conecte-se conosco


Geral

Estado pagará R$ 1,9 milhão ao mês por custeio de UTIs do Hospital Municipal de Cuiabá

Publicado

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), cofinanciará o custeio de 40 leitos de UTI adulto no Hospital Municipal de Cuiabá. A decisão foi pactuada em Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

Os leitos já estão em processo de habilitação junto ao Ministério da Saúde. No entanto, enquanto não houver a efetivação de repasses financeiros por parte do Governo Federal, o Estado irá financiar o funcionamento desses leitos.

“Após o esforço mútuo das áreas técnicas da SES, que se empenharam na reorganização de fluxos financeiros, foi possível atender à solicitação de cofinanciamento. Entendemos que essa é uma demanda importante e que deve ser priorizada”, disse o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Durante o período em que os leitos funcionarem sem a habilitação pelo Ministério da Saúde, o Governo de Mato Grosso repassará R$ 1,7 mil pela diária do leito ocupado – o equivalente a cerca de R$ 1,9 milhão por mês.

A Portaria prevê que o financiamento integral ocorrerá até dezembro de 2021, prazo para que haja a habilitação junto ao Governo Federal. A partir de janeiro de 2022, o Estado passará a confinanciar R$ 743 pela diária de cada leito.

O valor a ser repassado está condicionado à ocupação dos leitos, mediante prestação de contas. Os leitos também deverão estar disponíveis por meio da regulação do Sistema Único de Saúde (SUS).

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

MT registra 2 mortes e 373 novos casos de Covid em 24hs; total de óbitos é de 13.906 e 528 mil pacientes recuperados

Publicado

Há 80 internações em UTIs públicas e 39 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 29% para UTIs e 7% em enfermarias

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sexta-feira (22), 544.943 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.906 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 2 mortes e 373 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 544.943 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.793 estão em isolamento domiciliar e 528.656 estão recuperados. 

Devido à manutenção na base de dados do sistema oficial do Ministério da Saúde, não foi possível publicar o Ranking da Vacinação em Mato Grosso nesta semana. A perspectiva é de que o Ranking seja atualizado até a próxima terça-feira (26).

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 80 internações em UTIs públicas e 39 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 29,09% para UTIs adulto e em 7% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (113.073), Várzea Grande (40.147), Rondonópolis (38.252), Sinop (26.272), Sorriso (18.392), Tangará da Serra (17.794), Lucas do Rio Verde (15.697), Primavera do Leste (14.781), Cáceres (11.923) e Alta Floresta (10.790).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 404.835 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 85 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na quinta-feira (21.10), o Governo Federal confirmou o total de 21.697.341 casos da Covid-19 no Brasil e 604.679 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.680.488 casos da Covid-19 no Brasil e 604.228 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta sexta-feira (22).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Continue lendo

Geral

PM Ambiental apreende 350 kg de pescado ilegal na Feira do Porto, em Cuiabá

Publicado

O pescado apreendido foi doado ao Abrigo Bom Jesus e à Comunidade Terapêutica Tenda de Abraão [Foto – PMMT]

O Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental apreendeu 350 kg de pescado ilegal, nesta quinta-feira (21), na Feira do Porto, em Cuiabá. O comerciante foi localizado e autuado por transporte e comércio ilegal de pesca.

Segundo o boletim de ocorrência, por volta das 17h, policiais do batalhão ambiental receberam uma denúncia anônima sobre um carregamento de pescado ilegal que seria entregue em um box no bairro do Porto. Os policiais foram até o local e identificaram três freezers lacradas no referido box.

A equipe da PM entrou em contato com o responsável administrativo do Mercado do Porto, que auxiliou a localizar o proprietário do estabelecimento. Por telefone, o comerciante confirmou a receptação do carregamento de peixe e confessou não possuir a documentação referente ao pescado, se negando ainda a comparecer.

A carga apreendida foi doada às intuições: Abrigo Bom Jesus e Associação e Comunidade Terapêutica Tenda de Abraão. Os policiais confeccionaram o auto de infração ao proprietário do box, que responderá por crime ambiental.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana