conecte-se conosco


Geral

Morre aos 58 anos Adir Sodré, um dos mais irreverentes e premiados artistas plásticos mato-grossenses

Publicado

Cuiabá prdeu um dos ais talentosos e premidos artistas plásticos

Um dos mais irreverentes e talentosos artistas plásticos do País, principalmente de Mato Grosso, o rondonopolitano Adir Sodré morreu nesta segunda-feira 10, possivelmente após ser acometido por um infarto fulminante, quando se preparava para regar plantas em sua casa.

Artista premiado nacional e internacionalmente, Adir Sodré deixa a arte órfã e milhares de fãs, aos 58 anos, com trabalho elogiado pelos críticos ais exigentes. Nascido em Rondonópolis em 1962, Sodré estudou artes contemporâneas no renomado ateliê Livre da Fundação Cultural, em Cuiabá, apreendendo técnicas do não menos reconhecido Humberto Espíndola e Dalva de Barros e criou e participou deum seleto grupo de amantes da ‘nova arte’, onde estiveram também Gervane de Paula e outros artistas um grupo que procura renovar a arte mato-grossense.

Foram inúmeros trabalhos onde seu forte estilo, com dosagens geniais das cores, participando de exposições individuais, muitas das quais promovidas e organizadas pelo Museu de Arte e de Cultura Popular da Universidade Federal do Mato Grosso (MACP/UFMT). Participou também, entre outras, das coletivas Como Vai Você, Geração 80?, na Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV/Parque Lage), Rio de Janeiro, em 1983, e Modernidade, Arte Brasileira no Século XX, no Museu de Arte Moderna de Paris, em 1987. Em sua produção aborda temas relacionados à cultura regional e questões acerca dos povos indígenas.

Talentoso, o artista logo transpôs fronteiras, com trabalhos aplaudidos no Brasil e no exterior. Com cores fortes e irreverência, mesclava o sagrado e o profano em suas telas, com cores multicoloridas e malícia, que era uma das marcas do artista. O local do velório do artista ainda não foi informado.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Primeira-dama do Estado destina cestas básicas para pacientes em tratamento renal

Publicado

Atendendo ao pedido da primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) entregou 210 cestas básicas e produtos de limpeza e higiene para a Clínica de Tratamento Renal (CTR). As doações foram repassadas nessa terça-feira (29) e vão beneficiar famílias dos pacientes que fazem hemodiálise por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) e se encontram em situação de vulnerabilidade social.

Os donativos fazem parte da campanha “Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus”, idealizada e coordenada de forma voluntária pela primeira-dama. Madrinha oficial do transplante renal em Mato Grosso, Virginia Mendes ressaltou a importância da ação para as famílias atendidas.

 

 

“Tenho um carinho e um cuidado especial por esse público. Eu sou transplantada e fico feliz por saber que através dessa ação do Governo conseguimos diminuir o sofrimento desses pacientes com a doação de alimentos”. A retomada do transplante em Mato Grosso, que estava paralisado há 11 anos, foi uma das bandeiras defendidas pela primeira-dama.

A secretária Rosamaria Carvalho destacou que a iniciativa vem cumprindo com o seu objetivo que é amenizar o sofrimento dos mais carentes, principalmente neste cenário de crise. “Temos procurado alcançar todas as pessoas que estão vulneráveis e que necessitam de auxilio neste momento”, ressaltou.

A assistente social do CTR, Adriana de Almeida, agradeceu pelas doações recebidas. “Esse projeto social da primeira-dama é muito importante porque vem contribuir com os nossos pacientes que precisam de ajuda nesse período de crise. Estamos muitos felizes por essa parceria”, disse.

Maria de Lurdes Salestiano é assistida pela Clínica há alguns anos e foi beneficiada pela ação. “Queremos agradecer a primeira-dama e a secretária Rosamaria por esse momento especial. Nós que fazemos hemodiálise estamos muito gratos”, comentou.

Contemplada com a cesta básica, Miracy Maria da Silva, destacou a importância da ajuda para as famílias que enfrentam problemas financeiros. “Agradeço a primeira-dama por nos proporcionar esse momento lindo. Sabemos que muitas pessoas estão passando dificuldades e só com união vamos conseguir vencer”, externou.

Outras entregas

A campanha do Governo do Estado também atendeu moradores dos bairros Altos da Glória, Altos da Serra e Novo Horizonte, em Cuiabá. Foram distribuídas para as famílias mais de 450 cestas básicas contendo alimentos e kits de produtos de limpeza e higiene pessoal.

O secretário-adjunto de Assuntos Comunitários da Setasc, Édio Martins de Souza, conduziu as entregas e disse que a intenção é amenizar o sofrimento dos mais carentes e fragilizados. “Estamos cumprindo o papel da assistência social que é amparar os que mais precisam”.

O presidente do bairro Altos da Glória, Edi Carlos, relatou os desafios enfrentados pelas famílias. “Essa caridade que o Governo do Estado está fazendo para as famílias não tem preço. Nosso bairro fica numa região de periferia e muitas pessoas são extremamente pobres, então toda ajuda é bem-vinda”.

Moradora da região, Efigênia Alcântara de Almeida, explicou a situação que sua família se encontra no momento. “Agradeço por essa grande ajuda, estou desempregada e só tenho o auxílio emergencial para sobreviver, e com quatro filhos nada é fácil. Obrigada”, contou.

Residente no bairro Novo Horizonte, Rozi Luci de Paula, também recebeu os donativos. “Agradeço muito por esse excelente trabalho que está ajudando a nossa comunidade que realmente está precisando”, completou.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Geral

MT registra 22 mortes por coronavírus em 24h; são 3.445 óbitos e 123 mil casos; quase 104 mil pacientes estão recuperados

Publicado

Há 236 internações em UTIs públicas e 256 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 57% para UTIs adulto e em 29% para enfermarias

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (29), 123.112 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 3.445 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 22 mortes e 1.350 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 123.112 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 15.122 estão em isolamento domiciliar e 103.844 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, 236 internações em UTIs públicas e 256 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 57,56% para UTIs adulto e em 29% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (23.939), Várzea Grande (9.045), Rondonópolis (8.968), Lucas do Rio Verde (5.486), Sorriso (5.292), Sinop (5.247), Tangará da Serra (4.964), Primavera do Leste (4.055), Cáceres (2.926) e Campo Novo do Parecis (2.708).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 98.371 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 694 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última segunda-feira (28), o Governo Federal confirmou o total de 4.745.464 casos da Covid-19 no Brasil e 142.058 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 141.741 óbitos e 4.732.309 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de terça-feira (29).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana