conecte-se conosco


Agro News

Secretaria de Aquicultura e Pesca suspende novas autorizações para pesca de atum

Publicado

A Secretaria de Aquicultura e Pesca suspende a partir de hoje (13) novas emissões de Permissão Prévia de Pesca, Autorização de Pesca e Autorização de Pesca Complementar para toda e qualquer modalidade de pesca de atuns no Brasil.

Segundo o secretário de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif, a decisão do Comitê Permanente de Gestão de Atuns e Afins foi tomada porque o Brasil precisa se adequar às recomendações internacionais impostas pela Comissão Internacional de Conservação do Atum no Atlântico (ICCAT, na sigla em inglês).

“A decisão é correta, senão poderíamos sofrer alguma consequência, como a suspensão de exportações de atuns para outros países, de cotas e até afetar outras proteínas que comercializamos”, explica o secretário.

A Portaria MAPA n° 89, publicada nesta segunda-feira (13) no Diário Oficial da União, esclarece que a suspensão não se aplica à modalidade de Pesca de Sombra ou Cardume Associado definida na Portaria Interministerial da Secretaria-Geral da Presidência da República e do Ministério do Meio Ambiente de nº 59-A, de 09 de novembro de 2018.

Leia Também:  BOI/CEPEA: Preço do dianteiro sobe mais de 20% em 2019

A suspensão de emissão de autorização de pesca também não se aplica às permissões prévias emitidas até a data da publicação da portaria.

Em breve a SAP irá lançar edital para selecionar embarcações para atuar na pesca de atuns na modalidade cardume associado.

Fonte: MAPA GOV
publicidade
1 comentário

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
trackback

[…] Leia mais […]

Agro News

Em encontro com ministra, Esalq/USP e universidade chinesa tratam de pesquisas em agropecuária

Publicado

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) participou nesta quinta-feira (16), em Pequim, da reunião de plano de trabalho entre a China Agricultural University (CAU) e a Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, da Universidade de São Paulo (Esalq/USP), que mantêm convênio para desenvolvimento conjunto de pesquisas.

Na reunião, cada instituição se comprometeu em definir três projetos de pesquisa em agropecuária.

Alguns temas sugeridos pela ministra e o professor da Esalq, Sérgio De Zen, foram equivalência de protocolos veterinários científicos e vigilância sanitária, respectivamente. O secretário de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do ministério, Fernando Camargo, propôs apoio da Embrapa aos projetos.

O reitor da CAU, Sun Qixin, destacou o interesse em implantar um centro de tecnologia Brasil-China e desenvolver pesquisas na área sanitária de bovinos. Em março, o reitor esteve no Brasil, onde se reuniu com a reitoria da USP para ampliar a parceria já existente entre as universidades. Na ocasião, a delegação chinesa visitou a Esalq, em Piracicaba (SP).

Pelo acordo, estudantes chineses visitarão a USP este ano e brasileiros irão para a China.

Leia Também:  Tereza Cristina vai à abertura da Expogrande e a Encontro de Tecnologias para o Agro em MS

Segundo a ministra, o convênio estreita as relações entre os países, tornando-as mais duradouras, e é uma excelente oportunidade para os universitários. “China e Brasil podem fazer mais juntos”, disse Tereza Cristina, acrescentando que as pesquisas ajudarão na modernização da agricultura nos países. 

Mais informações à Imprensa:
Coordenação geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br

Fonte: MAPA GOV
Continue lendo

Agro News

Novo diretor do Inmet toma posse e diz que vai ampliar a integração no órgão

Publicado

O novo diretor do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Carlos Edison Carvalho Gomes, tomou posse nesta quinta-feira (16), em solenidade em Brasília. O Inmet é vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Em seu discurso, Gomes ressaltou a importância do Inmet e disse que a integração será um fator determinante em sua atuação. “Na meteorologia se trabalha com parceiros, e nós procuraremos trabalhar em parceria com todos os atores da área de meteorologia. Iremos também incrementar um desenvolvimento maior do que já vem acontecendo aqui no Instituto, além de integrar nossas estações, pois quanto maior for a integração, melhor será o resultado do nosso trabalho”, disse o diretor.

Segundo Gomes, o objetivo é oferecer um produto melhor para o usuário. “Nós temos o zoneamento agrícola, a parte de seguro e financiamento e que nós podemos apoiar tudo isso, basta que trabalhemos de forma integrada.  Iremos procurar atingir os nossos usuários, o pessoal da agroindústria, do agronegócio e os agricultores com informações adequadas e oportunas às suas atividades”.

O secretário de Política Agrícola do Mapa, Eduardo Sampaio Marques, que esteve presente no evento, ressaltou a importância da informação meteorológica para a agricultura.  “O Garantia-safra, o Proagro, Proagro Mais e o Seguro Rural dependem fortemente da informação meteorológica, depende também que tenhamos essa rede funcionando e, inclusive, de ampliarmos nossa rede para melhorar os nossos programas”, disse o secretário.

Fonte: MAPA GOV
Leia Também:  Embrapa e Secretaria do Mapa realizarão novos estudos de zoneamento agrícola para o NE
Continue lendo
ouça ao vivo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana