano e 4 meses) para executar os trabalhos.  A estrutura prevista é de 16 salas de aula. A unidade educacional, que terá dois pavimentos, terá área construída de 5.965,18 m², contará com espaço integrativo; 5.252,13m² espaço verde; auditório para 208 pessoas; piso molhado com piscina; campinho de futebol; espaço para mesas de jogos; quadra poliesportiva; painéis de energia solar; laboratório de informática; laboratório de robótica; sala de empreendedorismo e biblioteca. A área total do terreno é de 12.171,19 m². Quando pronta, a unidade deverá atender aproximadamente 500 alunos.

A construção da escola em tempo integral é uma das 15 frentes de serviços que serão executadas nesta primeira etapa deste amplo pacote de obras denominado Sinop Mais Transformação, lançado na última segunda-feira (01).  Na ocasião, Dorner assinou a ordem de serviço com início imediato de pavimentação de 21km da Estrada Nanci, importante via do município. Nesta obra, estão sendo investidos R$ 33 milhões.  

A primeira etapa do Sinop Mais Transformação terá investimentos de R$ 178 milhões, incluindo ainda a duplicação da Bruno Martini, já iniciada e com investimentos de R$ 3,8 milhões; duplicação de 7 km da MT-140 (R$ 31,4 milhões); micro revestimento/lama asfáltica (R$ 18,7 milhões); 36 km de asfalto estrada Cruzeiro do Sul (R$ 39,6 milhões); construção de escola Nico Baracati (R$ 7 milhões); escola bairro Terra Rica (R$ 7 milhões); ampliação da EMEB Maria Aparecida Amaro (R$ 7,6 milhões); reforma completa da EMEB Armando Dias (R$ 1,3 milhões); ampliação do EMEI Elizete Dallabrida (R$ 737,2 mil); ampliação da EMEB Simão Flack (R$ 314 mil); reforma completa da EMEB Rodrigo Damasceno (R$ 709,2 mil); reformas de Unidades Básicas de Saúde (R$ 3 milhões) e recuperação de estradas rurais com o programa Arranca Safra (R$ 3 milhões).

 

“Essa é apenas a primeira etapa de um pacote que está só começando. Ainda temos o dobro de obras para lançar.  À população eu peço calma, porque estamos fazendo e vamos fazer muito mais por nossa cidade”, finalizou Dorner

Fonte: Prefeitura de Sinop

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana