conecte-se conosco


Turismo

3 países em uma só viagem: quais as vantagens de um cruzeiro pelo Mediterrâneo?

Publicado

Navegar pela Europa permite ao viajante conhecer lugares com culturas singulares, desfrutar de experiências distintas únicas e curtir ao máximo suas atrações turísticas. Há diversos destinos que podem ser explorados por lá – e uma das possibilidades existentes para aproveitar o continente é fazer um cruzeiro pelo Mediterrâneo.

Leia também: Malas, documentos e mais: prepare-se para encarar um cruzeiro sem problemas


MSC Seaview
Divulgação/MSC Cruzeiros

Quer fazer um cruzeiro pelo Mediterrâneo? Confira quais atrações você não pode perder em Espanha, França e Itália

Espanha, França e Itália são alguns dos países banhados pelo Mediterrâneo. Para conhecê-los, você pode programar uma viagem para cada um deles separadamente. No entanto, existe outra possibilidade de visitar os três locais – e com muitas vantagens – ao seguir um roteiro único por meio de um cruzeiro pelo Mediterrâneo .

Algumas empresas oferecem esse serviço e, entre elas, está a MSC Cruzeiros. De acordo com a companhia, o trajeto mencionado acima é um dos mais procurados pelos brasileiros. Ele é oferecido pelo Transatlântico MSC Seaview. Isso significa que, em apenas uma viagem, que dura sete noites, você poderá passar pelos três países.

O que conhecer em cada parada do cruzeiro pelo Mediterrâneo? 

Cannes – França


Cannes
Divulgação/MSC Cruzeiros

Cannes, na França, é uma das paradas feitas pelo MSC Seaview durante o cruzeiro feito no Mediterrâneo por sete noites

Os principais pontos turísticos de Cannes são a prefeitura da cidade (Mairie de Cannes), um prédio que tem uma praça em frente, a Boulevard de La Croisette, famosa avenida na orla de Cannes, e o Palais des Festivals, que é o local onde se realiza o Festival de Cinema de Cannes e também o de propaganda, o Cannes Lions.

O turista também pode apreciar a arquitetura do Intercontinental Carlton Cannes, hotel mais famoso da orla, passear pela Le Suquet, uma ladeira histórica famosa pelos restaurantes, e visitar o Musée de La Castre, que é uma construção medieval com um mirante voltado para o porto de Cannes. 

Palma de Maiorca – Espanha 


Palma de Maiorca
Divulgação/MSC Cruzeiros

Na Espanha, uma das paradas é em Palma de Maiorca; veja as atrações turísticas e saiba o que você deve conhecer por lá

O hóspede pode visitar o Castelo de Bellver, um forte histórico construído em estilo Gótico, conhecer o interior da Catedral Gótica, construída em 1230 sobre as fundações de uma antiga mesquita, ou ir até o Palácio de Almundaina e La Lonja (a cidade velha). Outra atividade é vivenciar as tradições espanholas mantidas vivas na Plaza de Toro. 

Vale ainda e visitar a fábrica de pérolas, onde acontece a criação de imitações de pérolas. As pérolas de Maiorca são fabricadas na ilha desde o Século XIX e são famosas no mundo inteiro por sua qualidade. Isso porque somente os especialistas conseguem distingui-las das pérolas verdadeiras. 

Leia também: Operadora lança cruzeiro de volta ao mundo em 180 dias a partir de R$ 158 mil

Quem tem interesse em geologia e fenômenos naturais não pode deixar de visitar a Caverna do Dragão, complexos de grutas criados pela erosão do mar. Com 2 km de extensão, as grutas apresentam uma série de lagos, entre eles o Lago Martel, o maior lago subterrâneo do mundo. O ambiente etéreo é reforçado por um concerto executado em pequenos barcos. 

Barcelona – Espanha


Barcelona
Divulgação/MSC Cruzeiros

Parc Guell, parque de Barcelona, na Espanha, está entre as opções de pontos turísticos para aproveitar ao descer do navio

Em um passeio pela cidade, é possível visitar o Monumento a Colombo, situado no fim da avenida La Rambla, famosa por ser repleta de vendedores de flores, artistas de rua e músicos. Nessa avenida fica o Mercat de la Boqueria, o mercado público de Barcelona, que possui diferentes aromas e gostos. 

Dentre as atrações também está a Passeig de Gràcia, com atenção para marcos importantes como a Sagrada Família, Praça da Catalunha, Casa Milà e Casa Batlló, todas projetadas por Antoni Gaudí, além de passeio por boutiques peculiares, lojas de antiguidades e barzinhos de tapas no bairro gótico. 

Outro ponto turístico projetado por Antonio Gaudí é o Parc Guell, o parque mais famoso de Barcelona. Os viajantes podem ainda visitar o Estádio Camp Nou, que é o estádio do Barcelona Futebol Clube. Para quem curte praia, não pode deixar de ir à Praia Barceloneta, com uma areia clara e um mar tranquilo. 

Ajaccio – França


Ajaccio
Divulgação/MSC Cruzeiros

Ajaccio é outro ponto de parada feito pelo transatlântico MSC Seaview, mas, dessa vez, a cidade fica na França

 Um dos principais prédios de Ajaccio é a Maison Napoleón, local onde Napoleão nasceu e viveu até os nove anos. Hoje, o lugar é um museu que reproduz a residência, com mobília, esculturas e pinturas da época. Próximo de lá, fica a Catedral, onde Napoleão foi batizado. Perto dali fica a Place de Gaulle, uma estátua que o homenageia. 

Os viajantes também podem passear pela Rue du Cardinal Fesch, a rua de pedestres mais conhecida de Ajaccio, que tem uma aparência mais italiana. O passeio pelos Calanques também deve fazer parte. Ir até o norte das montanhas onde é possível tirar fotos do Golfo do Sagone e do mar, na Passagem de San Bastiano. 

Lá, o viajante também passará por vilas e estâncias que salpicam a baía de Liscia, durante a viagem até a pitoresca vila de Córsega, que foi fundada pelos descendentes dos imigrantes gregos à Córsega no final do século 18. Uma breve parada na vila permite que as pessoas admirem duas igrejas, uma católica e outra ortodoxa. 

A Calanques de Piana, enseada acidentada, esculpida em granito vermelho por vento e água, possui um pequeno caminho que leva até formações de pedra com curiosos nomes, como Coração dos Amantes, Bispo do Trono, A Águia e Cabeça de Cachorro. 

Gênova – Itália


Gênova
Divulgação/MSC Cruzeiros

Um dos passeios em Gênova, na Itália, é o bairro Boccadesse, cheio de casas coloridas dos moradores pesqueiros do porto

Dentre as principais atrações de Gênova estão o centro histórico da cidade, Porta Soprana, o trecho mais famoso das muralhas remanescentes da cidade, a Catedral de St. Lawrence, o Palácio de St. George, os monumentos em Victoria Square, os gramados exibindo as caravelas de Colombo em flores, a principal Via XX Settembre e ponte e a casa de Colombo. 

No resplandecente Palazzo del Principe, do século XVI, o viajante tem a oportunidade de conhecer o edifício histórico com seus afrescos, tapeçarias, obras de arte dos grandes mestres e outros tesouros ocultos. Também é interessante visitar a arena coberta Fiera del Mare e o complexo de exposições, depois de passar por Albaro. 

Lá, é possível ver a Piazza Tommaseo, a Piazza Vittoria, e a histórica Piazza de Ferrari, praça principal de Gênova. Coloque no itinerário uma visita ao Castelletto Hill para vistas esplêndidas do mirante, um local legal para tirar algumas fotos. Outro passeio é andar pelo bairro Boccadesse, cheio de casas coloridas dos moradores pesqueiros do porto. 

La Spezia – Itália


La Spezia
Divulgação/MSC Cruzeiros

Em La Spezia, na Itália, vale visitar o Museu Cívico, que apresenta exposições históricas, como mapas e documentos

As principais atrações são a nova catedral, consagrada em 1975, a cidade velha e a Abadia de Santa Maria Assunta, do século XIII, cujas diversas restaurações e esculturas de mármore no interior servem para indicar a história de La Spezia, a Via del Prione a caminho do Castello di San Giorgio, do século XIII. 

Vale também incluir o  Museu Cívico, no mesmo local, fundado em 1873, e que, atualmente, apresenta exposições zoológicas e históricas, incluindo mapas, documentos, pergaminhos e artefatos encontrados no vizinho sítio arqueológico de Lunigiana. 

Outro passeio que pode ser feito é visitar a Zona Rural Toscana, na pequena cidade de Lucca, que oferece uma viagem de volta no tempo. Uma caminhada pelas ruas históricas levará você pela Piazza dell’Anfiteatro, construída no local do antigo anfiteatro romano, a caminho de uma visita ao interior da Igreja de San Michele em Foro. 

Mencionada pela primeira vez já no ano de 795 d.C., reconstruída depois de 1070 por ordem do Papa Alexandre II e, finalmente, com a atual fachada ornada no século XIII, a igreja apresenta uma nave, dois corredores, uma abside semicircular e janelas maineladas. 

A seguir, o viajante pode visitar a Catedral de San Martino de Lucca, cuja construção começou em 1063 em estilo romano, embora, hoje, o edifício seja gótico, devido ao trabalho de restauração realizado no século XIV.

Outras atrações


MSC Seaview
Divulgação/MSC Cruzeiros

Além dos pontos turísticos das paradas, os visitantes também podem aproveitar as atrações internas do MSC Seaview

Além de todos os passeios que são feitos nas paradas do cruzeiro pelo Mediterrâneo, o viajante pode curtir o interior do  MSC Seaview , que tem capacidade para 5,3 mil hóspedes e foi inspirado nos condomínios de praia de Miami.

Leia também: O que fazer nos navios da MSC Cruzeiros?

Quais os pacotes para o cruzeiro pelo Mediterrâneo?


MSC Seaview
Divulgação/MSC Cruzeiros

Ficou interessado em fazer um cruzeiro pelo Mediterrâneo e aproveitar tudo que a viagem tem a oferecer? Saiba valores

Chegou a hora de saber os  pacotes de cruzeiros . O embarque para desfrutar de todas essas atrações é feito nos portos de Barcelona, na Espanha, Gênova e Civitavecchia, na Itália, e em Cannes, na França. As viagens vão até novembro de 2019. O viajante pode optar por comprar o pacote completo ou apenas o cruzeiro diretamente com a empresa MSC. 

Para quem optar por somente cruzeiro, por exemplo, a saída no dia 18 de maio custa a partir de R$ 2.359,00 + taxas por sete noites, por pessoa. Nessa opção, o embarque acontece em Barcelona. O itinerário é composto por Barcelona (Espanha), Ajaccio (França), Gênova (Itália), La Spezia (Itália), Civitavecchia (Itália), Cannes (França) e Palma de Maiorca (Espanha). 

No caso das saídas que estão previstas para compra do pacote completo,  que inclui aéreo de ida e volta São Paulo/Roma, transfer do aeroporto para o hotel, hospedagem por duas noites em hotel 4 estrelas em Roma antes do cruzeiro, transfer do hotel para o porto, viagem marítima e transfer do porto para o aeroporto, o embarque acontece em Civitavecchia. 

O pacote, com saída em 6 de novembro e duração de sete noites, está a partir de R$ 6.499,00 + taxas. O Itinerário conta com Civitavecchia (Itália), Cannes (França), Palma de Maiorca (Espanha), Barcelona (Espanha), Ajaccio (França), Gênova (Itália) e La Spezia (Itália). Essa opção está disponível a partir de 17 de julho. 

Leia também: Como planejar uma viagem? Dicas para hospedagem, passagens e outros pontos

As escalas deste  cruzeiro pelo Mediterrâneo podem variar de sete a 11 horas em cada destino. O viajante tem a oportunidade de descer do navio em todos os pontos e explorar o que cada cidade tem a oferecer. Quem desejar, pode optar pela compra de excursões oferecidas pela MSC Cruzeiros para conhecer esses pontos e atrações turísticas.

Fonte: IG Turismo
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Turismo

Passageira reclina poltrona em avião e causa confusão; quem está certo?

Publicado

source
confusão em avião arrow-options
Reprodução/Twitter

Wendi Williams reclinou assento em avião e passageiro de trás não gostou da atitude

Reclinar o assento no avião pode causar algumas confusões. Num voo da American Airlines, dois passageiros discutiram após um deles deitar a poltrona durante uma viagem. A situação aconteceu durante no voo 4392, de Nova Orleans para Charlotte, nos Estados Unidos, no dia 31 de janeiro.

Leia também: Descubra os melhores lugares do avião para quem vai viajar com criança

Wendi Williams reclinou seu assento e um homem que estava sentado atrás dela socou a poltrona em protesto. A ação foi filmada pela passageira , postada no Twitter e gerou muita discussão. No vídeo é possível ver o passageiro empurrando o assento da frente enquanto assiste a algo. A mesa utilizada para comer está reclinada. Assista abaixo:

Na legenda, Wendi escreveu. “Ele ficou com raiva por eu ter reclinado meu assento e apertou cerca de nove vezes – forte, quando comecei a filmar ele renunciou o comportamento”. A passageira ainda alegou que a aeromoça da American Airlines a repreendeu pelo ato e ofereceu uma bebiba ao homem pelo “incomodo”.

Em entrevista ao  Daily Mail, Wendi comentou que o homem tinha solicitado primeiro que ela colocasse a poltrona no lugar enquanto ele comia. Ela assentiu e, depois que ele terminou a refeição, ela reclinou novamente. E foi aí que o homem não gostou da atitude. Wendi alegou que tem um disco cervical que não está fundido, o que lhe causa dor e, por isso, precisou se ajeitar melhor.

Ao procurar a companhia aérea para reclamar da situação e do tratamento da comissária de bordo, a passageira ouviu que era melhor “procurar o FBI” para obter resolução do caso.

Quem está certo?

Dá para imaginar que o campo de comentários da postagem de Wendi virou um campo de batalha: ela está errada de reclinar o assento? O homem foi estressado demais? Qual seria a atitude correta da companhia aérea? Alguns usuários deixaram suas opiniões.

“Não acredito que a American Airlines não fez nada por essa pobre mulher, mas deu uma bebiba a esse monstro”, escreveu uma mulher; “Se eu pagar pelo maldito assento, reclamarei se quiser”; “Eu teria me levantado e dito ‘ei amigo, eu paguei por este assento , o assento todo, então mantenha suas mãos para si mesmo”, escreveram os apoiadores de Wendi.

Porém, alguns acharam que ela foi incômoda. “Eu tenho 1.80m e não suporto pessoas imprudentes colocando seus assentos reclináveis”, escreveu um homem. “Provavelmente, o lugar não foi sua escolha. Ela está reclamando que ele não está sendo atencioso com ela, bem, o que ela está fazendo?”, comentou outro.

Depois de toda a repercussão do caso, a American Airlines emitiu um comunicado dizendo que se preocupa com a segurança e conforto dos clientes e membros da equipe e que a “equipe está investigando o problema”.

Leia também:5 dicas para conseguir relaxar e dormir no avião

Nesse embate, quem está certo? A passageira , o homem ou a companhia aérea? Vote na enquete abaixo:

Fonte: IG Turismo
Continue lendo

Turismo

Ilha privativa da Royal Caribbean inaugura beach clube; conheça

Publicado

source

Os fãs de cruzeiro tem uma nova opção de parada no Caribe. Além da ilha privativa da MSC , a Royal Caribbean também mantém um pedaço de terra para chamar de seu e acaba de inaugurar um beach club no local.

cococay arrow-options
Divulgação

CocoCay é a ilha privativa da Royal Caribbean nas Bahamas

A CocoCay, como é chamada a ilha privativa da Royal Caribbean, fica nas Bahamas e tem em seu complexo o Daredevil’s Peak (maior toboágua da América do Norte); a Oasis Lagoon (maior piscina de água doce do Caribe); o Splashaway Bay, um parque aquático para crianças e o Up, Up and Away, um balão de gás hélio com uma vista panorâmica de 135 metros. 

Para completar, a operadora de cruzeiros também criou o Coco Beach Club . O beach club apresenta as primeiras cabanas flutuantes das Bahamas – 20 no total -, uma piscina com borda infinita de frente para o mar, cabanas de praia e um restaurante de alta gastronomia com bar exclusivo.

Cada cabana tem seu próprio escorregador direto para o mar, rede sob às águas, área para refeições, chuveiro e bar molhado. Além das opções flutuantes, há 10 outras cabanas à beira mar, com acomodações para até oito pessoas. A ideia é levar o espírito de Bora Bora ao Caribe.

Veja fotos do Coco Beach Club:

“O Coco Beach Club oferece um misto inigualável de luxo na medida certa, conforto e diversão para hóspedes de diferentes perfis e idades. Esta nova atração de Perfect Day at CocoCay une o melhor dos dois mundos, com um oásis relaxante em uma faixa de areia exclusiva no mar do Caribe a poucos passos de um parque aquático de última geração”, informa Ricardo Amaral CEO da R11, distribuidora exclusiva da Royal Caribbean no Brasil.

Como visitar a ilha CocoCay?

navio arrow-options
Divulgação

Só é possível chegar até a ilha privativa CocoCay a bordo de um dos navios da Royal Caribbean

A CocoCay é uma ilha privativa , ou seja, só pode ser acessada por hóspedes dos navios da Royal Caribbean . Em 2020, 16 navios atracarão na ilha, com saídas de Miami, Fort Lauderdale, Bayonne, Nova Jersey, Galveston (Texas) e Orlando (Flórida).

Leia também: Veja o que conhecer num cruzeiro pelo Caribe e Antilhas

Os valores das viagens de navio começam a partir de R$2.547 por pessoa para um cruzeiro de 7 noites, com embarque em Miami a bordo do Allure of The Seas (saída em 06 de dezembro de 2020, em cabine interna dupla e taxas a incluir). 

Fonte: IG Turismo
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana