conecte-se conosco


Carros e Motos

Veja 5 modelos híbridos seminovos que podem fazer até 18,9 km/l na cidade

Publicado

Antes de falar dos híbridos seminovos, um passeio pelo mundo. Um levantamento publicado pela Reuters indica que 52% dos carros novos vendidos na Noruega são híbridos ou elétricos. Trata-se do melhor resultado da comercialização de “carros verdes” no planeta, onde os grandes destaques ficam por conta de VW Golf GTE, BMW i3 e Toyota RAV4 Hybrid. Portanto, entre as boas escolhas hoje em dia estão incluídos os híbridos seminovos.

LEIA MAIS: Veja 5 hatches aventureiros seminovos que custam até R$ 45 mil

A situação é bem diferente no Brasil, onde o petróleo sempre foi um patrimônio idolatrado. Mas aos poucos, o cenário vai mudar. De acordo com a Fenabrave (Federação Nacional de Distribuição de Veículos), o segmento de carros eletrificados cresceu 14% em 2018, apontando que a população já considera um estilo de vida mais sustentável e econômico. O valor ainda é alto, obrigando os entusiastas a partirem para os híbridos seminovos .

Entre suas vantagens, você não terá que lidar com a desvalorização abrupta. Só de encostar as superfícies emborrachadas de um veículo híbrido novo na rua, você perderá uma boa grana. No caso do Volvo XC90, isso chega a -18% do valor no primeiro ano.

1 – Lexus CT200h 2017 – entre R$ 98 mil e R$ 105 mil


Lexus CT 200 h
Divulgação

Começamos a lista dos híbridos seminovos com o Lexus CT200h, também conhecido como “Prius de luxo”

Gostamos de dizer que, em breve, todos os hatches médios serão como o Lexus CT200h . Enquanto modelos que bebem combustível fóssil e etanol começam a desaparecer, perdendo espaço para os SUVs, fabricantes encontraram neste segmento a oportunidade de atingir um público mais descolado (o futuro Golf híbrido não nos deixa mentir). No caso do CT, você poderá encontrá-lo por valores entre R$ 98 mil e R$ 105 mil.

LEIA MAIS: Veja os 5 melhores SUVs médios que dirigimos nos últimos anos

Ele traz o confiável 1.8 a gasolina do Prius (com 99 cv de potência), junto de outra unidade elétrica que gera a força combinada de 136 cv..Por conta do ciclo Atkinson, o conjunto retarda ao máximo o fechamento das válvulas de admissão, reduzindo o esforço do pistão para chegar ao seu ponto mais alto. Dessa forma, o Inmetro diz que o CT200h é capaz de aferir números como 15,7 km/l na cidade
– onde se sente mais confortável – e honestos 14,2 km/l na estrada
.

2 – Mitsubishi Outlander PHEV 2015 – entre R$ 140 mil e R$ 150 mil


Mitsubishi Outlander PHEV
Divulgação

O Mitsubishi Outlander PHEV inaugurou a moda dos SUVs eletrificados no Brasil que são badalados hoje em dia

Se Lexus e Nissan querem investir na categoria dos SUVs híbridos no Brasil, devem isso ao primeiro esforço da Mitsubishi com o Outlander PHEV. Além delas, SUVs totalmente elétricos já estão nos planos da Volvo (com o XC40) e Audi (através do e-tron, mostrado no Salão do Automóvel). O modelo japonês já pode ser encontrado nos classificados online por valores que alternam entre R$ 140 mil e R$ 150 mil.

Leia Também:  Elétrico que poderá vir ao Brasil adianta o visual do novo Renault Kwid

O Outlander CVT híbrido possui três motores. A unidade 2.0 que bebe combustível fóssil abaixo do capô desenvolve 121 cv de potência, trabalhando em conjunto com outros dois propulsores elétricos de 82 cv (dianteiro e traseiro). Neste caso, a potência combinada é de 285 cv, conforme fabricante. Através do sistema de regeneração, o Outlander híbrido ignora os 1.810 kg de seu corpanzil e marca 12 km/l na cidade
e 13 km/l na estrada.
Números de modelos compactos, conforme o Inmetro.

3 – Ford Fusion Hybrid 2016 – entre R$ 96 mil e R$ 102 mil


Ford Fusion Hybrid 2017
Divulgação

O carro presidencial pode ser seu, caso invista no Ford Fusion 2016 entre os híbridos seminovos

Quer um carro mais confiável para ser o seu primeiro híbrido? Por que não um sedã de luxo do porte do Ford Fusion ? O modelo eletrificado e carro oficial da presidência é tão adorado que foi utilizado tanto por Dilma Rousseff quando Michel Temer em Brasília. No mercado de seminovos, ele já surge por um preço bem competitivo, ainda mais comparando com o modelo zero quilômetro. Vai de R$ 96 mil e pode chegar aos R$ 102 mil.

Leia Também:  Veja 5 hatches aventureiros seminovos com preços até R$ 45 mil

Seu motor 2.0 desenvolve 143 cv de potência e 18 kgfm de torque, entregando 190 cv quando combinado ao propulsor elétrico. O câmbio é sempre do tipo CVT. Por meio da regeneração, o Fusion híbrido pode aferir 16,6 km/l na cidade
e 15,1 km/l na estrada
, conforme o Inmetro. Boa opção para quem procura um sedã de luxo no mercado de seminovos.

4 – Toyota Prius 2018 – entre R$ 94 mil e R$ 100 mil


Toyota Prius
Divulgação

Claro que o eletrificado mais vendido do mundo não poderia ficar de fora da lista dos híbridos seminovos

Claro que o híbrido mais vendido do mundo não poderia ficar de fora. Em meados de 2017, tive a oportunidade de pedir uma corrida com um taxista que já havia utilizado o Prius para trabalhar. O rapaz não demorou para desferir elogios ao compacto da Toyota, exaltando não apenas o bom consumo de combustível, mas também o conforto. Quando trouxemos o carro para nossa redação, também comprovamos o conjunto acertado dos japoneses. O modelo seminovo está disponível por valores que alternam entre R$ 94 mil e R$ 100 mil.

LEIA MAIS: Veja os 10 carros mais estranhos que se tem notícia até hoje

Como mencionamos, o modelo vem equipado com o motor 1.8 de 99 cv do Lexus CT200h. Individualmente, a unidade elétrica produz mais 72 cv de potência que levam à força combinada de 123 cv, com transmissão CVT. Neste caso, o consumo é de 18,9 km/l na cidade
e 17 km/l na estrada
. Em breve, ainda teremos a versão flex do Prius.

5 – Porsche Cayenne S E-Hybrid 2017 – entre R$ 360 mil e R$ 380 mil


Porsche Cayenne E-Hybrid
Renato Maia/iG

Quer investir algo perto de R$ 400 mil em um carro premium? Aposte no Porsche Cayenne entre os híbridos seminovos

Vamos finalizar a lista chutando o pau da barraca. O Porsche Cayenne híbrido é o representante da categoria dos modelos ultraluxuosos, sendo um dos primeiros pilares da marca alemã no caminho da eletrificação. Graças ao trabalho que começou no SUV, o futuro Taycan será possível. Ele já surge por valores que partem de R$ 360 mil nos classificados online.

O conjunto mecânico é respeitável entre os híbridos seminovos : 3.0 V6 de 333 cv de potência, com um motor elétrico que eleva sua força combinada para estrondosos 416 cv. A aceleração de 0 a 100 km/h acontece em abruptos 5,9 segundos, com 246 km/h de velocidade máxima. Seu consumo marca 12,1 km/l na cidade
e 12,2 km/l na estrada
, conforme o Inmetro.




Fonte: IG Carros
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Carros e Motos

Honda Civic Type R de Lego em escala real  tem peças que funcionam. Veja vídeo

Publicado


Honda Civic Type R feito de Lego
Divulgação

Honda Civic Type R feito com peças de Lego exibe linhas fieis às do esportivo original com motor de 320 cv

O Honda Civic Type R, um dos carros mais velozes da marca japonesa, foi recriado em uma escala de tamanho real a partir de blocos de Lego. Uma equipe de nove pessoas, liderada por Ryan McNaught — um Lego Certified Professional — levou mais de 1.300 horas para concluir o projeto, durante o qual eles usaram mais de 320.000 peças. Como base, projeto dependeu de uma estrutura de aço, na qual todos os tijolos foram colados juntos.

LEIA MAIS: Bugatti Chiron feito de Lego anda de verdade

Tamanha complexidade do projeto levou a desafios igualmente desafiadores. Entre os maiores, está a fragilidade dos limpadores de janela e a asa traseira, que precisavam imitar ao máximo os que equipam o Honda Civic de verdade. No final, tudo se encaixou muito bem, mas isso não foi o suficiente para a equipe ficar satisfeita por completo.

Algo bastante impressionante é a presença funcional da parte elétrica do carro de Lego , que que podem ser ligadas e desligadas usando um tablet iOS. Segundo McNaught: “Adoramos o desafio deste projeto.

Leia Também:  Kawasaki Z1000R Edition, a  “streetfighter” com motor de 142 cavalos

O carro é moldado com uma quantidade considerável de linhas curvas, tornando a construção difícil, na mesma medida que interessante. Não deixamos os mais minuciosos detalhes de lado, e o resultado foi bastante diversão, apesar do trabalho duro”.

LEIA MAIS: Oficina cria carrinho de LEGO que funciona e se locomove sozinho. Veja vídeo

A partir de agora, a própria Honda mostrará este Type R em diferentes eventos na Austrália nos próximos meses. Sua primeira apresentação será no dia 28 de abril no Channel Nine, durante o programa de TV “LEGO Masters”, que será julgado por McNaught e Hamish Blake.

LEIA MAIS: Honda Civic Type R ganha chances de ser importado para o Brasil

Segundo o diretor da Honda Austrália, Stephen Collins: “a Honda é uma empresa que tem tudo a ver com criatividade e inovação, por isso é ótimo apoiar um programa familiar que reflita tão bem esses ideais. Por meio do Lego Masters, veremos alguns dos sonhos dos participantes e também dos fãs ganhando vida. Temos orgulho de ajudar a impulsionar isso”.

Outra recente criação, usando Lego

Leia Também:  Confira os 5 melhores SUVs médios que dirigimosnos últimos anos

No dia 20 de fevereiro, uma VW Kombi de Lego foi revelada em Munique (Alemanha). Entretanto, não se tratava apenas de um projeto qualquer. Durante apenas seis semanas, o projeto levou um total de 400 mil peças.

Rene Hoffmeister e Pascal Lenhard, dois dos 12 profissionais com reconhecimento e certificação da Lego, projetaram o modelo de 700 kg a partir de uma criação em 3D. O resultado? Mais de cinco metros de comprimento, quase dois de largura, para três de altura, com o teto escamoteável totalmente erguido.

LEIA MAIS: Batmóvel com mais de 340 mil peças de Lego aparece no Salão de Detroit

A Kombi de Lego, na geração produzida entre os anos de 1967 e 1971, é um dos modelos que mais levou os blocos durante a sua composição. Só para fazer os vidros, por exemplo, foram 20 mil deles.

Devido a dificuldade de achar tanta peça, e entre elas, algumas tão diferenciadas dos Legos mais comuns, os especialistas afirmam ter trabalhado inclusive nas madrugadas, pois quando não estavam procurando as peças, estariam montando o carro. Seja o Honda Civic Type R, seja a Kombi, e outros carros de lego, a busca pela perfeição é a grande chave para um projeto bem sucedido.

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Carros e Motos

Começa a pré-venda do novo BMW i3, que tem 440 km de autonomia, diz fabricante

Publicado


BMW i3
Divulgação

O BMW i3 é construído em fibra de carbono e liga de alumínio para compensar o peso da bateria

Acaba de entrar em pré-venda o novo BMW i3 120Ah, que traz uma autonomia de até 440 km como um de seus maiores atributos. Além disso, o carro passa a ser oferecido na versão puramente elétrica (BEV), sem o extensor de autonomia a combustão. O compacto é vendido nas versões i3 BEV (R$ 205.950), i3 BEV Connected (R$ 229.950), e i3 REX Full (R$ 257.950).

LEIA MAIS: BMW revela detalhes dos elétricos iX3 e i4, ainda camuflados

Com o novo visual mostrado recentemente na Europa, o motor elétrico do BMW i3 desenvolve a partir de 170 cv e 25,6 kgfm, na configuração BEV. Com isso, chega aos 335 quilômetros de autonomia, até os 100 km/h em 7,3 segundos e à vekocidade máxima de 150 km/h. Os 440 km de autonomia pertencem à versão de topo REX Full, quando funciona junto ao motor à combustão, de 647 cc. No modo de condução puramente elétrico é de 290 km. Nesta versão, acelera até 100 km/h em 8,1 s e a velocidade máxima ainda é de 150 km/h.

Além dos números, um de seus maiores destaques é a plataforma. O i3 traz a tecnologia BMW LifeDrive, uma arquitetura exclusiva para carros elétricos cujo foco é segurança, baixo centro de gravidade e redução de peso. Tudo isso pensado para garantir a dirigibilidade padrão dos demais modelos da marca. O foco na otimização dos componentes gira em torno de onde eles são posicionados. Os motores são colocados sobre o eixo traseiro junto à transmissão, e as baterias de íons de lítio estão acomodadas embaixo do assoalho, entre os eixos.

Leia Também:  Jetta encosta no Cruze. Será que finalmente teremos brigaentre os sedãs?

LEIA MAIS: Flagra! BMW X1 renovado é visto antes da estreia, no segundo semestre

Apesar do novo visual, tem dimensões similares ao do antecessor. Ou seja, 4,01 m de comprimento, 1,77 m de largura, 1,59 m de altura e 2,57 m de distância entre-eixos. A capacidade do compartimento de bagagens é de 260 litros e, do tanque de combustível para a versão com extensor de autonomia, 9 litros.

Equipamentos


BMW i3
Divulgação

BMW i3 traz tecnologias de última geração, entre eles, equipamentos de conectividade e acabamento diferenciado

O i3 vem de série com rodas de liga leve de 19 polegadas, faróis full-LED, painel digital, ar-condicionado, central multimídia, seis airbags e mais. Utiliza ainda o sistema ConnectedDrive, com chamada de emergência inteligente, telemetria, e função que mostra onde estão os postos de recarga, como shoppings, supermercados, restaurantes, hotéis e postos de combustíveis.

LEIA MAIS: BMW Série 7 2020 é revelado por completo, após vazamento de imagens

A Versão BEV adiciona ar-condicionado automático digital, sistema de navegação por GPS com informações em tempo real, integração com Apple CarPlay, sensor de chuva, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, câmera de ré e parking assistant. Por fim, o modelo topo de linha REX traz teto solar, sistema de áudio surround Harman-Kardon, alerta de tráfego cruzado, aviso de saída de faixa e outras tecnologias automotivas .

Leia Também:  Ford terá novo hatch compacto global para substituiro Fiesta, em 2022

O novo BMW i3 já pode ser reservado nas concessionárias em cinco opções de cores externas, sendo duas de acabamento sólido (Branco Capparis e Black Fluid, ambas com detalhes em Azul BMWi), e três de acabamento metálico — Azul Imperial e Vermelho Melbourne, as duas com detalhes em Frozen Grey; e Cinza Mineral, com detalhes em Azul BMW i.

Fonte: IG Carros
Continue lendo
ouça ao vivo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana