conecte-se conosco


Policial

Ação integrada prende nove pessoas envolvidas em roubo de mineradora em Nova Lacerda

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Nove pessoas envolvidas no roubo de uma mineradora, ocorrido na noite de sábado (28.11), no município de Nova Lacerda (644 km a oeste de Cuiabá) foram presas em flagrante em ação rápida das forças de segurança da região de fronteira, realizada menos de 24 horas do crime. Na ação foram apreendidos veículos, armas de fogo e dinheiro.

Os suspeitos foram autuados em flagrante pelos crimes de latrocínio tentado e associação criminosa.

 

Participaram dos trabalhos, as equipes da Policia Civil da Delegacia de Pontes e Lacerda, Comodoro, Vila Bela da Santíssima Trindade, Gerência de Operações Especiais (GOE), Polícia Militar, Grupo Especial de Fronteira (Gefron), com apoio do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

O crime ocorreu por volta das 22 horas, quando aproximadamente 15 homens chegaram à mineradora, a pé pela mata  e renderam os seguranças. Durante a ação, os criminosos agiram com estrema violência, efetuaram disparos de arma de arma de fogo e subtraíram uma caminhonete Toyota Hilux além de objetos das pessoas que trabalham no local.

Assim que foi acionada do roubo, a equipe da plantonista da Polícia Civil sob o comando do delegado João Paulo Berté acionou as demais Forças de Segurança que iniciaram as diligências e com bases em informações colhidas conseguiram identificar e prender alguns dos envolvidos nos crime.

 

Com os suspeitos foram localizados três veículos,  um Fiat Uno, um Fiat Palio e um Hiunday Santa Fé, além da caminhonete Toyota Hilux roubada da mineradora. Os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Pontes e Lacerda e confessaram a participação no crime, autorizando posteriormente buscas em suas residências.

Em continuidade as diligências foram realizadas as buscas nas casas, onde foram apreendidas armas de fogo, material para refino de ouro e R$ 6,9 mil em dinheiro, além de outros objetos de origem ilícita.

Segundo o delegado, João Paulo Berté, mesmo tentando ocultar suas identidades utilizando apetrechos como bala clavas no momento do crime, os suspeitos foram reconhecidos pelas vítimas por outros aspectos fiscos diversos dos rostos.

 

Ainda de acordo com o delegado, há cerca de 60 dias ocorreu um furto na mineradora, fato que teria sido praticado pelo mesmo grupo criminoso, demonstrando que os suspeitos tinham conhecimento do local.

“Em ação rápida e integrada das forças de segurança, foi possível identificar e prender parte do grupo envolvido no crime, que confessou que estava planejando o roubo há aproximadamente um mês. As investigações estão em andamento para prender os outros envolvidos no crime”, disse o delegado.

O secretario de Segurança Pública, Alexandre Bustamente, destacou que a ação integrada demonstrou mais uma vez que o crime organizado está perdendo espaço em Mato Grosso. “É mais uma mostra da eficiência da área de segurança no combate a crimes de grande monta procurando dar a resposta cada vez mais rápida, resultando na recuperação do patrimônio roubado e desarticulação do grupo envolvido na ação criminosa”, destacou.

 

 

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Polícia Civil prende três pessoas da mesma família e apreende grande quantidade de drogas em Cuiabá

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um homens e duas mulheres de uma mesma família atuantes no tráfico de drogas em Cuiabá, foram presas pela Polícia Civil por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), no final da tarde de sexta-feira (22.01). Além das prisões, o trabalho resultou na apreensão de duas armas de fogo, dinheiro, mais de 160 porções de droga, peças de maconha, além de pacotes de shank. 
 

Os três suspeitos foram autuados em flagrante pelos crimes de posse irregular de arma de fogo de uso permitido, tráfico de drogas e associação para o tráfico, após serem abordados pelos policiais civis em uma residência no bairro Nova Esperança I.

A equipe da DRE realizava diligências quando identificaram que membros de uma família vinham praticando a venda de substâncias ilícitas, bem como integravam uma facção criminosa instalada na região. Com base nas suspeitas o local passou a ser monitorado por dias, sendo constatado grande movimentação de pessoas usuárias no endereço.

Já no final da tarde de sexta-feira (22) a equipe avistou o momento em que um rapaz de bicicleta chegou na casa investigada, entregando e pegando algo com um dos suspeitos. Ato contínuo foi feita a abordagem do rapaz na bicicleta e localizada duas porções de pasta base de cocaína. 

Em seguida os policiais civis retornaram na residência onde foi encontrado fora da casa um frasco branco contendo várias porções de pasta base de cocaína. Na ocasião, o morador tentou reagir a ação policial, negando ser o dono da droga. No local havia duas mulheres, bem como em cima da bancada foi apreendido um pote com várias porções de maconha. Em um dos cômodos também foi localizado um recipiente de madeira com mais porções de maconha e no armário da cozinha mais porções da mesma droga. 

Ao todo foram apreendidas 164 porções entre maconha e pasta base de cocaína, embaladas e prontas para a venda, além de duas balanças de precisão, munição, ácido bórico, um pacote grande de shank, cadernos de anotações sobre o tráfico, duas espingardas, vários materiais utilizados para preparar o entorpecentes e a quantia de R$ 900 em dinheiro. Ainda nas buscas pelo terreno da casa, foi encontrado um buraco e dentro foi constatado um balde contendo duas peças inteira e outra metade de maconha. 

Diante do flagrante o suspeito, sua esposa e a cunhada, foram levados para a DRE junto com todo material apreendido, onde foram interrogados e autuados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de arma de fogo de uso permitido. Após a confecção dos autos, os conduzidos foram colocados à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Família presa por tráfico de drogas, dinheiro roubado e porte de armas

Publicado

Um homens e duas mulheres de uma mesma família atuantes no tráfico de drogas em Cuiabá, foram presas pela Polícia Civil por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE). Além das prisões, o trabalho resultou na apreensão de duas armas de fogo, dinheiro, mais de 160 porções de droga, peças de maconha, além de pacotes de shank.

Os três suspeitos foram autuados em flagrante pelos crimes de posse irregular de arma de fogo de uso permitido, tráfico de drogas e associação para o tráfico, após serem abordados pelos policiais civis em uma residência no bairro Nova Esperança I.

A equipe da DRE realizava diligências quando identificaram que membros de uma família vinham praticando a venda de substâncias ilícitas, bem como integravam uma facção criminosa instalada na região. Com base nas suspeitas o local passou a ser monitorado por dias, sendo constatado grande movimentação de pessoas usuárias no endereço.

Já no final da tarde de sexta-feira (22) a equipe avistou o momento em que um rapaz de bicicleta chegou na casa investigada, entregando e pegando algo com um dos suspeitos. Ato contínuo foi feita a abordagem do rapaz na bicicleta e localizada duas porções de pasta base de cocaína.

Em seguida os policiais civis retornaram na residência onde foi encontrado fora da casa um frasco branco contendo várias porções de pasta base de cocaína. Na ocasião, o morador tentou reagir a ação policial, negando ser o dono da droga. No local havia duas mulheres, bem como em cima da bancada foi apreendido um pote com várias porções de maconha. Em um dos cômodos também foi localizado um recipiente de madeira com mais porções de maconha e no armário da cozinha mais porções da mesma droga.

Ao todo foram apreendidas 164 porções entre maconha e pasta base de cocaína, embaladas e prontas para a venda, além de duas balanças de precisão, munição, ácido bórico, um pacote grande de shank, cadernos de anotações sobre o tráfico, duas espingardas, vários materiais utilizados para preparar o entorpecentes e a quantia de R$ 900 em dinheiro. Ainda nas buscas pelo terreno da casa, foi encontrado um buraco e dentro foi constatado um balde contendo duas peças inteira e outra metade de maconha.

Diante do flagrante o suspeito, sua esposa e a cunhada, foram levados para a DRE junto com todo material apreendido, onde foram interrogados e autuados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de arma de fogo de uso permitido. Após a confecção dos autos, os conduzidos foram colocados à disposição da Justiça.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana