conecte-se conosco


Cuiabá

A sombra mortal da covid-19 paira hoje sobre Cuiabá”, alerta vereador Dr. Xavier

Publicado


.

Vereador cuiabano externou preocupação com o alastramento da doença em Cuiabá e Mato Grosso afora, mas frisou reconhecer o esforço da gestão municipal em reestruturar as unidades clínicas para ofertarem atendimento emergencial compatível à crítica situação de pandemia
&nbsp
O vereador Dr. Xavier disse hoje (2) ser imperioso que toda a população de Cuiabá colabore seriamente para acatar as medidas restritivas decretadas pelo município, que, a seu ver, são essenciais para preservar vidas humanas. “Não cabe, no presente momento, adotar nenhum impeditivo facilitador ao ingresso desenfreado do novo coronavírus na capital”, alertou. “Se as pessoas não colaborarem, é imprevisível o que pode acontecer: o lado sombrio desse vírus impera triunfante no Brasil e mundo inteiro”.
Dr. Xavier pontuou que a Câmara de Cuiabá está igualmente engajada nessa campanha preventiva, desdobrando-se em ações e cuidados triviais que a comunidade cuiabana precisa adotar dia a dia. “A guerra contra o coronavírus é uma batalha sem tréguas, e provocou reações de defesa também no âmbito parlamentar. Estamos fazendo a nossa parte em prol da comunidade,&nbsp focados em auxiliar a gestão municipal a consolidar barreiras eficazes contra essa doença. De parabéns, portanto, o prefeito Emanuel Pinheiro e o presidente do Legislativo Municipal, Misael Galvão, pelas medidas exitosas decretadas”.
Para o parlamentar, o avanço do coronavírus pode sofrer consecutivas baixas graduais se a conscientização comunitária sobrepujar qualquer descaso relativo ao seu poder letal. “Se todos colaborarem, lucidamente conscientes de que é um jogo de vida e morte, então vai ficar mais fácil cumprir as determinações oficiais das autoridades de saúde. O que não podemos aceitar é mais vidas sejam ceifadas pelo descuido de uma minoria em acatar as medidas impostas”.
Dr. Xavier fez questão ainda de ressaltar que o prefeito Emanuel Pinheiro tem se destacado à frente da “tropa de choque” da Saúde contra o novo coronavírus. “Não é uma missão fácil, sabemos. Mas, de forma determinada, a gestão tem conseguido recompor a estrutura de saúde como um todo, a despeito da limitação de recursos para otimizar a rede pública do município, segundo preconiza o Ministério da Saúde. Observamos existir contratempos impeditivos à boa ordem funcional desejada, é fato. Porém, é notório que o lado positivo da normalidade sempre prevalece nesse curso”.
Como exemplo, ele citou as recentes inaugurações do novo Hospital Municipal de Cuiabá e UPA(s), além da entrega de policlínicas e Unidades de Saúde da Família reformadas e ampliadas, algumas dotadas de gabinetes odontológicos – reivindicação de sua autoria. Dr. Xavier, que é odontólogo, afirmou que todo projeto de reforma de unidades de Saúde SUS deve encampar obrigatoriamente o dentista da família. “Já frisei isso ao prefeito e ao secretário Possas (Saúde) várias vezes. Continuo cobrando e sendo atendido. É uma vitória nossa a favor da população de baixa renda da capital. O último polo clínico beneficiado com odontologia foi a Unidade de Saúde da Família do Jardim Independência, reinaugurada dia 30 pelo prefeito Emanuel Pinheiro”.
João Carlos de Queiroz – Assessoria Gabinete Dr. Xavier

publicidade
6 Comentários

6 Comments

  1. Jaime

    02/07/2020 - 16:04 a 16:04

    A culpa é inteiramente da população?
    Quer dizer que ficar casa acaba com o vírus?
    Não precisa ter planejamento e prevenção?
    Não precisa ampliar leitos de UTI?
    Não tem dinheiro pra isso?

    Ora, não xinga o leão antes de atravessar a floresta “vereador”

  2. GALVÃO

    03/07/2020 - 05:50 a 05:50

    JÁ ESTÃO correndo atrás de votos? Exigir do prefeito as devidas providências, ficou desde o início em segundo PLANO.
    Agora aparecem os que estão preocupados com a saúde do POVO, bando de demagogos parasitas!!

  3. Nina

    03/07/2020 - 07:03 a 07:03

    Me poupe! Zero para essa administração e vereadores. Sabe qdo verão os votos dos q sobrarem?? Nunca Negligência mais uma vez.So Jesus na causa

  4. Sara Guarim

    03/07/2020 - 07:04 a 07:04

    Agora é fácil jogar palavras ao vento.o povo não tem culpa de nada.pegamos o vírus mesmo com luvas,máscaras ou o escambau.nem esse álcool impede que o vírus grude na nossa mão. Opovo que é burro,o povo nao sabe de nada.Hora, nem os cientistas mais inteligentes de todos os países mundial estao sabendo lidar com esse virus.prefeito nenhum e nem odonto nenhum sabe de nada.Fica em casa,morre em casa e contagia os de casa.sai de casa pega o vírus. Manda os velhos ficarem em casa.certo.mas o jovem,o novo,o adolescente sai e traz o virus pra casa.isto é a ironia de destino.morte certa pra muitos.

  5. Shirley

    03/07/2020 - 07:20 a 07:20

    É fácil ficar em redes sociais EXALTANDO O VIRUS, difícil é cumprir com a promessa de distribuir gratuitamente o KIT covid e fazer testes em massa, como.prometeu o prefeito, né vereador?!

  6. Shirley

    03/07/2020 - 07:24 a 07:24

    Meu sobrinho pegou o vírus, bateu de upa em upa, hospital em hospital e deu com a cara nas portas. Teve que fazer um plano de saúde rápido para que pudesse consultar um medico e pegar a receita para COMPRAR os medicamentos caríssimos já superfaturados das farmácias de manipulação! Ou seja, se não tiver dinheiro, MORRE!!!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cuiabá

Veja os dados do painel Covid-19 desta quarta-feira (5)

Publicado


.

Nesta quarta-feira (5), Cuiabá tem 13.048 casos confirmados de Covid-19 de residentes no município e 2.586 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital. Dos confirmados, 3.028 já estão recuperados da doença e houve 588 óbitos de residentes e 271 de não residentes.

Na rede hospitalar há 283 pacientes confirmados com Covid-19 internados, sendo 200 na UTI e 83 em enfermaria. Também estão internados 160 pacientes com suspeita da doença, sendo 75 na UTI e 85 em enfermaria. Do total de pessoas internadas em UTI, 173 são de residentes em Cuiabá e 102 de residentes de outros municípios. Do total de internados em enfermaria/isolamento, 124 pessoas são de Cuiabá e 44 de outros municípios.

Hoje Cuiabá registrou mais 9 óbitos, chegando a um total de 588 mortes. O prefeito Emanuel Pinheiro e o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho lamentam profundamente estes óbitos.

Segue abaixo a relação dos óbitos de residentes em Cuiabá:

-Mulher, 77 anos, internada em hospital público. Tinha hipertensão. Foi a óbito em 05/08.

-Homem, 70 anos, internado em hospital público. Tinha hipertensão e problema cardiovascular. Foi a óbito em 04/08.

-Mulher, 79 anos, internada em hospital privado. Tinha problema cardiovascular. Foi a óbito em 05/08.

-Homem, 76 anos, internado em hospital privado. Tinha hipertensão, obesidade e problema renal. Foi a óbito em 04/08.

-Mulher, 55 anos, internada em hospital público. Não tinha comorbidade. Foi a óbito em 04/08.

-Mulher, 80 anos, internada em hospital público. Tinha hipertensão. Foi a óbito em 04/08.

-Homem, 68 anos, internado em hospital público. Não tinha comorbidade. Foi a óbito em 05/08.

-Homem, 69 anos, internado em hospital privado. Não tinha comorbidade. Foi a óbito em 05/08.

-Homem, 77 anos, internado em hospital público. Tinha hipertensão. Foi a óbito em 05/08.

 

 

Continue lendo

Cuiabá

A pedido do Ministério Público, Ordem Pública fiscaliza área verde no Distrito Industrial

Publicado


.

Na tarde desta quarta-feira (5), agentes de regulação e fiscalização da Secretaria Municipal de Ordem Pública estiveram na Rua I, bairro Distrito Industrial, verificando uma denúncia encaminhada pelo promotor de justiça Gerson Barbosa, da Promotoria de Justiça de Defesa Ambiental de Cuiabá, sobre poluição de uma área verde pertencente ao Município. 

No local, os fiscais constataram que as margens da via encontram-se poluídas com lixo jogado pelas pessoas, inclusive um para-choque de carro, e a vegetação encontra-se queimada, o que é crime ambiental, previsto na Lei federal nº 9.605, que estipula como sanções multa e/ou reclusão de 1 a 4 anos. O Código Sanitário da Capital também proíbe a utilização de terrenos como depósitos de lixo.

Apesar disso, não foi possível lavrar nenhum tipo de instrumento fiscal porque o autor das infrações não foi identificado. Por isso, o gerente de fiscalização Rafael Mestre destaca a importância da participação popular na identificação dos responsáveis por poluir o meio ambiente. “É de suma importância, para que a fiscalização possa identificar o infrator, indícios e pistas do infrator, por exemplo, a placa do veículo, do caminhão. Tirando a foto da placa e mandando pra gente, a gente consegue puxar quem é a empresa responsável, tanto a pessoa jurídica quanto física, para nós procedermos na ação fiscal”, explica. 

Denuncie

A população pode ajudar a fiscalização da Secretaria de Ordem Pública pelo Disque-denúncia (65) 3616–9614, que atende de segunda a sexta-feira, em horário comercial. Nos demais horários, finais de semana e feriado, as denúncias devem ser feitas pelo 190.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana