conecte-se conosco


Mato Grosso

9 mil alunos do ensino básico aprendem sobre acidentes domésticos e de consumo

Publicado

Cerca de 9 mil crianças das escolas municipais de Mato Grosso irão participar de palestras e atividades de conscientização durante a Semana Mato-grossense de Orientação e Prevenção de Acidentes Domésticos. Os trabalhos, que foram iniciados na segunda-feira (24.06) e terminam nesta sexta-feira (28), visam reduzir as lesões que acontecem dentro de casa durante as férias escolares. As atividades são desenvolvidas simultaneamente em Cuiabá, Várzea Grande, Sinop e Rondonópolis.

Segundo os dados estatísticos da Rede Consumo Seguro e Saúde de Mato Grosso (Rcss-MT), a maior parte das ocorrências envolve quedas, queimaduras e cortes, causados por desatenção aos procedimentos de segurança ou acidentes de consumo. A situação, segundo a coordenadora da rede e agente do Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso (Ipem) Suziane Marchioretto, é narrada com frequência pelas crianças.

“Quando começamos a exemplificar as situações, muitas querem compartilhar o que já presenciaram ou viveram. Então, é comum casos de queda dentro do banheiro por não estar calçando chinelo, queda ao tentar alcançar objetos em armários e fogões”.

Outra situação corriqueira são os problemas com o uso de equipamentos como choque, baterias de celular que explodem e aparelhos que quebram. Em um dos casos que chamou a atenção de Marchioretto, a estudante narrou que a hélice do liquidificador quebrou enquanto a mãe fazia uma vitamina e por pouco o pedaço não foi engolido.

Leia Também:  Diretoria da MTI reúne servidores para alinhar ações da empresa

“Nestes casos, precisamos esclarecer que se trata de um acidente de consumo, ou seja, quando um equipamento traz lesões devido à problemas de fabricação ou manuseio, mesmo sendo respeitada as regras de uso do fabricante”.

A coordenadora do RCSS explica que quando chegam na sala, a primeira ação é explicar o que é o Instituto Nacional Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e para isto, tentam resgatar na memória dos pequenos o que já ouviram em telejornais sobre a autarquia. Em seguida, são apresentadas as regras para os brinquedos, enfatizando o selo, o entendimento da faixa etária e itens obrigatórios no rótulo.

Palestras são ministradas pelos agentes estaduais do Ipem e Procon

O diretor da Escola Municipal Silva Freire, Sérgio Henrique Lacerda, conta que os 380 estudantes (entre 04 e 10 anos) participaram das palestras. Ele diz que a ação foi positiva e de grande valia na formação da cidadania.

De acordo com Lacerda, os participantes absorveram e levaram para casa informações importantes sobre direitos e obrigações. Muitos dos consumidores mirins ainda não tinham conhecimento do que é garantia, validade e como agir quando algo errado acontecer. “É a primeira vez que participamos e se possível, queremos receber as atividades no próximo ano”.

Leia Também:  SES contrata equipes de enfermagem em Sinop e Sorriso

A semana

A Secretaria Adjunta de Defesa do Consumidor (Procon) é parceiro do Ipem na ação que começou em 2015. Naquele ano, foram atendidos 800 alunos e hoje, a quantidade passou para 9.676, o que representa um acréscimo de 1.100%.

Procon e Ipem fazem parte da RCSS, que tem o objetivo de executar e articular trabalhos preventivos e estratégicos relacionados aos acidentes de consumo. Dentro desta atribuição está ainda a conscientização sobre o registro dos casos no Sistema Inmetro de Monitoramento de Acidentes de Consumo (Sinmac).

Com abastecimento do sistema, o governo consegue obter estatísticas que subsidiem as estratégias de ação dos órgãos e entidades ligadas ao direito do consumidor.

Fonte: GOV MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Mato Grosso

Palestra incentiva a reflexão de servidores sobre a saúde mental

Publicado

Falar sobre saúde mental e incentivar a reflexão sobre o tema são o foco da palestra que a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), por meio da Secretaria Adjunta de Administração Sistêmica (SAAS), promoverá nesta quarta-feira (29), no auditório Clóves Vettorato, às 14h30.   

O evento será ministrado pelo psicólogo Douglas Amorim, e tem como público-alvo servidores do Mato Grosso Saúde, da Casa Civil, da Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Setasc) e da Seplag. As vagas são limitadas. Para participar basta se inscrever aqui.

De acordo com a secretária adjunta de Administração Sistêmica, Eliane Albuquerque, a palestra “Janeiro Branco – Reflexão sobre promoção da saúde mental e bem-estar” é um convite aos servidores para a reflexão sobre a vida, seus propósitos, emoções e comportamentos. Segundo ela, a escolha do mês para essa abordagem é estratégica, pois o começo do ano costuma ser um período de muita reflexão.

Inspirado no Outubro Rosa, o Janeiro Branco surgiu em 2014 e foi idealizado por psicólogos de Uberlândia, Minas Gerais. O objetivo da campanha é conscientizar sobre a importância da promoção e proteção à saúde mental.

Leia Também:  SES contrata equipes de enfermagem em Sinop e Sorriso

A Seplag, órgão central de gestão de pessoas, promove internamente a campanha Janeiro Branco e ações como palestra, caminhada no Parque das Águas e publicações com o tema estão programadas. Desde o início do mês estão sendo enviadas para o servidor da Seplag publicações para auxiliá-lo no zelo à saúde mental no ambiente de trabalho e demais áreas da vida.

Para esta semana (30) também está programada uma caminhada no Parque das Águas. Todos os servidores públicos, bem como seus familiares e amigos estão convidados. Para participar da caminhada não é necessária a inscrição. A atividade está prevista para iniciar às 17h30.

Outras informações pelo telefone (65) 99222-4568 – Coordenadoria de Segurança e Saúde no Trabalho da Seplag.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Após reforma, Hospital Metropolitano retoma cirurgias de alta complexidade

Publicado

Após passar por obras de readequação e modernização em sua estrutura, o Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, retoma as atividades de forma parcial, com a realização de cirurgias bariátricas, nesta segunda-feira (27.01). Para realizar os serviços de recuperação predial na unidade referência em cirurgia da obesidade, o Governo de Mato Grosso investiu cerca de R$ 1 milhão.   

Durante o período de obras, o hospital manteve atendimentos ambulatoriais, mas agora retoma a capacidade de procedimentos cirúrgicos e deverá, em 30 dias, realizar um esforço concentrado nas seguintes especialidades: Cirurgia Bariátrica; Colangiopancreatografia Retrógrada Endoscópica (CPRE) e Cirurgia Geral.

Apesar da reabertura dos serviços, outras etapas da obra de modernização continuarão sendo executadas na unidade de saúde.

De acordo com a direção da unidade, atualmente 90 pacientes, que correspondem à lista dos meses de novembro, dezembro de 2019 e janeiro deste ano, estão aguardando para realizar a cirurgia bariátrica.

Esse quantitativo foi gerado devido ao tempo em que o centro cirúrgico do hospital passou por readequações. O Hospital realiza até 30 cirurgias bariátricas mensais.

Leia Também:  SES contrata equipes de enfermagem em Sinop e Sorriso

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, visitou o hospital na manhã de domingo (26.01) para conferir o andamento da realização dos serviços de reforma.

“Essa ação é parte do programa de modernização da infraestrutura da rede hospitalar do Governo do Estado. Estamos fazendo uma grande transformação no Hospital Regional Metropolitano, unidade que atende às demandas de todo o Estado, sobretudo da baixada cuiabana”, disse o secretário.

As readequações abrangeram os espaços internos da recepção, setor administrativo, pronto-atendimento, ambulatório, centro cirúrgico, UTI, CME e enfermarias. As obras foram realizadas conforme normas vigentes do Ministério da Saúde e apontamentos de inspeções realizadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a fim de habilitar o hospital como referência na realização de cirurgia bariátrica.

Serviço

O Hospital Metropolitano é credenciado pelo Ministério da Saúde para prestação do serviços de atendimento à pessoa com obesidade e atende aos 141 municípios em Mato Grosso. A unidade fica localizada na rua Dom Orlando Chaves, S/N – Bairro Cristo Rei, em Várzea Grande.

Leia Também:  Homem é preso com 15 quilos de droga escondidos em bagagem

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana