conecte-se conosco


Política MT

Abílio diz que espera ajuda de Gisela caso seja eleito, mas nega que tenha oferecido cargo em troca de apoio

Publicado


Candidato recebeu oficialização do apoio da advogada esta manhã

O candidato do Podemos à Prefeitura de Cuiabá, Abílio Júnior, disse nesta quinta-feira (19), durante a declaração de apoio da ex-superintendente do Procon,  Gisela Simona (Pros), à sua candidatura, que o seu oponente, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), candidato à reeleição, também terá que demitir três mil servidores caso vença a eleição.

“Se o Emanuel ganhar, ele vai demitir três mil servidores, do mesmo jeito. Se ele ganhar e se eu ganhar, também, porque é uma determinação do Tribunal de Contas e do Ministério Público. A única diferença é que eu disse isso, o Emanuel não disse. Eu disse sem explicar, agora estou tendo tempo de explicar. O Emanuel não disse, mas se ele ganhar vai ter que fazer isso porque é uma questão de responsabilidade fiscal. Isso é reflexo da má gestão dele por quatro anos”, disparou.

Abílio Júnior adiantou que o apoio de Gisela Simona representa e muito para a disputa do segundo turno. “Ela é uma liderança e isso já foi provado nas urnas. É bom a gente ter apoio e voto de todo mundo de Cuiabá. A gente está num plano puramente ideológico. Defendemos causas que ela também defende. Gostaria muito que, se eleito, que ela nos ajudasse na administração, mas tem que ver quais são os projetos dela daqui para frente”, adiantou.

“Não estamos discutindo cargos, se a gente começar a fazer isso, vamos perder o nosso propósito. Por isso estamos conversando apenas sobre as ideias, planos e projetos. Vamos esperar, mas se ela quiser vir para a gestão, será muito bem vinda”, disse.

Conforme Abílio Júnior, “se alguém chegar e dizer Abílio, eu vou com você se me garantir espaço. Não vai ter, sou duro em relação a isso. Pretendo fazer uma administração de diálogo”, ponderou.

 

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política MT

Emanuel vai pedir que Mauro Mendes transfira para Cuiabá a gestão sobre o Distrito Industrial e Ilha da Banana

Publicado

Pautas deverão ser apresentadas em reunião que deve acontecer esta semana no Palácio Paiaguás [Foto – Luiz Alves]

O prefeito reeleito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) revelou nesta segunda-feira (30) algumas das reivindicações que apresentará ao governador Mauro Mendes (DEM), na reunião que deverá ocorrer esta semana no Palácio Paiaguas. O encontrou foi anunciado ao emedebista pelo secretário-chefe da Casa Civil Mauro Carvalho no final da noite de domingo (29) durante telefonema em que o parabenizou pela vitória no segundo turno.

“Ele [Carvalho] me parabenizou e reconheceu a vitória. Ele ficou de avisar e marcar com o deputado Emanuelzinho para a gente fazer o primeiro encontro entre o poder Municipal e Estadual”, disse.

Emanuel acredita que a partir dessa reunião, poderá iniciar uma nova fase de entendimento e parcerias entre o Governo e a Capital. “Quero discutir parcerias. O governador foi prefeito, sabe as dificuldades do município. Não precisamos ser amigos, nem do mesmo partido, nem mesmo do grupo político, mas ocupamos os cargos mais importantes do estado e temos que conversar, dialogar. Por Cuiabá eu faço tudo. Quero discutir com o governador e o deputado Emanuelzinho ações, obras, projetos e investimentos e parcerias do Estado com a nossa Capital”.

A reunião pode significar uma trégua entre os dois líderes políticos que trocam farpas desde o ano passado. Emanuel também falou sobre algumas das reivindicações que apresentará ao governador, entre elas, o repasse da responsabilidade de alguns pontos da cidade que atualmente são de incumbência do estado, como Distrito Industrial e o Largo do Rosário, conhecido como “Ilha da Banana”, na região central da Capital

“Quero pedir para ele que transfira a responsabilidade de alguns locais para o município Solicitar uma parceria para o programa Minha Rua Asfaltada. Quero pedir para agilizar a transferência do Distritito Industrial para Cuiabá. Quero pedir a gestão do Largo do Rosário, a popular Ilha da Banana, pois o espaço está abandonado e é um espaço tão simbólico para a história cuiabana. Quero urbanizar aquela região muito cara à cuiabania porque tudo começou ali. É o triângulo histórico da nossa cidade: Ilha da Banana, Morro da Luz e Beco do Candeeiro”, afirmou.

 

Continue lendo

Política MT

Presidente da Fecomércio parabeniza Emanuel Pinheiro pela vitória nas eleições 2020

Publicado

Após a definição em 2º turno de quem irá administrar a capital mato-grossense pelos próximos quatro anos, o presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IPF-MT, José Wenceslau de Souza Júnior, parabenizou o candidato reeleito e atual prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) pela vitória nas urnas contra o vereador Abílio Brunini (Pode).

Wenceslau Júnior afirmou, em ofício enviado ao prefeito de Cuiabá, que a entidade representativa do comércio espera que as relações de parceria sejam mantidas para o bom desenvolvimento econômico da cidade, fazendo da capital um lugar melhor para se viver.

Além disso, o presidente da Fecomércio-MT desejou ao prefeito sabedoria nas decisões e serenidade para conduzir a gestão em dias difíceis. “Nos colocamos à disposição para contribuir na construção de uma cidade cada vez mais promissora, moderna e digna para os cidadãos cuiabanos. Que juntos, possamos trilhar um caminho de respeito e união que alcance resultados efetivos e duradouros para todos”, enfatizou o presidente.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana