conecte-se conosco


Policial

Acusado de mandar matar pecuarista e tentar duas vezes contra vida de empresário é preso no Pará

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Após 3 anos de investigação a Polícia Civil de Mato Grosso prendeu o principal acusado de mandar assassinar o pecuarista Almirante Fernandes Xavier, no município de Confresa (1.160 km a Nordeste), em 2017, e tentar duas vezes contra a vida de um empresário da cidade.

 O suspeito, Reginaldo José da Silva, foi preso na semana passada no município de Uruará, no Pará, em cumprimento de mandado de prisão expedido pela comarca de Porto Alegre do Norte (1.125 km a Nordeste). Além da prisão de Reginaldo José, o ex-cunhado Alcione Vieira Brito, 28 anos, apontado como autor dos crimes, foi preso na cidade de Confresa, há 20 dias.

O preso é ex-morador de Confresa e havia dias antes se desentendido com a vítima. Por conta disso, é Reginaldo é apontado como o mandante da morte do pecuarista Almirante Fernandes Xavier, após  emboscada quando chegava em sua propriedade rural, em Confresa. A vítima foi assassinada a tiros.

Além do homicídio de Almirante Xavier, Reginaldo também é acusado de dois atentados contra o empresário Liomar Severo Caixeta, morador de Confresa. As investigações desse crime apontaram para motivação passional. O acusado suspeitava de uma suposta traição de sua esposa com a vítima.

Reginaldo sabendo da suposta traição, contratou o então cunhado (Alcione Vieira Brito) para assassinar Caixeta, no dia 10 de dezembro de 2016.

A vítima sofreu o primeiro atentado em uma oficina mecânica no pátio do auto-posto bege. Almirante Xavier, que era amigo da vítima, passou a fazer uma investigação paralela para descobrir quem seria o mandante da tentativa de execução e acabou chegando até Reginaldo.

Segundo investigações da Polícia Civil, Almirante procurou Reginaldo para esclarecer os fatos e ambos entraram em atrito. A partir daí a morte do pecuarista foi arquitetada em vingança.

No dia 23 de março de 2017, o pecuarista Almirante Xavier foi morto a tiros. Um grupo de três pessoas esperava a vítima chegar em sua propriedade rural para executá-lo.

Após a morte de Almirante, o suspeito Reginaldo mudou de Confresa para o estado do Pará, mas mesmo assim ordenou um novo atentando contra Caixeta. A segunda tentativa de execução ocorreu no dia 12 de novembro de 2017, na chácara da vítima, quando dois homens em uma motocicleta chegaram ao local e fizeram diversos disparos contra o empresário que conseguiu fugir.

Pelos menos três pessoas foram identificadas como participantes e autores dos crimes. O grupo encarregado pelo homicídio e as tentativas são responsáveis por vários roubos na região de Confresa.

Os envolvidos foram encaminhados a Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte onde aguardam sob o poder da justiça.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Polícia Civil recupera carreta-trator com conjunto semirreboque roubada

Publicado


.

Assessoria | Polícia Civil-MT

Uma carreta-trator da marca Scania com conjunto semirreboque roubada foi recuperada pela Polícia Civil na noite de segunda-feira (13.07), na Capital, durante ação da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva).

O veículo foi localizado no bairro Distrito Industrial, em Cuiabá, após informações repassadas aos policiais civis que realizaram diligências por todo o trecho registrado ao longo do itinerário correspondente ao rastreio.

Próximo a um posto de combustível na Rodovia dos Imigrantes, os investigadores localizaram o conjunto veicular de cavalo e reboque. Em seguida, foi realizada uma varredura por todo o perímetro na busca pelos suspeitos.

Conforme apuração, no momento do roubo o veículo estava carregado com soja, porém, os indícios apontam que ocorreu o descarregamento da carga na região no Distrito Industrial de Cuiabá.

As investigações da Derrfva continuam para identificar e prender os autores do roubo, bem como para identificar o local onde a carga de soja foi descarregada e assim esclarecer os possíveis receptadores.

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Setores da Diretoria de Execução Estratégica passará por manutenção na rede telefônica

Publicado


.

Assessoria | Polícia Civil-MT

A Diretoria de Execução Estratégica (DEE) da Polícia Civil comunica que será feita a manutenção da rede telefônica nos dias 14, 15 e 16 de julho (terça-feira a quinta-feira), podendo assim implicar na falta de comunicação nos setores do 3º andar do prédio da Diretoria Geral.

A interrupção na telefonia nestes três dias poderá ocorrer nos setores da DEE: Coordenadoria de Planejamento Operacional (CPO), Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional (CDI), Núcleo de Ações Estratégicas (NAE), Gerência de Armas Explosivos e Munições e Assessoria Jurídica.

 

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana