conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil finaliza Operação Nacional com 204 presos em Mato Grosso

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso tirou de circulação, nesta quarta-feira (24.04), 204 pessoas suspeitas de envolvimento em crimes graves como homicídio, roubo e estupro. A Operação Nacional, denominada PC27, foi deflagrada simultaneamente, nos 26 estados da federação e no Distrito Federal. Em Mato Grosso, a ação aconteceu nas 15 regionais da unidade civil e abrangeu os 141 municípios do Estado.

As ações de repressão à criminalidade resultaram no cumprimento de 129 mandados de prisão (112 mandados de prisão preventiva, 13 mandados por sentença condenatória,1 mandado de prisão temporária, 3 prisões civis), além da apreensão 17 menores autores de atos infracionais e 58 pessoas presas em flagrante.

Ainda na operação, foram cumpridos 23 mandados de busca e apreensão domiciliar. Ao todo, 291 profissionais atuaram no Estado com o emprego de 87 viaturas. Foram tiradas de circulação 10 armas de fogo, além de drogas, tais como, maconha, cocaína e crack.

Em Colíder, um homem foragido da Justiva por tentativa de feminicídio teve o mandado de prisão cumprido. O suspeito, Márcio José Ferreira de Andrade, teve a ordem de prisão decretada com base em investigações da Delegacia de Colíder e foi localizado em uma chácara, na zona rural entre o município e Nova Santa Helena.

Leia Também:  Decon e Creci realizam fiscalização em construtora de Várzea Grande

O delegado geral adjunto, Gianmarco Paccola Pacoani, que coordenou a operação em Mato Grosso,enalteceu o resultado obtido no Estado no combate ao crime. “A operação teve como maior objetivo a prisão de pessoas perigosas que praticaram crimes graves como homicídio doloso, estupro, tráfico de drogas e crime organizado”, destacou.

A ação é coordenada pelo Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil (CONCPC) e tem como objetivo o combate aos mais diversos delitos que assolam a sociedade brasileira, contribuindo para a diminuição da criminalidade.

O nome Operação #PC27 é uma referência à união e padronização de todas as Polícias Civis do país.

 

Fonte: PJC MT
publicidade
1 comentário

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
MORADOR Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
MORADOR
Visitante
MORADOR

E quando será a vez da Rua da Vitória, Bairro Alvorada Cuiabá ? Bocas de fumo do CV. Tráfico de drogas dia e noite. Esse rua termina em uma escada na Av. Rep. do Líbano e entre a Rua Almerindo de Almeida. Pelo amor de Deus nos ajude.

Policial

Homem que atirou em enteados que tentavam proteger a mãe de agressões é preso pela Polícia Militar em Várzea Grande

Publicado

Acusado foi preso na manhã desta segunda-feira no bairro Jardim Costa Verde

A Polícia Militar prendeu na manhã desta segunda-feira (20), o homem de 48 anos acusado de atirar em seus enteados de 16 e 13 anos na noite do último sábado (18). Adimas de Lana era procurado após atirar nos adolescentes, que tentavam impedir que a mãe fosse agredida por ele no bairro São Simão, em Várzea Grande.

O menor de 16 anos foi atingido no peito e o mais novo, recebeu um tiro na perna. Eles foram encaminhados para o Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande e não correm mais risco de vida. Após o crime, Adimas fugiu em um veículo Volkswagen Gol branco e foi encontrado esta manhã no bairro Jardim Costa Verde, na Cidade Industrial. Ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes para prestar esclarecimentos sobre o caso.

Leia Também:  PRF inicia ‘Operação Carnaval’ nas rodovias federais do MT na próxima sexta (1º)
Continue lendo

Policial

Homem é preso em flagrante após tentar levar celulares para esposa no presídio feminino de Cuiabá

Publicado

Suspeito foi flagrado no momento em que visitaria esposa que está presa

A equipe da Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May impediu a entrada de um visitante com aparelhos celulares-relógio e outros acessórios, durante horário de visita, neste domingo (19). J.R.P.S., que é companheiro da recuperanda S.P.S., tentou entrar com os equipamentos, quando o detector de metal emitiu alerta. Os agentes começaram, então, uma checagem mais minuciosa com o detector portátil (raquete), e ele acabou admitindo que estava com os produtos dentro da roupa íntima.

Além dos dois aparelhos modelo smartwatch, foram apreendidos dois cabos USB e dois fones de ouvido sem fio, que estavam presos à parte íntima do visitante com uma fita. Ele foi encaminhado à Central de Flagrantes, em Cuiabá, para confecção do Boletim de Ocorrência (BO) e entregue à autoridade policial para providências necessárias.

A carteira de visitante de J.R.P.S. foi suspensa por tempo indeterminado. A unidade também vai instaurar um processo administrativo disciplinar (PAD) interno para apurar as responsabilidades da recuperanda, já que ele afirmou em depoimento que levou os equipamentos a pedido dela.

Leia Também:  PRF inicia ‘Operação Carnaval’ nas rodovias federais do MT na próxima sexta (1º)

A diretora da penitenciária, Maria Giselma Ferreira da Silva, ressaltou que a equipe tem frustrado ações neste sentido, mas que os casos das visitas masculinas às mulheres são pouco frequentes. “É atípica a situação de homens tentarem entrar com drogas ou aparelhos celulares para as companheiras que estão presas, é algo que ocorre raramente”.

As revistas

Ela explica ainda que como a revista classificada como vexatória (por contato) foi proibida, a equipe conta com o auxílio dos detectores de metal para impedir a entrada de aparelhos eletrônicos. Caso seja emitido alerta, é feita uma procura mais minuciosa na tentativa de encontrar os objetos. Se o visitante não autorizar o contato corporal no momento da checagem, os agentes possuem a prerrogativa de não autorizarem a entrada.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana