conecte-se conosco


Registro Geral

Longe do “tiroteio” entre as poderosas da “cidade industrial”, casal Campos deve se mudar para Cuiabá

Publicado

Ex-prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos, e o esposo, senador Jayme Campos, após 40 anos morando na cidade, devem se mudar para a Capital

Enquanto a primeira-dama de Várzea Grande, Januária Dorilêo, e a esposa do vice-prefeito, Karol Hazama, protagonizaram verdadeiro barraco na mídia, o casal Lucimar Campos, ex-prefeita, e o senador, Jayme Campos (DEM), padrinhos do atual prefeito e o vice, Kalil Baracat e José Hazama, respectivamente, segundo fontes da coluna, devem se mudar da “cidade industrial” ainda este ano. De acordo com a mesma fonte, o novo endereço de Jayme e Lucimar seria a cobertura de um apartamento luxuoso, em Cuiabá. Eles serão vizinhos do mega pecuarista, Renê Barbour Júnior, o Renezinho, filho do falecido e milionário ex-deputado estadual que tinha o mesmo nome. No entanto, os Campos vão preservar os laços de quatro décadas com a terra de Couto Magalhães. O escritório político de Jayme permanecerá no bairro Ipase, bem como o Instituto Jayminho, presidido por Lucimar e que fica ao lado do “QG” do marido.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Registro Geral

Jayme é acusado de “sentar em cima” do processo das rachadinhas para proteger filho de Bolsonaro

Publicado

Segundo ventilado pela imprensa nacional, senador, Jayme Campos (DEM), estaria manobrando como presidente da Comissão de Ética do Senado, com claro objetivo de proteger o colega senador, Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), acusado de liderar esquema das rachadinhas na ALERJ

Apesar da pressão exercida pela sociedade brasileira, o senador, Jayme Campos (DEM), vem “toreando” como pode para livrar o colega, Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), o Zero Um, de uma possível punição no caso das “rachadinhas”, onde o filho do presidente Jair Bolsonaro é acusado pelo Ministério Público de desviar dinheiro da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, através de funcionários fantasmas, empregados em seu gabinete na época em que Flávio ocupava o cargo de deputado estadual. Jayme que preside o Conselho de Ética do Senado, é acusado de sentar em cima do processo contra filho do chefe do Alvorada. O Pedra culpa a pandemia pelo atraso nos andamentos da apuração do caso, mas a suspeita é de que ele faz corpo molepara proteger o primogênito do presidente.

Continue lendo

Registro Geral

Para evitar morticínio de Manaus, Lúdio Cabral quer lockdown de 15 dias em Mato Grosso

Publicado

Deputado estadual, Lúdio Cabral (PT), alerta Executivo para um possível colapso do sistema de saúde, em fevereiro, por conta do avanço descontrolado da pandemia causada pelo coronavírus, em MT

O deputado estadual e médico sanitarista Lúdio Cabral (PT) enviou, nesta quinta-feira (21), um ofício ao governador Mauro Mendes (DEM), requerendo que sejam decretadas as medidas de restrição de circulação de pessoas e aglomerações previstas na classificação de risco muito alto do Decreto Governamental 522/2020, com quarentena em todo o território estadual e fechamento de atividades não essenciais. “Se não forem adotadas quarentena rigorosa por no mínimo duas semanas, o que está acontecendo hoje no Amazonas pode acontecer em Mato Grosso em poucas semanas”, alertou Lúdio. Ele destacou que o número de casos novos e de óbitos por Covid-19 em Mato Grosso está em crescimento acelerado e chegou a uma média móvel (de 7 dias) de 1.374 casos novos e 21 óbitos na quarta-feira (20). A taxa de contágio também está em crescimento e alcançou o índice de 1,25, o que significa que cada 100 pessoas transmitem a doença para outras 125.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana