conecte-se conosco


Política MT

Acusado de atrapalhar investigações dos grampos, ex-secretário passa a ser monitorado

Publicado

Delegado aposentado Rogers Jarbas passa a ser monitorado a partir da tarde desta segunda-feira

O juiz da 7º Vara Criminal de Cuiabá, Jorge Tadeu, determinou que o ex-secretário de Segurança Pública e delegado aposentado, Rogers Jarbas, seja monitorado por tornozeleira eletrônica. Ele passa a ser monitorado a partir desta segunda-feira (18), quando o equipamento será instalado no Fórum de Cuiabá. Jarbas é réu desde outubro por supostamente tentar atrapalhar as investigações sobre o esquema de grampo ilegais que ficou conhecido por “Grampolandia Pantaneira” quando ainda atuava com secretário estadual de Segurança Pública.

Ele tornou-se réu no último dia 17 por ter ameaçado o também delegado Flávio Stringueta no estacionamento de um supermercado em Cuiabá. Stringueta atuou na investigação do caso dos grampos. Ele chegou a ser preso em setembro de 2017, durante a deflagração da “Operação Esdras”, por suposta tentativa de atrapalhar as investigações sobre os grampos ilegais em Mato Grosso.

Além da tornozeleira, Rogers terá que cumprir outras medidas cautelares impostas pela Justiça, como se aproximar de outros investigados e estar em casa todas as noites, seja nos feriados ou nos finais de semana. Aos 45 anos, Rogers está aposentado como delegado desde o último dia primeiro de novembro, em ato assinado pelo governador Mauro Mendes (DEM).

Leia Também:  STJ nega pedido de promotor para suspender denúncia por vazamento de áudio de Silval com desembargador

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

CPI da Energisa estimula denúncias ao Procon-MT

Publicado

Foto: ELIEL TENORIO PEREIRA

A secretária-adjunta do Procon-MT, Gisela Simona, foi a segunda convocada a prestar esclarecimentos perante a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Energisa-MT, na tarde de quinta-feira (5), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). A CPI tem como objetivo investigar denúncias de abusos nas contas de energia elétrica, enxugamento nos quadros de funcionários e má prestação dos serviços oferecidos pela concessionária.

Gisela apresentou, durante a oitiva, em slides, dados que, segundo ela, comprovam diversas irregularidades cometidas pela empresa.

Entre os dados apresentados pela secretária, chama a atenção a constatação de que 82,6% das reclamações são de clientes se queixando de cobranças abusivas.

Outro fato revelado por Gisela sugere que a instauração da CPI para investigar a Energisa-MT tem estimulado o aumento das reclamações de clientes insatisfeitos com a empresa. Em 2015, quando a empresa começou a operar em Mato Grosso, foram registradas 5.359 reclamações. No ano de 2016, foram 5.707; em 2017, 5.699. Durante 2018, houve um leve aumento, ficando em 5.809; já em 2019, ano em que foi instalada a CPI, o número saltou para 8.285 reclamações.

Leia Também:  Juíza bloqueia quase R$ 65 mil de ex-deputado por uso de verbas da Assembleia para bancar viagens de familiares

“A Energisa tem cometido diversas irregularidades e uma das mais graves é ela não efetuar a leitura mensal, fazendo somente por estimativa. Saindo da sua faixa normal de consumo, o consumidor acaba pagando mais, pois em Mato Grosso o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) é escalonado, ou seja, quanto mais se consome, mais o cliente paga, de iluminação pública, ICMS e outros impostos. Outra coisa é não praticar a religação de urgência, dentro de 4h na área urbana e 8h na zona rural, após o cliente ter a energia cortada. Outro erro da empresa é não oferecer atendimento prioritário para seus clientes portadores de necessidades especiais. Essas são apenas algumas das infrações cometidas pela concessionária”, relatou Simona.

A secretária também explicou que o total de multas aplicadas contra a Energisa-MT já está em R$ 13.822.400,00. Mas, deste total, somente R$ 267.271,83 foram pagos.

"A Gisela Simona apresentou documentos que irão contribuir muito com o nosso trabalho de investigação. Trouxe dados que já sabíamos, como a Energisa ser a campeã em números de reclamações, e também informações novas, como o fato do Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso (Ipem-MT) estar entregando laudos sem assinatura, que não têm nenhuma legitimidade, podendo até ser adulterados. Essas e outras informações coletadas serão investigadas até chegarmos a uma resposta para a população mato-grossense”, disse Elizeu Nascimento, presidente da CPI da Energisa.

Leia Também:  ALMT faz audiência na quarta-feira para debater situação da Unemat

A comissão vai convocar representantes da Ager e da Defensoria Pública, para serem ouvidos na próxima oitiva.

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Energisa é composta pelo deputado Elizeu Nascimento, como presidente; Carlos Avallone (PSDB) como relator; Thiago Silva (MDB), vice-presidente; membros titulares Paulo Araújo (PP) e Dr. Eugênio (PSB). Os suplentes são os deputados Valmir Moretto (Republicanos),Valdir Barranco (PT), Romoaldo Júnior (MDB), Xuxu Dal Molin (PSC) e Dilmar Dal Bosco (DEM).

Fonte: ALMT
Continue lendo

Política MT

Deputados participam do projeto Arena Encantada

Publicado

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

A partir desta sexta-feira (6), as famílias mato-grossenses têm a opção de desfrutar da magia do Natal na Arena Encantada, lançada na quinta-feira (5), pelo governo do estado, na Arena Pantanal, em Cuiabá. O projeto foi realizado graças a parcerias importantes, como da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, que contribuiu com mais de R$ 1,5 milhão de recursos próprios e emendas parlamentares, conforme explicaram os deputados presentes no evento, Eduardo Botelho (DEM), presidente da ALMT, e Max Russi (PSB), primeiro-secretário da Casa de Leis.  

Aberto ao público das 18h às 23h, com entrada gratuita, os visitantes da festa natalina também terão a oportunidade de fazer o bem, doando alimentos não perecíveis no local. No próximo dia 17, a chegada do Papai Noel será mais um momento emocionante, especialmente para as mais de seis mil crianças da rede pública de Cuiabá e Várzea Grande.

Idealizada pelo governo, a Arena Encantada é o resultado do trabalho da primeira-dama Virginia Mendes, um espetacular parque natalino com mais de 4 mil m² de estrutura montada no complexo esportivo.

“Essa é uma festa realizada com muito carinho pela minha esposa Virginia, para que todos tenhamos neste fim de ano um período de muitas comemorações. A arena será o palco do Natal para as famílias mato-grossenses que passarão por aqui. Agradeço  de forma muito especial à Assembleia Legislativa, nas pessoas dos deputados Eduardo Botelho e Max Russi, que foram importantes patrocinadores desse projeto. Toda essa arena foi feita através de patrocínio para que pudéssemos entregar esse presente para as famílias”, disse o governador Mauro Mendes.

Leia Também:  Deputado propõe votação do Cota Zero para 2020

“É um momento importante e a população merece. O governador Mauro Mendes teve a iniciativa e nos procurou, conversei com todos os deputados e a Assembleia de pronto está participando desse evento muito importante para toda  a população. É uma satisfação muito grande!”, disse o presidente Botelho.

Ele também destacou que a ALMT disponibilizou R$ 1,5 milhão de recursos próprios para consolidar o projeto Arena Encantada. “É um momento mágico, de sonhos. Então, nada mais justo que fazermos um evento como esse para as pessoas que, muitas vezes, não têm um lugar para ir. Vêm aqui, trazem os filhos, para ver essa estrutura belíssima. Tenho certeza que irão gostar muito. A Assembleia Legislativa se sente honrada e feliz em poder propiciar isso à população, especialmente, à carente”, acrescentou Botelho.

De acordo com o primeiro-secretário, deputado Max Russi (PSB), a ajuda foi realizada graças à economia feita ao longo do ano. “Economia deu a oportunidade de sermos parceiros e colaborar para fazer o Natal diferente. Tenho certeza de que mais de 300 mil pessoas passarão pela arena, que tem que ser multiúso. As crianças vão achar tudo isso um momento inesquecível, com muito entretenimento”.

Leia Também:  Ministro do STJ nega recurso e mantém rescisão do contrato entre o Governo de MT e Consórcio VLT

Funcionamento – Aberta à visitação de domingo a domingo a partir desta sexta-feira (6) até o dia 5 de janeiro, a Arena Encantada acenderá as luzes e abrirá as portas sempre às 18h e o visitante poderá, até às 23h, experimentar a contagiante magia das festas natalinas em um circuito com instalações interativas e cenários e ambientes que recriam a história da mais emocionante festa cristã.

Uma das atrações mais aguardadas, no entanto, é a entrega de presentes, na chegada do Papai Noel. O bom velhinho chegará à Arena Encantada no dia 17 de dezembro para entregar brinquedos a 6 mil crianças carentes, selecionadas pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e pela Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

Fonte: ALMT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana